Agora que começo a ter mais tempo para me dedicar ao blog e para pôr as leituras em dia, tenho procurado ler umas coisinhas sobre o mundo online.

À primeira vista, pode parecer que este post não será muito interessante para o mero leitor, mas não fujam já! No final, quero saber a vossa opinião, que são vocês os melhores avaliadores desta matéria.

É que, apesar de estas questões interessarem primariamente a quem tem blogs, quem dá o feedback são os leitores.

Eu escrevo, mas também sou leitora, pelo que me parece pertinente expressar a minha opinião sobre os textos que me passam pela vista.

Correcção Ortográfica woxikon dicionário online acordo ortográfico
Imagem de fonte desconhecida.

Tenho lido muitas coisas sobre optimização de conteúdos, sobre a importância da imagem e tantos outros saberes relevantes (a propósito, se são bloggers e ainda não conhecem, vale a pena dar um salto ao Bloggers Camp), mas poucas menções vejo a algo muito simples e que faz toda a diferença: a correcção ortográfica.

Por muito que os assuntos sejam interessantes, não é feio quando estão minados de erros ortográficos e de sintaxe?

O pior é que até nos ditos sites de imprensa profissionais eles aparecem, e muitas vezes poderiam ser evitados se os autores fizessem uso de dicionários como o Woxikon, que até ajuda a perceber o sentido de algumas palavras parecidas, quando surgem dúvidas.

Eu sei que não sou perfeita e que, de certeza, existem alguns gafanhotos por aqui. Porém, tenham dó! Há limites.

E aqui fica um conselho: se dão alguns erros e têm consciência disso, o melhor é mesmo pedir a algum amigo (ou dois!) que leia antes de carregarem no botão “publicar”.

Aposto que eles não vão importar-se de ter a honra de ler os vossos artigos em primeira mão e, com certeza, o vosso trabalho terá muito mais qualidade. É garantido!

Tenho ou não tenho razão?

7 comments on “A Importância da Correcção”

  1. Um texto quando escrito de forma organizada, sem erros ortográficos e gramaticais, é sempre mais apelativo, sem dúvida. Mas às vezes acontece um erro ou outro, muitas vezes por distracção. Como dizes, há limites! 🙂

Deixar uma resposta