Sandálias Victoria Sandals

Andando eu a redescobrir tesourinhos da arca do blog, apercebi-me que há muito tempo que não vos faço uma pergunta destas. Se não se lembram do Sim ou Sopas, estão perfeitamente a tempo de recuperar o contexto. Sabem daquelas peças de roupa, calçado e/ou acessórios que efectivamente causam em nós qualquer impressão, mas não sabemos dizer se é boa ou má?

Aconteceu-me com estas sandálias da Victoria. Ainda não decidi se as adoro ou se as detesto. Reunem três coisas que abomino:

  • A sola branca, habitualmente admissível em sapatilhas mas dispensável no restante calçado no geral;
  • O formato da sola, que acaba por ser uma espécie de plataforma à “sapato do coxo”;
  • A tira frontal, que me lembra sempre as sandálias à turista. Juntem um par de meias e percebem do que é que estou a falar.

Ok, o dourado também pode ser controverso, mas tenho de vos confessar que tenho gostado de mais calçado dourado do que seria aconselhável. Isso, e a textura de pele de réptil. Também não fica bem em tudo.

Fico mesmo com muitas dúvidas perante este modelito, porque apesar de tudo as sandálias têm um aspecto leve e confortável, à semelhança do que é habitual na marca. E conforto e leveza são coisas que exijo agora no meu dia-a-dia. O calcanhar é ligeiramente mais alto que a frente da sandália e tudo. Então… Parte de mim quer encomendá-las, que são sandálias bonitas. A outra parte diz que não, que são uma tremenda piroseira.

Por isso, ajudem-me: sim ou sopas para as Victoria Hebilla Coco?

Deixar uma resposta