Há alguma mulher que não faça mudanças ao cabelo no pós-parto?

Tenho as minhas dúvidas. Não sei se conheço alguma mulher que, depois de ser mãe, tenha mantido o cabelo tal e qual como estava antes do parto.

Primeiro, porque nós mudamos.

Não só o nosso corpo, mas também a pessoa que somos. Mudamos mesmo! É tudo muito drástico, ninguém nos avisa e o facto é que damos connosco numa maré de coisas novas e nem todas elas são boas.

Mal descansamos, as hormonas andam aos pulinhos e é muito fácil acharmos que estamos pavorosas. Exageros ou não, se não estamos satisfeitas (seja com o que for) devemos fazer por mudar.

inoar g hair escova alemã alisamento progressiva cc cronograma capilar review resenha opinião
Favor ignorar a fitinha da blusa!

Como se não fosse suficiente, ainda nos cai cabelo.

Aos montes! E os tratamentos que ficaram por fazer durante a gravidez porque poderiam ser nefastos para o bebé?

No meu caso, toda esta história capilar dava um melodrama que não vou elaborar agora, mas prometo que vai dar post.

Story short, mesmo com esta vasta juba que me conhecem, também me calhou na rifa aquela coisa de ficar com entradas e tudo.

Adiante, adiante, andava há que séculos a querer uma mudança mais evidente de corte e medidas drásticas exigem tratamentos à altura.

Há cinco anos que não o fazia, pelo que foi desta: combinei com a minha Íris que iria cortar o cabelo pelos ombros, e assim foi. Mais curto atrás que à frente, vejam bem a ousadia!

Fi-lo sem qualquer arrependimento, mas só porque foi a Íris a fazê-lo e porque repeti o alisamento progressivo que já havia feito há uns tempos (podem espreitar aqui) e adorei.

Sei que com ela não há falhas e, por isso, confio. Senão, não havia condições para tolerar um corte destes.

inoar g hair escova alemã alisamento progressiva cc cronograma capilar review resenha opinião

Sinto-me verdadeiramente aliviada e muito melhor que antes.

É *só* cabelo, mas pode fazer toda a diferença. Sinto-me renovada. Gira, novamente! Agora, sim, sinto-me recuperada de todos os males do pós-parto.

Foi uma espécie de milagre que me soube tão bem que quase não consigo explicar esta vaidade toda.

Só me arrependo de não o ter feito mais cedo, pelo que fica aqui uma sugestão de amiga para quem teve bebé e ainda está a recuperar: vão ao cabeleireiro. Façam aquele corte. Experimentem aquela cor, madeixas.

Mudem sem medos! Vão ver que ganham energia e ânimo de uma forma que nem imaginavam.

inoar g hair escova alemã alisamento progressiva cc cronograma capilar review resenha opinião
Este é o resultado após lavar em casa.

1 comment on “Corta, corta, corta!”

Deixar uma resposta