Sou coleccionadora de colecções. Sou tralheira nata, acumulo tudo no meu espaço e sou apologista do “é preferível a mais do que a menos”. Não faz falta agora? Pode vir a fazer mais tarde!

Curiosamente, uma das excepções à regra são os pincéis de maquilhagem – por enquanto. Apesar de não ter o mínimo dos mínimos, também não tenho nenhuma colecção enorme como muitas entusiastas dos cosméticos. Gosto de bons pincéis e que estes cumpram várias funções na perfeição.

Ultimamente, anda por aí uma febre de pincéis kabuki, planos e densos, e eu confesso que desde o início fiquei com a pulga atrás da orelha. Houve quem gabasse um pincel de uma marca muito conhecida neste domínio, mas como acho que todos os pincéis deles são muito caros para a qualidade pouco profissional que têm e como acho o serviço de encomendas deles pavoroso, preferi esperar por uma opção melhor.

E eis que surge a Argent Makeup com o seu primeiro pincel, o 101. Já tenho o meu há uns meses e já expressei o meu amor por ele aqui e aqui, mas ainda não tinha falado dele com o detalhe que merece.

 

 

Em primeiro lugar, gosto dele porque poupa imenso espaço na bolsa de pincéis que trago sempre comigo (porque nem sempre consigo vir a casa e por isso gosto de trazer a tralha toda às costas). É um pincel versátil ao ponto de servir para aplicar base de qualquer espécie, pó (solto ou compacto), blush e se eu quiser também serve para aplicar o primer (prefiro aplicar com os dedos) e esbater corrector (raramente uso).

Sobre a “anatomia” do bicho: as cerdas são sintéticas e muito macias. Ele é muito denso mas maleável, não marca o rosto quando aplicamos produto e tem o cabo longo e um pouco gordo quando comparado com outros pincéis. É mesmo de muito boa qualidade. Já lavei o meu muitas vezes e continua intacto. À excepção daquela cerda fora do sítio que podem ver na foto, e que já vinha assim de origem, o formato manteve-se igual ao que era no dia em que o pincel chegou às minhas mãos e não caiu um único pêlo. Não se suja facilmente porque as cerdas não absorvem produto a mais. Não debota. É uma maravilha! Já surpreendi várias pessoas, porque quando a conversa é sobre pincéis eu adoro mostrar o meu 101 porque a maior parte das pessoas também anda em pulgas com este tipo de pincel mas não conhece o da Argent Makeup.

Considero que este pincel seja do agrado geral, pois a meu ver não fica a dever nada a marcas profissionais mais conhecidas mas também não é complexo de utilizar e pode servir os interesses não só de quem já é pró no assunto mas para quem está a iniciar e não sabe em que pincéis deve investir.

Está disponível em duas versões, Classic e Girly (o meu), para agradar a toda a gente. Custa 14,99€ e, se vos ajudar na hora de decidir uma eventual compra, a Argent Makeup é uma marca portuguesa. O que é nacional é bom!

3 comments on “”

  1. Nem digas nada!!! Este pincel é o néctar dos Deuses! A tão falada Ambrósia!!!! Esta coisa mágica faz literalmente “30 por uma linha”… Se a Tânia já tivesse os pincéis todos necessários para um kit, eu nem hesitava… Temos que aguardar 🙂

Deixar uma resposta