Sai um ferro de engomar para a menina, “faxavor”.

dita von teese singing gifs music burlesque disintegration monarchy

dita von teese singing gifs music burlesque disintegration monarchy

dita von teese singing gifs music burlesque disintegration monarchy

E quem diz menina, diz menino.

Que eles não têm problemas nas mãos e também devem contribuir para o bem do lar.

As pessoas têm de saber tratar de si sem ajudas. Contra mim falo, que não costumo ser eu a engomar a roupa cá de casa. No entanto, se tiver de o fazer, desempenho a tarefa com sucesso.

Não gosto de passar a ferro, mas gosto de estar apresentável.

Quando tiver a minha casa, acho que cada membro da família deverá ficar encarregue de engomar as suas roupas.

Tendo um roupeiro pequeno que está cheio até ao topo, está visto que quase tudo o que de lá tiro tem de ser engomado novamente antes de vestir, e nestas situações acabo por ser eu, quase sempre, a tratar desse assunto.

Até já disse à mamã que preferia que a minha roupa deixasse de ser engomada, visto que é tempo perdido. E eu não sou a favor das perdas de tempo com sarilhos destes. Nem sequer sou apologista de passar toalhas de banho, roupa interior e pijamas. Nem skinny jeans, nem t-shirts folgadas.

O resto, minhas meninas e meus meninos, tem mesmo de ser engomado.

Infelizmente, há quem pense de maneira diferente ou não lhe tenha sido ensinado para que é que serve um ferro de engomar.

Muitas são as vezes em que entro num blog ou faço uma pesquisa de imagens de uma determinada peça de roupa e dou de caras com pessoas todas amarfanhadas, como se a roupa tivesse saído do estendal, ou da embalagem, para o corpo.

Até o meu coração fica doente com toda uma panóplia de camisas, túnicas, vestidos, saias e afins cheios de vincos e dobradelas à mostra.

Eu compreendo que haja uma certa ansiedade em estrear roupa ou recuperar a roupa da estação anterior que esteve encaixotada durante meses.

Também gosto de novidades, gosto de mostrar peças acabadinhas de chegar às minhas mãos, mas não consigo fazê-lo sem lavar tudo e engomar devidamente.

Se mostramos vestuário novo todo amarrotado, penso que boa parte do encanto da peça morre. Que valente turn off!


Related Posts

Hunter Esbranquiçadas – Como Resolver

Hunter Esbranquiçadas – Como Resolver

Pela altura da Páscoa, adquiri umas galochas Hunter glossy pretas, lindas. São caras, eu sei, mas mesmo assim decidi que precisava de ter umas dado que as galochas pretas que tinha estavam a meter água. Galochas inúteis! Pensei que era preferível ponderar um investimento superior […]

Obras no Quarto

  Há uns dias, recebi um comentário de uma leitora a pedir sugestões de decoração para o quarto da sua filha mais velha, de 11 anos. Apesar de ter algumas coisas em mente, resolvi pensar melhor no assunto para organizar tudo e ter um leque […]



1 thought on “Sai um ferro de engomar para a menina, “faxavor”.”

  • Acho que nunca reparei nessas coisas. (Também não visito assim tantos blogues de moda, mais provavelmente não ligo ao facto da roupa estar ou não amarrotada.

    Em blogues sim é uma situação diferente, as fotos têm que estar apresentáveis e mais ainda os itens que se apresentam. Mas para mim, um vinco ou outro nunca me fez confusão.
    Agora em catálogos, é impensável claro.

    Mas isto sou eu, que não passo a ferro prai 80% da minha roupa. Nem é preguiça, é mesmo falta de tempo (ou do pouco que me sobra, quero aproveitar para outras coisas). Por outro lado, grande parte da minha roupa é justa, eventualmente os vincos saem.

    Eu no início, quando comecei a viver sozinha passava muito mais a ferro, depois fui perdendo a paciência e tempo.
    Mas não estou a querer dizer que se vai passar o mesmo contigo, nada disso. É só uma questão de prioridades.

    Mas “overall”, é uma coisa que não me faz muita confusão..

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


%d bloggers like this: