Tea Time by Mellie Fee

Falemos de chá. Devo confessar que a minha paixão pelo chá é uma coisa recente, dado que me recusava a bebê-lo quando era pequena. Ao que parece, eu não gostava do chá porque a minha mãe o encharcava de açúcar, e eu não sou grande amante de doces. Descobri as maravilhas do chá quando, há três ou quatro anos, um amigo me deu uma chávena de chá sem açúcar. E adorei! Na verdade, esta é a minha bebida preferida desde então, e não passo um dia sem o beber. Aliás, se estiver em casa sou capaz de beber litros e litros de chá, sem exagero, porque enquanto estiver acordada haverá sempre uma caneca de chá nas minhas mãos! O fundo do copo é sempre difícil de beber, e por isso gosto de ter a caneca sempre cheia!

Tenho ouvido por aí que há pessoas que gostam do chá quando tem açúcar. Meus caros, lamento imenso, o chá com açúcar não é chá! O açúcar irá alterar os benefícios e o sabor do bom chá. No começo, o chá poderá parecer amargo. É uma questão de hábito. À medida que vamos bebendo o chá sem açúcar, aprendemos a achá-lo doce sem que tenha aditivos. Há, também, pessoas que dizem que adoram o chá, mas só bebem os cházinhos das saquetas que há nos supermercados! Pelo amor de Deus, esses chás não têm sabor, eu só os bebo em último caso! Não querendo entrar em jogos de publicidade, gosto de comprar o meu chá nos cafés Portela: compro a quantidade que quero, da variedade que quero, e sei que a qualidade é a melhor! Podem ser mais caros que os chás dos supermercados, mas têm a garantia que estão a beber um bom chá e a aproveitar ao máximo as suas propriedades. Outro aspecto a ter em conta, é a quantidade de chá que tem que ser colocada na água a ferver. O chá deve ser forte: mais vale beber um chá forte do que uma série deles que sabem a água de lavar pratos. É este o motivo pelo qual eu não gosto dos chás em saqueta. Quando colocamos o chá directamente na água, este vai ser muito melhor absorvido pela água. E falando em água, é importante referir que esta tem mesmo que estar a ferver para que possamos ter um bom chá. Os chineses foram espertos nesta matéria! Se repararem, as chávenas deles não têm asa. Tem lógica. Enquanto a chávena nos queimar as mãos, significa que o chá ainda está quente demais para beber.

Outro aspecto que gera polémica quando se fala em chá é o leite. Os nossos amigos ingleses gostam muito de misturar o chá com leite, e nós por cá continuamos a desgostar da ideia. A primeira vez que bebi chá com leite foi em casa do meu tio, porque ele percebeu que eu queria chá com leite em vez de leite, e não chá como me tinha proposto! E tive que beber uma chávena de chá de maçã e canela (mariquices!) com leite. E caiu-me tão mal… Mas hoje bebo outros chás com leite, volta e meia. Assim, e para aqueles que quiserem experimentar, creio que tenha mais lógica verter primeiro o chá e só depois o leite, para não corrermos o risco de colocar mais leite do que chá no copo, chávena, caneca, ou seja lá qual for o recipiente escolhido! Eu sou fiel às minhas canecas de 1 litro, que bebo assim que me pára nas mãos.

Por agora, penso que estes humildes conselhos que vos dei chegam para que aprendam a gostar do chá. Se tiverem mais coisas para dizer, digam! Para os interessados, deixo aqui um artigo (em inglês) que o senhor George Orwell escreveu com aquilo que ele julga serem os onze pontos essenciais para fazer um bom chá. Pergunto-me se teria opinado sobre os microondas se tivesse escrito o artigo nos dias de hoje…

Bebam bom chá!

6 comments on “Uma Boa Chávena de Chá”

  1. sinceramente o chá não é a minha bebida favorita. Prefiro água. Mas em casa dos pais sempre houve chás para todo o tipo de doenças e má disposições e, talvez por isso, associo-o a situações pouco cómodas ou agradáveis. Lembro-me do chá de carqueja, o chá de príncipe, o chá de burro, de hortelã e muitos outros sem nome. Mas vou tentar melhorar. Apenas com uma excepção: nunca com leite! beijo

    Quarta-feira, Agosto 06, 2008 8:10:00 AM

  2. Aqui também há chás para tudo e mais alguma coisa! E tenho ali os livros que eram dos meus avós que ensinam montes de coisas sobre os chás e as ervinhas 😀

    Quarta-feira, Agosto 06, 2008 1:51:00 PM

  3. Eu gosto de chá…mas do chá 'de lavar pratos', como tu dizes 😛 Digamos que fiqei traumatizada quando tive de beber um chá não sei para quê mesmo com as ervas…e a coisa correu mal :S Nem com um açucareiro inteiro lá dentro aquilo sabia bem! E a verdade é que o tive de beber! A partir daí, só mesmo o das saquetas…então o de maçã&canela..humm 😀 No Verão não gosto muito de beber, mas no Inverno bebo quase todos os dias!

    Bjs*

    Quinta-feira, Agosto 07, 2008 2:59:00 PM

  4. Olá! Concordo contigo quando dizes que um bom chá não deve levar açúcar…tens de conhecer a Rota do Chá na Rua Miguel Bombarda no Porto 🙂 ficavas perdidinha. Servem os melhores chás e à temperatura certa. Quanto ao leite no chá, não sou fã, mas adoro ver o efeito que faz, é tão bonito ver os dois líquidos a misturarem-se.
    Fica bem!

    Sábado, Agosto 16, 2008 11:40:00 AM

Deixar uma resposta