labello nivea lip butter lip balm bálsamo labial batom do cieiro beleza maquilhagem review resenha swatch

Quem lê este blog desde os seus primórdios, já deve saber das minhas guerras com os lábios secos, desidratados, do cieiro.

Confesso, tive muitas saudades do batom de cereja quando andou desaparecido, mas a verdade é que os batons do cieiro da Labello nunca fizeram muito pela saúde dos meus lábios.

Quis o destino que surgisse, contudo, uma novidade que viria mudar a minha opinião.

Há uns dias, quando abri a minha caixa do correio, tinha à minha espera a novíssima Lip Butter Original, com manteiga de karité, óleo de amêndoas e hydra IQ (uma tecnologia exclusiva da Nivea que ajuda a garantir hidratação por 24h).

Não senti grande entusiasmo pela boa nova, mas tenho uma doença que muitas de vós devem conhecer, que consiste no facto de não conseguir manter bálsamos labiais fechados e intactos.

Em menos de um fósforo, mudei radicalmente de opinião e fiz as pazes com a Labello.

Esqueçam a consistência dos sticks, porque esta manteiga não tem nada a ver com aquilo a que estamos habituadas pela marca.

  • É muito mais consistente e hidratante, mas sem ser pegajosa.
  • Não tem sabor nem fragrância, o que é um bónus para quem tem reacções de sensibilidade ou alergias.
  • É muito confortável depois de aplicada, e dura muitas horas sem que sintamos necessidade de reaplicar.
  • A sensação de hidratação não é ilusória, como noutras manteigas que são aparentemente ricas mas que na verdade desaparecem rápido e não conservam nem fornecem hidratação.

Vai directamente para o meu top de hidratantes labiais, tem feito toda a diferença com a chegada do frio. O melhor de tudo? Está à venda em super e hipermercados e cada lata de 16,7g custa 2,69€.

Conseguem arranjar melhor e mais barato? Eu não!

5 comments on “Lip Butter – Labello”

    • Não sei se há no Brasil, mas sei que noutros países até há de vários sabores. Tenta saber, porque esta manteiga é mesmo muito boa e, se não tivesse rótulo, pela minha experiência com os sticks, nunca diria que é Labello!

Deixar uma resposta