bag1

Falta cumprir dois turnos para terminar os ensinos clínicos deste ano e, por isso, penso que posso finalmente dizer que estou de volta. Enfim, quantas vezes é que eu já disse isto nos últimos meses? Vou ter de vos compensar, se é que ainda há por aí alguém a ver o que por cá vou colocando.

Ainda entre caixas e sacos por abrir, e montes de compras e novidades por explorar, estava ansiosa com a chegada da The Secret Bag. Para quem ainda não conhece este projecto, posso dizer-vos que se assemelha às boxes estrangeiras: existe uma compra/subscrição, com determinada periodicidade, em que se recebe uma caixa com cosméticos mistério para experimentar. Em Portugal, já existia uma dessas caixas. Por um lado, sempre tive muita curiosidade para fazer uma subscrição deste género. Por outro, percebo que eventualmente poderia investir melhor o meu dinheiro e comprar produtos do meu agrado com ele. Por este motivo, e porque o modo de funcionar da opção portuguesa que existia me desagradava desde o início (pareciam ser super desorganizados!), preferi ficar quieta até há uns tempos atrás.

993092_422294444536327_845848286_n

Numa bela noite, enquanto circulava pelo Facebook, dei de caras com a página do The Secret Bag. Ainda tinha pouquíssimos seguidores, mas a premissa de que o que importa é o conteúdo cativou-me desde logo e fiz todos os esforços para conseguir um saquinho para mim. O primeiro lançamento foi bastante rápido, mas havia poucas unidades. Fui uma das poucas pessoas que conseguiu garantir a sua compra em pré-venda (por 18€ com os portes incluidos), há coisa de uma semana atrás, e hoje chegou o bendito saco. Ontem, no The Secret Bag, publicaram a foto acima com os saquinhos e fiquei ansiosa e perplexa. Pareciam tão pequeninos!

bag2

Apesar de terem anunciado que esta edição traria mais do que um produto de tamanho comercial, como conseguiriam introduzi-los num saco pequeno? A delicadeza dos saquinhos faz com que se assemelhem àqueles que colocamos nos roupeiros e gavetas, com alfazema. Posso dizer-vos que, em boa verdade, a primeira impressão que tive ao retirar o saco do envelope foi que tinha mesmo em mãos um saquinho de cheiro. Havia algo lá dentro que cheirava maravilhosamente bem. Tive de desembrulhar tudo de imediato, e fiquei feliz por constatar que o conteúdo, na minha opinião, fez mesmo com que a compra tivesse valido a pena! Os vales de desconto servem os interesses de qualquer pessoa em qualquer ponto do país, as amostras são do meu agrado (podiam não ser, reconheço que foi uma sorte) e, vejam o tamanho dos restantes produtos!

No meu caso, parece que o saco foi feito à medida. Há algum tempo que andava curiosa com os champôs sólidos da Lush. Calhou-me um batom da minha cor preferida, e um gloss que por sorte não está repetido. Os blushes líquidos fazem um jeitaço nesta altura do ano, e os vernizes de cheiro da Revlon têm todos cores giríssimas, pelo que não teria nenhuma preferência específica.

bag3

Para que não sobrem dúvidas na hora de fazer as contas, dentro do saco vem um cartão que (para além de uma mensagem do The Secret Bag) traz informações sobre os produtos, quantidades e preços dos tamanhos disponíveis para venda. Nesta edição, quatro dos produtos são full size. Penso que só falta um detalhe nestes cartões: os locais onde podem ser comprados os diferentes produtos.

Com toda a certeza, continuarei atenta ao The Secret Bag. Contem-me, alguma de vós comprou? Quem é que recebeu o seu saquinho hoje?

23 comments on “The Secret Bag – a 1ª edição”

  1. O champô tou é lixada com ele, quero-lhe dar uso, mas a minha mãe já o espetou ali ao lado da mesa porque “cheira bem” XD

  2. Estou a espera, mas é muito boas noticias, mao a palmatoria muito melhor que a popybox, mas eu sou uma vendida e adoro a caixa onde ela vem XD

  3. Joana Arêde Cotovio eu sou sincera: quanto menos lixo, melhor. Caixas tenho as dos sapatos e afins, que servem perfeitamente para guardar umas quantas tralhas. Já que uma pessoa paga, pelo menos que seja pelo conteúdo! E o saquinho de organza vai acabar por ter a utilidade que aparentava inicialmente: vai para o roupeiro com alfazema.

  4. Esta não é como a dos sapatos e é um cor de rosa tão fofo e preto… sou vendida e admito… cenas diferentes é comigo… o saco da Bag uma certa moça que outro dia viste já me disse a olhar ao pc… parece as malinhas das princesas… tem já destino: fazer de mala com as pulseiras da moça XD

  5. Não sou prendada para essas artes manuais… forrei uma caixa de morangos para os putos usarem como caixa da plasticina e ja se está a descolar toda… prefiro que façam por mim XD, mas muito prendada e assim vale apena reciclar as caixinhas 🙂

    • Olá Marta! 🙂 O registo pode ser feito em thesecretbag.pt, lá explicam tudo, de momento não há bags disponíveis porque a de Junho esgotou. Infelizmente, disponibilizaram muito poucas unidades. Em breve, devem estar a colocar a de Julho à venda 🙂

      Beijinhos

Deixar uma resposta