xmen

Eu disse que estava ansiosa pela estreia do X-Men: Days of Future Past, o que significa que não deixaria passar a oportunidade de o ver o mais rapidamente possível. Estou bastante satisfeita, no geral!

Não sei nem gosto muito de me alongar a falar de filmes recentes porque não quero correr o risco de oferecer uns quantos spoilers. Creio que é claro para toda a gente que este filme consiste numa viagem no tempo pelo bem, sem qualquer pingo de aborrecimento. Mesmo as personagens que não têm protagonismo, têm claramente alguma função importante na história. Como já vem sendo hábito nos filmes da Marvel, no final, fica no ar um grande e agora? Agora, espera-se uma eternidade até ao próximo filme, sempre a matutar em diversas bandas desenhadas e diferentes percursos do grande ecrã, sem esquecer o típico easter egg no final de cada filme (sim, não se esqueçam e não saiam da sala de cinema antes do tempo!).

Numa escala até 10, avalio este filme num 8 coeso.  O filme é muito bom. O elenco é óptimo, o argumento também e os efeitos especiais não decepcionam. De há uns tempos para cá, tudo o que é Marvel nunca é menos do que razoavelmente bom, e eu adoro. Resta-me deixar o alerta para os epilépticos, que embora este filme não seja dos piores entre flashes, movimentos muito rápidos e afins, como boa ficção científica que é, tem umas quantas cenas que podem não ser amigáveis.

Embora a Marvel esteja particionada no grande ecrã, fico sempre com vontade de ver o filme de super heróis e vilões que vem a seguir. E demora sempre imenso tempo. O meu único consolo é que, ultimamente, tem havido um grande investimento neste domínio e nunca se fica mais de meio ano sem um novo filme. Já agora, posso ter uma adoração especial pelo Quicksilver? Que será que vão fazer dele no próximo Avengers, já que nem sequer vai ser o “mesmo” Quicksilver?

1 comment on “X-Men: Days of Future Past

Deixar uma resposta