limpeza rostoFalemos de uma rotina que deve ser criada desde cedo.

Este artigo é destinado, no mínimo, às pessoas que, como eu, têm pele sensível e com tendência para o aparecimento de acne, se bem que @s restantes leitor@s também podem experimentar este ritual.

Esta é uma das situações onde menos é mais, em todos os sentidos: com menos de 5€, obtemos produtos super simples e de óptima qualidade, como confirmam as pessoas de há umas gerações atrás. Não gosto nem posso gastar muito dinheiro com produtos cosméticos, e portanto tento sempre ter em conta a relação qualidade/preço. Falemos da minha escolha:

  1. Está mais que provado que o sabão azul e branco é um dos melhores desinfectantes que podemos encontrar no mundo dos produtos de higiene, prevenindo a proliferação de bactérias que provocam o aparecimento do acne. Por outro lado, acaba por sair ao preço da uva mijona, visto que uma barra de 400g não chega nem a 1€ e dura eternidades (e não, não é por isso que o sabão azul e branco é frequentemente encontrado em lavabos públicos! Insistindo, este sabão não só não é rasca como é melhor que muitos sabonetes desinfectantes, incluindo aqueles que estão à venda nas farmácias!). Podem existir pessoas que não gostam do aspecto nem do cheiro deste espécime, eu não me queixo! O sabão azul e branco tem um aspecto agradável e o cheiro recorda-me os tempos que passava em casa da minha avó;
  2. Não há melhor tónico que a água de rosas! Desde pequena que incutiram em mim o hábito de limpar os olhinhos com água de rosas, e a verdade é que continuo a fazê-lo (para quem tem cães, principalmente raças como os caniches, a água de rosas não é agressiva para a limpeza dos olhos!) todos os dias e estendi o seu uso a toda a cara. Cá está, este é outro produto baratíssimo e que dura muito tempo. Ah, e para as pessoas que não acharam piada ao item anterior (sim, o sabão azul e branco!) por causa do cheiro, deixem-me referir que depois da água de rosas não fica vestígio algum do cheiro do sabão;
  3. Não é por acaso que a Nally continua a fabricar o creme Benamôr: se este creme não fosse bom e se benamor nallytantas pessoas ao longo de várias gerações não tivessem boas críticas a fazer, ele já não existiria. É bastante importante hidratar a pele, até porque nos dias que correm a poluição é mais que muita e quanto mais pudermos proteger a nossa pele do contacto com as substâncias nocivas que pairam no ar, melhor! Este creme é um dos poucos que não deixa a minha pele empastada, e ainda tem a vantagem de cobrir ligeiramente imperfeições como pequenos vermelhões e pontos negros e dá uma ajudinha na fixação da maquilhagem, para que aguente impecável por mais tempo. Juntem-lhe o cheirinho único e a embalagem perfeita com o requinte dos tempos antigos, e garanto-vos que nunca mais pensam em usar outro creme!

Vamos pensar em fazer uma (grande) poupança? Têm outros hábitos como este, à base de produtos do tempo dos avós? Partilhem-nos!

13 comments on “Três Simples Passos II”

  1. Querida Isa:

    Peço, desde já, imensa desculpa porque apaguei o seu comentário sem querer!

    Quanto ao creme Benamôr, eu costumo encontrá-lo à venda em pequenas mercearias, que ainda vendem produtos antigos. Se não tiver acesso às mesmas, há sempre uma alternativa, A Vida Portuguesa junto à Bertrand do Chiado. Deixe-me que lhe diga, no entanto, que n’A Vida Portuguesa é tudo (bem) mais caro…

    Beijinho =)

  2. Olá,
    eu costumo utilizar vazelina para hidratar os lábios (arranjei um boião lindo e sempre que acaba espremo pra lá a pomada). para as mãos também dá uma ajuda, se bem que tem de se colocar pouca para não ficarem muito oleosas.

    Também costumo tomar banhinho com sabão, mas o meu é rosa e branco!!

    vou tentar encontrar o Benamor!!

    bjs

  3. Olá de novo Charlie, boa dica!!!
    Vim cá só para dizer que, depois da minha ausência por quase um mÊs, já estou de volta com os meus habituais posts cheios de dicas!!! Passa por lá!!

    Beijocas e continuação de bom trabalho!!!

    aryssu.blogs.sapo.pt

  4. já fiz a minha listinha de compras, só com as tuas dicas 🙂

    mas diz-me , com o uso, o sabão azul e branco não deixa a pele seca demais e aquela sensação de repuxar?

  5. Pasta de dentes couto e Sabonete Lifeboy (é vermelho e tem um cheiro esquisito mas é excelente para desinfectar tudo. Ah e dizem que é imbatível para o acne. Procurem nas drogarias antigas. Cá no Porto há aos montes.

  6. Pois é, Anónimo! 😛 Por aqui também há disso, se as borbulhas se tornam incómodas é mesmo a Pasta Couto que vai! E é a que uso sempre para lavar os dentes.

    Beijinho

  7. hum… interessante… e o que diz um dermatologista acerca disto? gostava de saber… pelos vistos há dermatologistas a recomendar creme nívea, será que também recomendam isto?
    A questão da pele a repuxar é oportuna… isso acontece?
    Não vivo em Lisboa, nem no Porto… Vivo em Coimbra, vou tentar encontrar isso por cá…
    [Guida, perguntaste à tua dermatologista sobre isto?]

    bjs

    ps.: responde-me please!!! 🙂
    ( joaninha888@gmail.com )

  8. Joaninha: Bem, se o parecer do dermatologista é relevante neste caso, creio que o melhor é perguntares, visto que cada caso é um caso 🙂 Eu, por exemplo, não me dei bem com nenhuma das receitas deles e acabei por experimentar por minha conta e risco. E dei-me bem com o que aqui mostrei. O Nívea é sugerido por muito boa gente e eu aprovo, aliás, nos dias mais frios é mesmo o que ponho na cara em vez do Benamôr (a minha pele é mesmo sensível e precisa do mais gordo possível nesses dias!). A pele repuxa um nadinha, sim, logo após a lavagem, como acontece sempre. Mas passa assim que usamos a água de rosas e o creme, eu prometo 🙂

    Fala com o dermatologista, não perdes nada em experimentar! Creio que consegues encontrar o dito creme em pequenas mercearias, se encontrares avisa porque assim posso até divulgar aqui! Se experimentares esta rotina, diz-me o que pensaste, é importante!

    Beijinho

  9. Olá 🙂
    Olha a partir de quanto tempo isto começa a fazer mesmo efeito?
    É que já faço isso tudo ha uma semana e não notei grandes melhorias..
    Agradeço resposta, beijinhos.

      • Cada pele é um caso único e específico e eu não sou dermatologista, comigo funcionou e comecei a ver resultados ao fim de alguns dias. Ainda hoje volto a esse esquema sempre que necessito. Não sendo algo perigoso, pode ser útil a algumas pessoas e a outras nem por isso.

        Beijinho

Deixar uma resposta