benetton benettonbenettonbenettonbenettonbenetton

A polémica vai ser mais do que muita, vai haver quem não goste.

Mais uma vez, a Benetton tocou na ferida com a campanha Unhate.

Quando é que o orgulho e os interesses parvos serão deixados de lado? Somos todos feitos do mesmo, todos vamos para o mesmo sítio, por que não tornar este mundo bom e justo para toda a gente?

Como querem que as massas mudem se quem dá a cara não dá o exemplo?

2 comments on “Unhate”

  1. Para a Merkle estar numa orgia com toda a Europa teria de respeitar os países do sul. Tal não acontece. A Alemanha é dos países que mais está a lucrar com esta crise, é natural que queira passar a imagem de país austero. Para isso recorre-se a tudo, inclusive a falsas alegações que nos informam de que somos preguiçosos e temos de trabalhar mais. Azar dos azares, hoje vivemos numa época de comunicação rápida (ela bem que deve ter saudades da difícil comunicação dos tempos de outro conhecido governante alemão) e foi fácil perceber que Portugal é dos países da Europa onde mais se trabalha. Depois falou em retirar a autonomia aos países que não cumprem com as suas responsabilidades… Se estas declarações tivessem algum valor isto tinha sido uma declaração de guerra: “ou vocês se portam bem ou nós vamos aí, tiramo-vos a autonomia e cuidamos nós do assunto”. Enfim, é fácil perceber que detesto o governo alemão?

    • Tu e eu! À Merkel só falta o bigode. Até as bandeirinhas a meia-haste queria. Precisamente pelo que dizes é que a meu ver, nesta campanha da Benetton, ela estaria numa orgia com a Europa toda. A palhaçada ainda vai virar a norte por qualquer motivo, vais ver.

      Beijinho

Deixar uma resposta