Se este espaço existe para falar de máscaras, decidi que pode servir tanto para o bem, como para o mal. Por isso, a máscara de hoje é algo a evitar – na opinião da Guida, claro está, e pode não ser comum a toda a gente que já experimentou, mas fica o aviso.

Falo da Aloe Vera & Green Tea Face Tonic da Montagne Jeunesse, marca da qual já tenho dito boas coisas por aqui noutras Terças da Máscara.

Experimentei-a porque engracei com a apresentação diferente e porque continha Aloe vera na composição e as suas propriedades calmantes e hidratantes são mais do que conhecidas.

Então, que houve de errado? Bom, assim que abri a embalagem, algo indiciou que a experiência não ia ser a mais agradável: o nariz fica logo atordoado com o cheiro a limpa-vidros. Literalmente. Depois, desembrulha-se o “paninho”, conforme diz nas instruções, aplica-se na cara e… São cinco minutos de espera penosa com tónico a pingar. A pingar! A escorrer pelo pescoço abaixo, sim. Para terminar, e após lavar a cara com água corrente, senti algum ardor na pele. Nada de vermelhidão, mas muita irritação na testa e maçãs do rosto.

Por isso, fica a dica: em caso de dúvida em frente a um stand da Montagne Jeunesse, aconselho evitarem esta maria-malvada.

Alguém experimentou e tem uma opinião diferente? Partilhem nos comentários, que a Guida quer saber.

TRANSLATION

Mask Tuesday #5

If I use this space to talk about masks, it means I can do it for either good or bad opinions about them. So, today’s mask is something to avoid- in Guida’s opinion, of course, which may be different from what other people who also tried this mask think. But here it goes.

I am talking about Montagne Jeunesse’s Aloe Vera & Green Tea Face Tonic, which is a lovely brand I have sometimes been talking about here in other Mask Tuesdays.

I tried this mask because I was attracted to the different presentation and because it contains Aloe vera on its composition, which has some well known calming and moisturizing properties.

So, what was wrong with it? Well, as soon as I opened the package, something told me this was not going to be a good experience: my nose complained about the smell of glass-cleaning solution. Literally. Then, I unfolded the “patch”, as they tell us to do on the package, I applied it on my clean face and… These were the longest five minutes of waiting with skin toner dripping out of my face. Dripping! Over my neck, yes. Just to finish, after rinsing my face with water, my face was slightly burning. It was not red, but it was itching on my forehead and cheeks.

So, here you get it: in case of doubt when you are in front of a Montagne Jeunesse stand, avoid this evil girl.

Has anyone tried this and has a different opinion? Tell me on the comments, Guida wants to know.

8 comments on “Terça da Máscara #5

  1. Olá Guida.

    Já tive oportunidade de experimentar algumas máscaras dessa marca e até agora nenhuma me desiludiu… contudo o que tenho reparado é que ultimamente muitas meninas têm feito reacção, algo de estranho se passa…

  2. Cheiro a limpa vidros é cheiro a amoníaco (o limpa vidros tem maior concentração de amoniaco do os produtos ditos ”amoniacais”, daí ser o o cheiro que pervalece mais). Just saying. Por via das duvidas vou manter esse produtinho longe da minha cara. 🙂

  3. eu já experimentei a de chocolate branco e para além do cheiro apetitoso (até demais!) que tem, nunca notei nenhuma irritação, não costumo ter a pele sensível mas no caso da que experimentei, fiquei com a pele bastante macia :/ talvez seja dessa mesmo
    beijocas *

  4. Eu hoje usei uma do género que é a Montagne Jeunesse Fast Face Tonic – Pore Cleansing que é de hortelã e folhas de chá ou algo assim e adorei, não pingou nada e a minha pele ficou óptima adorei 😀

Deixar uma resposta