Etiqueta: The Wet Brush

The Wet Brush #3 – Pop Fold

Wet Brush Pop Fold

Não é novidade que sou a fã número 1 da Wet Brush. Tenho duas no modelo original (mostrei a primeira aqui), uma Shine de tamanho mais pequeno que mostrei aqui e andava fartinha de barafustar porque queria à força toda que a marca lançasse um modelo mais maneirinho para trazer na mala.

Parece que fui ouvida e, finalmente, chegou ao mercado a versão Pop Fold. Como é habitual, vende-se na Pluricosmética, o plástico é preto mas existem várias opções de cor para a borracha e cerdas. Eu, claro, escolhi a versão cor-de-rosa.

Wet Brush

O tamanho é o habitual das escovas clássicas, mas o cabo é dobrável e tem uma extremidade arredondada mais larga, que ajuda a resguardar as cerdas (que recolhem ao centro da escova para fechar, ao fazer pressão na parte central da borracha).

A funcionalidade é a do costume: cabelos desembaraçados e sem puxões em menos de nada, tal como qualquer outra Wet Brush.

Para ficar meeesmo perfeita, só faltava encolher um bocadinho. Sim, já houve progresso na concepção deste formato, mas continua a ser enorme. Ainda assim, não é dramático e a minha já ganhou o seu lugar cativo na minha mala.

Expocosmética 2016 – O Rescaldo

Muito me têm perguntado vocês sobre as minhas compras na última edição da Expocosmética, que já passaram algumas semanas e eu tenho permanecido silenciosa. Assim muito resumidamente e para começar, consegui trazer tudo o que queria da minha wishlist.

Não foi complicado, até porque este ano a feira abriu mais cedo para um grupo mais restrito que o público geral e inicialmente não houve tanta confusão. Aplaudo de pé esta ideia e espero que permaneça nas próximas edições! Não é tanto por mim (embora agradeça), que não sou mais que ninguém, mas reconheço que para os profissionais simplifica a tarefa das compras.

Senti que houve uma menor adesão por parte de bloggers e público amador e que, por outro lado, houve uma maior oferta que noutras edições da feira. Continuou muito voltada para a estética profissional, em especial para as unhas e cabelo, mas havia uma maior diversidade e notei que houve empenho em atender ao interesse masculino pela beleza.

expocosmética

Passando ao que vos interessa, compras e ofertas – o que podem ver na foto. Já não consta do registo a remessa inicial, porque entreguei logo à minha mamã aquilo que me tinha pedido, e seleccionei logo as ofertas de forma a encaminhá-las para quem as poderia utilizar (entenda-se, tudo o que era gel e semelhante, ficou nas mãos do L.).

Trouxe as minhas tintas e oxidantes da Farmavita e duas Wet Brush da Pluricosmética, onde fui recebida com o carinho de sempre. Ainda vim de lá carregada de amostras boas (muitas delas em tamanhos muito generosos, como podem verificar!) e com uma maleta da Wella com dois produtos de cabelo para experimentar. No stand da Embelleze, comprei a Blindagem Capilar (normal e com óleo de argão), a Queratina Líquida e a Recarga de Queratina de que já tinha falado, e ainda me ofereceram mais uma unidade desta última e o Boost Gold, que desconhecia. Da Kinetics, trouxe o Nano Shark e o Kwik Kote, como não podia deixar de ser, e ainda me ofereceram um verniz Solar Gel. Ainda trouxe ofertas da Andreia (merecem um post especial) e fiquei a catrapiscar uma das novidades da marca, e da Inoeh.

Tinha-vos falado de outras potenciais compras, mas o preço não compensava e acabei por não investir. No total, saíram-me do bolso cerca de 50€ que, noutras ocasiões, rapidamente se transformariam em mais que o dobro.

Já sabem, irei mostrar-vos as novidades detalhadamente, mas caso queiram saber algo específico ou que dê prioridade a alguma das minhas compras, sintam-se à vontade para perguntar!

Lista de Compras Expocosmética

Se, tal como eu, forem vaidosas, gostarem de novidades e tiverem algum amor à carteira, devem estar em cima dos acontecimentos e já sabem que de 2 a 4 de Abril se realiza mais uma edição da Expocosmética, na Exponor.

Há vários anos que gosto de visitar a feira e fazer as minhas compras, e já que o barrigão até mo permite, esta edição não será excepção e eu vou lá estar. As minhas dicas para quem não está familiarizado com o evento são simples: levem muita paciência, farnel, mochila grande/trolley e muita água. Se forem de autocarro, levem também o MP3 ou outra coisa qualquer para se entreterem. Sim, o mais provável é passarem parte do percurso na palheta, mas chega uma altura em que ganham fobia às pessoas.

Expocosmética

Outra coisa que considero fulcral é a criação de uma lista de compras, ou pelo menos de um esboço do que querem comprar. E levem dinheirinho, que o acesso ao multibanco é complicadíssimo. Assim, irão gerir melhor o vosso orçamento e certificam-se que trazem mesmo aquilo que querem e que precisam.

Decidi partilhar convosco a minha lista. Não muda muito de edição para edição, pois já vou conhecendo os stands que estão sempre disponíveis e o que vale mesmo a pena comprar a preços bem mais acessíveis que o habitual.

  1. Já partilhei convosco o meu amor pela Wet Brush e há dois modelos novos (o Epic Quick Dry e o Pop Fold) que quero muito trazer, se estiverem na feira. Encontram a marca no stand da Pluricosmética e habitualmente compensa muito comprar as escovas lá!
  2. Também já vos disse várias vezes que pinto o cabelo e, não tendo havido reacções adversas nem danos, é em eventos como a Expocosmética que aproveito para fazer stock do que necessito para esta tarefa, para mim e para a minha mãe. Também na Pluricosmética, há sempre a linha Life Color Plus da Farmavita a preços muito pequeninos. Não se esqueçam, são produtos profissionais e se não sabem o que estão a fazer mais vale ficarem quietinhas e deixarem a coloração capilar para quem dela entende.
  3. Quanto mais conheço da Novex, mais gosto da marca e por isso é de aproveitar as promoções deste evento para repor alguns favoritos para o cabelo (a Blindagem Capilaraqui, a Recarga de Queratina e a Queratina Líquida) e experimentar a Blindagem Capilar com óleo de argão, que me pisca o olho há muito tempo.
  4. A Kinetics também tem o seu stand, e eu aproveito sempre para abastecer de uma base de verniz e de um topcoat que adoro: o Nano Shark (falei dele aqui) e o Kwik Kote (também está neste post).

É claro que estes são os meus básicos e acabo por comprar sempre muito mais coisas. Sei que não virei de mãos a abanar da Nativa do Brasil, da Orly ou da Andreia, ou de algum stand tipo Stargazer ou NYX (se houver!). E, meninas, anotem o que vos digo: se virem por lá a Real Natura, aproveitem os champôs, máscaras e vitaminas óptimos a preços mínimos. Eu não o faço porque encontro boas promoções da marca perto de casa, mas sou a maior fã da máscara Afro e do champô Crina (hão-de estar num dos links de posts que coloquei algures mais atrás neste artigo).

E vocês, vão à Expocosmética? Que pretendem comprar? Há algo que me recomendem trazer?

The Wet Brush #2 – The Shine Brush

wetbrush

Já vos tinha mostrado aqui, há muito tempo, que tinha encontrado a escova de cabelos dos meus sonhos. Se, tal como eu, têm o cabelo muito espesso e em quantidade abundante, preferencialmente comprido, saberão que a hora de pentear é uma odisseia. Então, se têm caracóis, o cenário ainda se complica: esta tarefa tem mesmo de ser feita no banho, porque não se penteiam cabelos encaracolados quando já estão secos (a menos que queiram assemelhar-se a vassouras. Nesse caso, pode ser!).

Fiquei tão contente com a descoberta, que para além da escova amarela ainda tenho uma roxa e uma azul, e assim as vou deixando um pouco por todo o lado. Se têm sarilhos a pentear o cabelo, ou se têm crianças, confiem: experimentem isto que não se arrependem. Quando passei no stand da Pluricosmética na última edição da In Beauty, vi que tinham uma edição limitada da Wet Brush, colorida em degradé, e que havia uma versão que nunca tinha visto: a Shine Brush. Teve de vir comigo! Percebem porquê, não percebem? Degradé roxo e rosa, maneirinha, estava em promoção, cerdas especiais de javali mongol para cumprir devidamente as suas funções… Quero. Preciso. Tenho!

O que é que há assim de tão diferente para as outras versões da Wet Brush? Na verdade, devo dizer que o que me saltou logo à vista foi o tamanho da escova. Não é minúscula como as de viagem (creio que continua a faltar uma escova com protecção para andar na mala!), mas também não é do tamanho das escovas normais. Ao que parece, as cerdas de javali nos interstícios entre os “dentes” normais da escova, ajudam a distribuir melhor os óleos naturais do cabelo e a deixá-lo mais brilhante.

Diz a marca que, para além do uso típico, também se adequa muito bem a quem usa champô seco. Tendo em conta que, assim que se fina a época balnear, prefiro alisar (ou quase) o cabelo, não necessito de o lavar com tanta frequência. Uma vez por semana chega, e se necessito de mais opto mesmo pelo champô seco. Assim sendo, também já experimentei a Wet Brush com o cabelo seco e da forma sugerida e posso dizer que se mantém com o estatuto de melhor escova de sempre, sem puxões de cabelo nem gritos.

In Beauty 2015 – O Rescaldo

Chegou ao fim mais uma edição da In Beauty, uma das feiras de beleza de grande relevo que temos no nosso país. Foram 3 dias (3 a 5 de Outubro) em que, na Meo Arena, houve muitas promoções e demonstrações de novidades no campo da estética e beleza. Na minha opinião, tem havido melhorias de ano para ano e é maior a oferta, a credibilidade deste tipo de eventos e também as boas oportunidades têm aumentado. Ainda assim, continua a ser algo muito voltado para os profissionais e com um grande foco nas unhas e no cabelo, ficando o domínio da maquilhagem na penumbra.

Já começo a ter uma ideia dos stands presentes nestas iniciativas e dos produtos que quero comprar, porque têm preços muito apelativos e compensam bastante. Quando falo (eu e outras bloggers!) em produtos que não se encontram com tanta facilidade nas grandes superfícies e perfumarias, aqui têm: na maior parte dos casos, são de lojas especializadas e estão muitas vezes presentes nas feiras (Expocosmética/InBeauty) que acontecem uma ou duas vezes por ano.

inbeauty

Posto isto, fiz a minha lista para não me perder, e a verdade é que, desta feita, acabei por nem sequer ver a feira toda. Visitei o que me interessava, cumprimentei parceiros do blog, comprei só o que queria (e o que não planeava comprar a curto prazo, mas valia a pena!) e por aí fiquei.

Queria repor o meu stock de vernizes especiais da Kinetics, mas a marca não esteve presente nesta edição. Comprei tintas de cabelo – uso as da Farmavitta, à venda na Pluricosmética, que estão sempre baratíssimas nestas feiras por aproximação do fim da validade; duas escovas de cabelo, também na Pluri; e o Tratamento Selante Pré-Escova Blindagem Capilar da Novex na banca de um dos seus clientes (ainda não usei, mas tenho ouvido maravilhas sobre ele!).

No stand da Hair & Body, havia promoções fantásticas no champô e máscara que utilizo habitualmente da Real Natura (tudo abaixo dos 5€). Contudo, não me pareceu muito sensato carregar com garrafões de 5l de champô e máscaras de 1kg, sendo que o regresso a casa ainda iria tardar e, de qualquer forma, a loja costuma ter promoções que, não sendo tão boas, também são muito jeitosas.

Vim de lá mimada com mais umas poucas coisas: à entrada, foi-me oferecido um pequeno kit com gomas (que já marcharam!), um hidratante corporal (que já ofereci) e três vernizes Inocos. A Andreia oferecia um kit com 2 vernizes da sua colecção Grey’s Attraction e três vernizes 14Ever (já os tinha, pelo que estes últimos são para vocês). A Nativa do Brasil encheu-me de mimos: um gel-duche de litro, um sabonete esfoliante, um creme para os pés e um hidratante corporal. Da Pluricosmética, ainda trouxe um montão de amostras.

No total, gastei cerca de 20€. No fim das contas, o saldo foi bastante positivo! Com calma, vou falar de tudo o que vos mostrei.

wetbrush1

Há anos que não usava uma escova de cabelo para me pentear. Quem tem cabelo forte, seco e encaracolado, especialmente se for comprido, saberá perfeitamente qual é a justificação para este facto: os puxões de cabelo são sempre tantos, que o melhor é mesmo encontrar rituais alternativos. Pessoalmente, dava preferência a pentes de dentes largos durante ou logo após o duche, com o cabelo molhado. Quem disser que pentear os cabelos molhados faz mal é porque não tem caracóis, de certeza, e porque não conhece…

… A Wet Brush! Dentro da panóplia de escovas que têm aparecido no mercado ultimamente com promessas milagrosas de cabelos penteados sem sofrimento, estava curiosa com a Wet Brush desde que chegou a Portugal. Não fui a correr comprá-la porque tive desilusões com outras escovinhas de dentes pequeninos que muita gente adora e o preço não era assim tão convidativo. Trouxe-a comigo há menos de uma semana porque no stand da Pluricosmética, na In Beauty, custava 3,99€ e, assim, mesmo que não gostasse dela o prejuízo não seria grande. Mal sabia eu que esta é A Escova. A única, ideal e perfeita para cabelos complicados como o meu.

Aparentemente, não tem nada de especial que a distinga das outras escovas. Mas, minhas amigas e meus amigos, desenganem-se, que esta não é uma escova normal. Segundo os criadores da escova, as cerdas têm uma formulação exclusiva e patenteada denominada IntelliFlex. Basicamente, são cerdas finas, muito flexíveis mas também muito fortes, que têm a capacidade de ser muito flexíveis numa primeira passagem e, na seguinte, serem firmes. Na prática, o cabelo fica desembaraçado muito facilmente e sem puxões. O melhor é que o uso ideal desta escova é feito no cabelo ainda molhado (e assim não há caracóis desfeitos!), embora para mim também seja perfeita quando utilizada no cabelo seco (quando o aliso, ou ao natural quando quero fazer algum tipo de apanhado).

Esqueçam os receios: esta escova é muito resistente, e consta que as cerdas não ficam deformadas. Ao invés de outras escovas semelhantes, a Wet Brush não nos deixa com ar de quem meteu os dedos numa tomada eléctrica, de cabelos em pé com a electricidade estática.

Creio que existe outro grupo de pessoas que iria beneficiar imenso se conhecesse a Wet Brush: as crianças! Eu lembro-me bem das torturas que sofria cada vez que a minha mãe me penteava. Fiquei mesmo maravilhada com a descoberta desta escova e só me arrependo de não ter comprado mais para ter em diversos locais e para oferecer a algumas pessoas.