Desportos para uma rotina saudável

desportos rotina saudável
Foto por Pxhere/CC0

Já falei aqui no blog, em tempos idos, um pouco sobre regimes alimentares e outros assuntos relacionados com saúde e bem-estar.

Só que falar não chega: somos muito atarefad@s e nunca temos tempo para nada, pelo que é muito difícil manter uma rotina saudável em pleno.

Vai daí, fui procurar os desportos físicos e mentais mais fáceis e simples de praticar para encaixar com uma vida atribulada.

Assim, será possível que toda a gente possa aproveitar os diversos benefícios que a prática destas actividades proporcionam sem despender muito do escasso e precioso tempo livre. Não há desculpas!

Atenção: Não sou especialista nem em alimentação, nem em desporto. As informações que aqui divulgo são apenas sugestões básicas e acessíveis para a pessoa comum.

Em caso de dúvida, não se esqueçam que o melhor é consultarem os vossos profissionais de saúde antes de começarem a praticar quaisquer actividades físicas fora do que é habitual para vocês.

Existem vários motivos que fazem com que praticar exercícios seja uma boa ideia. É um cliché, mas é verdade: quando nos exercitamos, sentimo-nos com mais vitalidade e com uma saúde melhor, no geral. O nosso cérebro e o nosso organismo passam a ser mais competentes para tudo.

Conseguimos caminhar por distâncias maiores, subir mais escadas, correr mais sem perder o fôlego.

A tensão arterial também tende a diminuir e o coração fica fortalecido. Não é por acaso que a prática de exercício físico está associada à diminuição do risco de doenças cardíacas!

Como o nosso corpo tem mais oxigénio, também nos sentimos mais bem dispost@as, mais ágeis e com mais energia para tudo o que temos de fazer.

Também aumenta a produção de endorfinas, responsáveis pelo bom humor. A longo prazo, sentimo-nos mais autoconfiantes, felizes e realizad@s.

natação benefícios saúde
Foto por Max Pixel/CC0

A grande maioria dos profissionais de saúde afirma que para manter uma rotina saudável, o ideal é trabalhar todos os músculos do corpo.

Isto significa que, para nos mantermos em boa forma, devemos realizar pelo menos trinta minutos de actividade física com intensidade moderada, como por exemplo a caminhada ou a natação.

Andar a pé é uma das formas mais fáceis de atingir a dose diária de exercícios recomendável.

Não custa nada caminhar pelo menos meia hora durante os dias de trabalho. Por vezes, basta ir e voltar a pé do trabalho (ou sair uma ou duas estações de autocarro/metro antes da habitual!), para alcançar esta meta.

Além de ir a pé para o emprego, por que não sair para almoçar desta forma, também? Outras formas de aumentar o número de passos diários são levar o cão a passear (é só um dos bons motivos para adoptar um animal de estimação!), ir às compras a pé e escolher utilizar escadas em vez de elevadores.

Já sabemos que a prática de exercícios simples como caminhar é benéfica para o sistema cardiovascular mas, de acordo com muitos estudos em saúde sobre este assunto, também acontecem os seguintes fenómenos:

  • Os níveis de colesterol diminuem;
  • A glicémia encontra-se mais controlada;
  • O sistema imunitário fica mais forte;
  • A circulação e oxigenação do corpo melhoram.

Alguns investigadores de Harvard consideram que a natação é o exercício perfeito.

Esta modalidade permite a qualquer pessoa realizar um treino de baixo impacto, o que é excelente para iniciantes e para quem não se exercita há muito tempo e está com vontade de voltar a ficar em forma.

Por ser realizada dentro de água, que diminui bastante o peso do corpo e o impacto dos exercícios, a natação não aplica um impacto excessivo nas articulações e é, muitas vezes, indicado para quem sofre certos tipos de lesões.

Resumindo, a natação exercita o corpo inteiro, reforça a saúde do coração e faz bem a tudo, em especial às costas. Também ajuda a proteger o cérebro, por combater a depressão, aumentar a boa disposição e diminuir o stress.

Desengane-se quem pensa que basta exercitar só o corpo para ter uma rotina saudável.

Também é preciso tomar conta do cérebro! Tal como a prática de actividade física, os desportos mentais também trazem uma panóplia de benefícios e o melhor é que necessitam de pouco tempo durante a semana para mostrarem eficácia.

Está provado que tomar conta do cérebro ao longo da vida ajuda a prevenir problemas na velhice.

Um dos melhores desportos para estimular o raciocínio é o xadrez. Sabiam que foi inventado há mais de dois mil anos na Índia? Só é preciso ter um par para jogar (ou uma plataforma digital!) quem o pratica habilita-se a uma série de benefícios.

Há algumas décadas que se realizam vários estudos comparativos entre atletas de xadrez regulares, iniciantes e quem nunca jogou.

As evidências são claras: quem pratica esta modalidade, está a fazer muito pelos seus neurónios!

Há uma melhoria notável relativamente à capacidade de memória curta e de longo prazo, melhor índice de resolução de problemas e uma maior habilidade na tomada de decisões estratégicas, entre outras vantagens.

Outro desporto muito bom para a saúde mental é o póquer, que também conta com diversos benefícios comprovados para a saúde.

Tal como o xadrez, melhora vários aspectos da função cerebral relacionados com a capacidade de raciocínio.

Uma das melhores coisas sobre esta modalidade é que, devido ao aumento da popularidade do póquer, é cada vez mais fácil encontrar entusiastas da modalidade. Além disso, sempre estão a surgir novas maneiras de praticar.

O zoom, que é um destes modos novos e rápidos, tornou-se recentemente numa das melhores formas para que pessoas com pouco tempo possam praticar diversas rodadas em poucos minutos e é absolutamente recomendado tanto para iniciantes como para competidores avançados.

desportos mentais
Source: Foto por Pixabay/CC0

Ao escolher a prática destes exercícios físicos e mentais, damos um grande passo em direcção a uma rotina saudável e a uma maior qualidade de vida.

Estes são apenas alguns exemplos que eu destaquei pela praticidade, rapidez, facilidade e diversão, mas existem muitos outros por onde escolher.

O mais importante é encontrar uma modalidade que nos agrade e tentar praticar frequentemente!

Têm dicas para não perder o interesse pela prática de exercício físico? Façam bons treinos!

*Post com a colaboração de Discover Media

Related Posts

Acabou-se a bateria? – Power Bank

Acabou-se a bateria? – Power Bank

Nos dias que correm, temos equipamentos electrónicos para tudo. Falo por mim, trago sempre comigo o telemóvel, o MP3, a máquina fotográfica e, por vezes, a PSP. Temos a sorte de viver numa época onde a Internet está quase incorporada na atmosfera, e gostamos de […]

Calçado – Ninguém gosta, todos têm

Volta e meia, saímos à rua e vemos toda a gente com calçado pouco elegante e pensamos cá para nós que nunca calçaríamos coisas iguais. Ora, se os sapatos são feios, tem de haver um motivo pelo qual agradam a gregos e troianos. Creio que […]



Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.