lidl1

É já no próximo dia 1 de Outubro (quinta-feira) que chegam ao Lidl várias peças de roupa bonitas e muito baratinhas, da marca exclusiva Esmara, a condizer com o Outono. Desde o início de Setembro, têm surgido várias campanhas com peças apelativas e acessíveis. Confesso que, até agora, permaneci em modo Verão e não estive muito atenta às datas da chegada dos diversos artigos aos supermercados. À conta disso, deixei escapar capas quentes e camisolas (se alguém as vir, por favor, que avise!) que captaram logo a minha atenção nos folhetos semanais.

lidl2

Desta feita, há camisas (duas axadrezadas, uma bordeaux e uma azul), skinny jeans (ganga azul, ganga acinzentada e pretas) e botins. Há tamanhos para toda a gente – o S da Esmara é grande, equivale a um 36. Por isso, imaginem os restantes tamanhos. Adorei as camisas e os botins que vos mostro na primeira montagem e espero conseguir encontrar tudo no Lidl do costume. Acho que são peças muito acessíveis e democráticas, já que há infinitas possibilidades de utilização. Têm alguma peça em vista?

22 comments on “Mesmo, mesmo a chegar!”

    • Calma, que o S serve perfeitamente para nós (também sou pequenina e normalmente visto o 32/34)! Só não podemos contar com coisas justas, justas, justas (caso das skinny jeans, mas dessas há noutros sítios aos montes – comprei bem giras e baratinhas, subidas, na Bershka e na H&M!).

      Beijinhos

  1. A capa não consegui mas comprei algumas camisolas. Tenho comprado algumas peças de roupa e gosto da qualidade e o preço claro. É verdade, o S veste maior, as calças é que é preciso ter mais atenção. As camisas e os botins estão debaixo de olho 🙂

    • Já só vi a camisola às riscas em tamanho L 🙁 Outra coisa que tenho adorado (e compro imenso lá!) é a roupa interior. Boa qualidade, bonita, confortável e baratinha. E muita dela até aparece em promoção mais tarde. Ontem encontrei packs de 5 tangas bonitinhas (5 pretas ou sortido de cores), de algodão com rebordo de renda, a 6€ e picos. Arrependi-me de só ter trazido as coloridas e quando lá voltar quero ver se ainda encontro as pretas.

Deixar uma resposta