A vida da Guida anda super corrida, já toda a gente ouviu mas não é de mais lembrar. E é por isso que o blogue anda meio parado. Ainda estou para ver quando consigo pôr em dia tudo, tudinho o que tenho para vos contar. Ainda há coisas do Natal para mostrar, mas ficam para depois. Hoje é dia de fazer um balanço de 2010. Vai por tops, alinham?

Começando pelos acontecimentos, quando me lembrar de 2010, há-de ser porque:

  • Foi quando tive os meus primeiros estágios no curso de Enfermagem. Se, por um lado, no Centro de Saúde tudo correu às mil maravilhas, não vou esquecer os dias em que vinha do Lar de Idosos com vontade de chorar. Não que não gostasse do estágio, adorei. As pessoas que lá trabalhavam e a maneira como tratavam os idosos é que deixaram muito a desejar.
  • Pela primeira vez, passei muito tempo (três semanas, o máximo anterior não passava dos 5 dias) sem ver os meus pais. Custou muito, e havia dias em que só me apetecia voltar para casa. Lição aprendida: um dia, quando comprar casa, já sei que não vou para longe.
  • Decidi ser menos niquenta e, mesmo que não goste, tento comer tudo o que está no prato. Evito alimentos que sei que andavam a fazer muito mal à minha saúde e, desde então, sem mexer uma palha, perdi uns quilinhos que andavam a fazer mossa. Valeu a pena!
  • Comecei a ganhar os meus trocos. Quero dizer, trocos a sério. Dinheirinho relevante, vá.
  • As primocas pequenas… Ficaram maiores do que eu. O que é bom e mau em simultâneo, porque por enquanto ainda vou herdando umas coisinhas giras delas. Por outro lado, o quê, sou assim tão minorca que até as miúdas de 10 anos são maiores do que eu? Devo ter comido danoninhos a menos.

Um dos grandes motores de nostalgia são os nossos ouvidos, e por isso 2010 surgirá na minha memória sempre que ouvir (mesmo não gostando de muitas delas e com a agravante de estar para lá de enjoada, porque quando saímos de casa ninguém nos poupa os ouvidos):

  • Rammstein – Frühling in Paris
  • Yolanda Be Cool – We No Speak Americano
  • Apocalyptica – Beautiful
  • Florence + The Machine – You’ve Got the Love
  • Duck Sauce – Barbra Streisand
  • Lady Gaga – Alejandro
  • Lady Antebellum – Need You Now
  • Edward Maya – Stereo Love
  • Katy Perry – California Gurls
  • Pink – Raise Your Glass

Para finalizar, e dado este blogue também falar de beleza e dessas coisas mariquinhas, ficam os 10 produtos-maravilha do ano:

  1. Correctivo Intense d’O Boticário – Não será novidade para muitas de vós: pequenino, compacto, barato, super eficaz e nada artificial. Gosto, gosto muito!
  2. Graffiti Eyeliner Pen da Eyeko – É amor ou ódio. A Guida ama! Apesar de adorar eyeliner, até há bem pouco tempo fazia uma aplicação desastrosa. Esta canetinha é super prática e fácil de usar e a verdade é que com o uso frequente, quase diário, hoje já consigo aplicar outros delineadores sem fazer uma grande lambança.
  3. Loção hidratante Nativa Spa de Pitanga d’O Boticário – É paixão recente e não troco mais! Amava o cheiro do sabonete, e quando descobri que já havia a loção fiquei em êxtase. No entanto, encostei-a por uns tempos porque para além de (na embalagem) o cheiro me parecer diferente do sabonete (que é só a coisa mais bem cheirosa do mundo, pois claro!), tinha outras loções abertas e precisava de as gastar. Pois bem, chegou então a hora de dar uso a esta e… Wow! O cheiro é o mesmíssimo que o do sabonete. E é muito bom em textura, hidrata bem, a embalagem é perfeita com o doseador… Tudo de bom!
  4. Creme Superdefense da Clinique – Tive a oportunidade de o testar e não podia estar mais satisfeita! Finalmente, estou de pazes feitas com a marca e feliz por tudo dar certo quando há o aconselhamento certo. Mas, Superdefense. O meu é para pele seca/mista, pois embora tenha oleosidade na zona T, o resto da pele da cara repuxa. Tive medo que fosse super pesado, e o facto de se focar na prevenção dos sinais de envelhecimento (hã, anti-rugas aos 20 anos?) ajudou ao susto. Tudo mentiras! Não deixa a pele oleosa, tem uma textura rica que até dá gosto e para completar tem SPF 25. Voltamos a falar mais tarde, porque a Clinique tem história e dá um post bom e gigante.
  5. Topcoat Good to Go da Essie – Este é o milagre dos vernizes e topcoats! Juro. Sabem daquelas marquinhas que ganhamos no verniz da noite para o dia, dos lençóis, depois de termos tido uma trabalheira dos diabos a pintar as unhas e deixar tudo perfeito? Esqueçam. Com o Good to Go há super brilho e secagem quase instantânea. Prometo.
  6. Máscara de Chocolate Maxnatura da Aroma da Terra – Já falei dela aqui, não é? Mais não tenho a dizer!
  7. Primer Potion da Urban Decay – Também não é nova para quem navega pelos blogues e canais de beleza e maquilhagem, decerto. Funciona mesmo e acho que ainda tenho produto para uma eternidade! É bom porque fixa as sombras e traz-lhes mais intensidade na cor. Para além disso, noto que deixa a pálpebra mais lisinha e, ao aplicar as sombras, o trabalho de as deixar uniformes no sítio, esbater e essas coisas todas fica muito mais fácil.
  8. Paleta de sombras Twilight da The Body Shop – Também já se devem ter cruzado com ela. Já ouvi dizer muito bem da paleta, mas também já vi quem não tivesse gostado. Digo de minha justiça: pode não ser mesmo a mais pigmentada do mundo, mas eu penso que as cores são muito fáceis de conjugar, ficam bem com tudo e a textura é bastante boa. Principalmente para quem, como eu, ainda não aprimorou assim tão bem as técnicas de aplicação das sombras. É tão prática que a tenho usado muito regularmente.
  9. Esfoliante de Manga e Coco da Lomasi – Divino. É super cheiroso, doce mas sem enjoar, e no duche é milagroso: parece que se esfregou açúcar no corpo e que derreteu! E é um espectáculo, porque para além de esfoliar, parece que tem um óleo hidratante. É 2 em 1, e poupa a loção no fim do duche!
  10. Durable Lip Fluid nº2 da Make-Up Studio – Também já partilhei a minha opinião sobre ele aqui! Amo a cor, adoro ver-me com ela. Super uso!

E vocês, que destacam de 2010?

9 comments on “O que Fica de 2010”

  1. Eu própria tb andei ausente imenso tempo do meu blog, mas decidi retomar… houve tanta coisa que faltou escrever, mas o que lá vai, lá vai 😉
    Gostei do pormenor das tuas primas estarem já maiores que tu, os miudos hj parece que levam adubo.
    Para mim sem dúvida que o que me marcou mais foi começar a viver com o Pedro e estou imensamente feliz com isso 🙂
    E a ver se é para o ano que nos vamos as duas conhecer 😉 isso seria muito cool 😀
    Bjks

    • Eu não tinha nada para decidir, não andei em hiato, simplesmente não tenho tido tempo :S Vamos ver se é desta que as coisas andam.

      Pois é, há roupa das miúdas que já me fica grande, começo a sentir que perco autoridade LOL Qualquer dia são elas que tomam conta de mim!

      É, a ver se se marca um jantarinho 🙂

  2. Fizeste um belo balanço do teu ano, e parece ter sido bastante produtivo:) Em 2010 vou continuar a visitar-te e desejo-te muitas conquistas pessoais e profissionais e acima de tudo muita saúde! BJ:)

    • Foi bom, foi positivo, descobri que afinal gostava de algumas coisas às quais torcia o nariz, já não passo vergonhas quando como fora de casa e o comer é algo de que não gosto e ainda perdi algum peso.

      Há coisas das quais continuo a não gostar, mas há alimentos que já tolero melhor ao fim de várias vezes de ter experimentado.

      Feliz 2011!

      • Óh espero também conseguir!! Pelo menos cá vou andando a tentar, pela minha saúde e como tu dizes para evitar as vergonhas em casa de outrem, que já ando farta de as passar :$
        Obrigada pela partilha de vivência 😉

        Feliz 2011 para ti também 😀

Deixar uma resposta