Etiqueta: Ténis

Novas Sapatilhas – Ajuda!

sapatilhas ténis converse all star vans outono inverno novidades spartoo

Converse All Star ou Vans?

Eu que até nem gostava de calçado desportivo, tenho-me servido dele muito mais do que seria desejável.

Prefiro calçado mais clássico e feminino – vocês sabem, mas tenho de reconhecer que no meu dia-a-dia é muito mais prático usar calçado confortável e à prova de tudo. Especialmente quando tenho uma filha mimocas de 1 ano que ainda precisa de muito colo.

Habitualmente, costumo abstrair-me do que os outros dizem ou pensam sobre o que está ou não na moda e o que devemos utilizar. Nesta situação, até agradeço por aquilo a que chamo uma democratização do calçado desportivo.

Nem tanto ao mar nem tanto à terra, que o desleixo nunca favoreceu ninguém, mas os tempos que correm têm-nos ensinado que é possível vestirmo-nos bem e ter um aspecto cuidado mesmo quando calçamos ténis. Mesmo que o nosso estilo não seja, por predefinição, aquele em que mais impera a roupa relaxada, como costumo chamar-lhe.

Nesta demanda pelo vestir e calçar bem sem perder o conforto, constatei as sapatilhas de meia-estação (lonas, leia-se) estão mais que impróprias para consumo e têm de ser substituídas.

Não há orçamento para muito neste momento, pelo que estou indecisa (caso pudesse, vinha um par de cada com modelos completamente diferentes) entre os clássicos que mencionei acima.

Mais: com ou sem cano?

Sapatilhas na berlinda – Puma

puma basket heart sapatilhas ténis moda trend trendy outfit lotd ootd look do dia ideias

Correndo o risco de me tornar repetitiva, tenho a dizer que não sou menina de calçado desportivo.

Ou, melhor, não era. Nos últimos anos, parece que as marcas constataram que havia toda uma multidão feminina à espera que as malfadadas sapatilhas se tornassem bonitas.

Porque de nada serve o conforto se depois os ténis não condizem com o resto da indumentária!

Ora recuperaram modelitos giros mas que andavam esquecidos, inventaram novidades que nos deixaram doidas e rendidas à cena dos sapatos de correr, enfim…

Que levante a mão quem não acha piada nenhuma a um par que seja destas sapatilhas trendy a que me refiro.

Se, por um lado, os especialistas têm tido a decência e atenção de lançar modelos mais femininos e apelativos, que possam ser calçados no dia-a-dia sem parecer que vamos para um ginásio, o facto de ter havido uma clara adesão a este movimento democratizou a utilização dos ténis.

puma basket heart

Por mim falo: dou por mim a calçá-los mais vezes do que algum dia imaginei e em todas as colecções tenho visto novidades que me deixam a cobiçar mais um par.

Desta feita, são os novos Basket Heart da Puma.

Não são novidade, por si só. Nem sequer são nada assim de tão novo e espantoso, não fossem os atacadores largos de cetim em laçarote fazer a diferença. Nada que eu não fizesse já com outros ténis, botas e galochas.

Mas, oooooh, vejam as cores novas em camurça! Nem sei de quais gosto mais. Por mim, vinham os cinza, mas também vinham os rosa!

Exagero da minha parte ou por aí também gostam dos Basket Heart? Investimos nos laçarotes ou em pompons de peluche, como já se tem visto por aí? Contem-me de vossa justiça.

Tal filha, tal mãe.

pink adidas stan smith rosa

Perdoem-me se pouco escrevo e, quando escrevo, só falo da maternidade.

É que isto de ter filhos é um mundo novo (ai, mais clichés!). Sem dar por ela, tudo se transforma num mar de bebés, coisas de bebés e experiências relacionadas com ser mãe.

Sempre quis ter uma menina.

Sempre disse que, quando fosse mãe, gostava de ter uma menina. O sexo não é, de todo, o mais importante quando pensamos nos filhos. Queremos que sejam saudáveis e lindos.

O resto vem por acréscimo, mas eu gostava de ter alguém a quem passar todo o meu espólio de brinquedos, roupas e acessórios. Tal e qual como fizeram comigo. Vou deixar para outro dia as trapalhadas que a Teresa já herdou mesmo sem ter noção, ainda.

Ter meninas significa que o universo das roupas e vaidosices é infinito e tem muito mais piada.

Vejam bem, estou aqui mortinha para encher a Teresa de laçarotes, mas quis o destino que me calhasse na rifa uma carequinha. Lá chegaremos.

Eu já tinha consciência de que as secções infantis das lojas do costume tinham roupas muito giras e que, por vezes, nos servem.

Não é novidade, que já vos tenho dito ocasionalmente, que compro muitas coisas destinadas aos mais pequerruchos. Agora, tenho a desculpa ideal. Será que o matchy matchy é uma coisa pirosa de mais?

De vez em quando, parece-me que pode ser muito giro vestirmo-nos a condizer com as pessoas pequeninas. Ou vesti-las como nós!

Tal filha, tal mãe.

Já tenho estudado umas quantas hipóteses destas combinações de que falo. Se há coisa com que me entusiasmo, é com o vestuário da donzela.

Eu até posso andar cansada e com roupa desinteressante, mas ela está sempre feita bonequinha. Quando me aperalto, ainda mais bonequinha ela anda. Por isso mesmo, gostava muito que combinássemos no que vestimos.

Quando a Teresa nasceu, a tia Rita ofereceu-lhe uns Adidas Stan Smith brancos com a parte de trás cor de rosa.

Estou seriamente a ponderar comprar uns para mim. O Luís diz que também quer uns para ele.

Acho que é esta a primeira peça que podemos ter (até o papá alinha!) iguais uma à outra e deixa-me entusiasmada quanto ao que o futuro nos reserva.

Afinal, partilhar estes detalhes também faz parte da cumplicidade que existe na relação mãe-filha!

Pés de Balão

Ora, contei-vos que estava a conseguir controlar bem o edema dos membros inferiores, não foi?

Partilhei um montão de dicas preciosas sobre o assunto e até vos falei das meias que tenho utilizado e que se revelam muito eficazes.

Edema Pés gravidez inchaço

Imaginem, então, se não tivesse o menor cuidado. A rondar os 8 meses de gestação, posso dizer que ostento umas belíssimas paiolas no lugar dos pés.

Diziam vocês, grávidas e mães de serviço, que a coisa só se tolera com chinelos Havaianas? Balelas, não tenho outra forma de vos responder. São do mais desconfortável que se pode calçar nesta fase, por serem tão rasos.

Só estou bem com uns ténis Adidas Zx Flux que comprei há uns meses, mas não posso calçar sempre a mesma coisa e muito menos passar estes dias escaldantes com os pés fechados.

Tinha esperança que os meus pés aumentassem, efectivamente, um tamanho.

Aliás, tenho sido salva por modelitos no tamanho acima do habitual que tinha na colecção (com palmilhas ou porque sim, mesmo não calçando), que continuam a ser compridos de mais.

Tenho pés maiores, sim, mas só para cima e para os lados! Ao ponto de, adivinhem – algumas das minhas Havaianas nem sequer servirem!

Impera o desespero e o desconforto, e seja o que Deus quiser durante o próximo mês. Já falta pouco, é o que vale.

Slip-ons Victoria

No ano passado, publiquei este post onde pedi a vossa ajuda para escolher umas sapatilhas slip-on da Victoria.

Na altura, não foi assim tão complicado decidir. Não havia um grande leque de opções e, a dado momento, as de glitter prateado já não estavam disponíveis no meu tamanho.

Slip On Victoria shoes ténis sapatilhas zapatos moda fashion ootd lotd look do dia trendy trends
Slip-ons em trança: os dourados já existiam, os restantes são novidade. Adoro os acobreados!

Optei pelas de malha dourada, sem arrependimentos. Ficaram muito bem nos meus pés, o número corresponde ao habitual, e são confortáveis e resistentes.

Este ano, sei que vou continuar a utilizá-las. Nem que tenha de utilizar uma palmilha de reforço no calcanhar, já que são completamente rasas (o que, neste momento de barriga gigante, se torna desconfortável).

Slip On Victoria shoes ténis sapatilhas zapatos moda fashion ootd lotd look do dia trendy trends glitter
Slip-ons com glitter: os pretos, aiii os pretos!

Sucede que a nova colecção da Victoria está de sonho e eu, mesmo não sendo fã de calçado mais descontraído e desportivo, derreto-me e quero tudo.

Para além do entrançado dourado, há mais três cores. Todas têm acabamento metalizado. Quero muito as sapatilhas acobreadas, mas também adoro as pretas.

Na versão com glitter, há as pretas e as prateadas. Também são tão fofinhas!

Já tenho umas sapatilhas da mesma marca com purpurinas pretas, mas não me importava de ter estas (a sola e o modelo são diferentes!) para lhes fazerem companhia.

Estou a ponderar comprar um par, mas não sei qual deles escolher. Socorro!

Victoria, Victoria

ténis victoria shoes zapatos spartoo moda lotd ootd look do dia sapatilhas

Não se acaba a história porque ainda mal começou.

Sendo eu uma pessoa que não nutre especial carinho por ténis e sapatilhas, sempre consegui tolerar modelos mais ligeirinhos e versáteis, compatíveis com o meu vestuário diário.

Há sempre muitas cores bonitas para escolher, mas opto sempre pelas mais básicas porque, na verdade, eu gosto mesmo é de modelos incomuns e à falta deles prefiro jogar pelo seguro.

Gosto da espanhola Victoria, que é barata e a qualidade não desilude, e apesar de até ter uns dunks super coloridos da marca, o modelo tradicional era dos tais mais básicos.

Sempre em lona, de cores lisas e sola branca.

De há uns tempos para cá, finalmente, há novidades nas cores e materiais e eu já conto com alguns modelitos na minha colecção.

Fui espreitar o que há actualmente (com os saldos no ar, quem é que não aproveitou para procurar itens da wishlist?) e se, por um lado, em três pares gasto o mesmo que gastaria nuns ténis semelhantes de outras marcas, por outro não há justificação para comprar três pares de ténis de uma só vez.

Por isso, estou aqui com as minhas indecisões.

Qual é o modelo que mais vos agrada da imagem acima?

Sanjo Invernais

ténis sapatilhas sanjo made in portugal moda look do dia outfit trendy ootd

2013 está a ser um ano em que muito se fala de ténis e sapatilhas neste blog.

Verdade seja dita, há muitos anos que não reconhecia o devido mérito a alguns ténis confortáveis mas elegantes o suficiente para poderem ser calçados no dia-a-dia sem grandes dramas.

Aliás, confesso sem medo que dos poucos ténis que fui tendo, os Sanjo são dos que sobrevivem na minha sapateira até hoje e aos quais me mantenho fiel.

Atendem aos meus pré-requisitos de elegância, sendo que o modelo clássico é discreto qb e facílimo de incorporar em muitos dos conjuntos de roupa que visto em dias de grande movimento (quem anda a pé e de transportes por Lisboa, sabe do que falo), para além de serem um produto nacional.

Orgulho-me, inclusivamente, de ser a feliz proprietária de um par de Sanjo pechincha, de antes da época da falência da marca, comprados a 5€ numa pequena sapataria. Outros tempos, outros tempos…

ténis sapatilhas sanjo made in portugal moda look do dia outfit trendy ootd

Felizmente, a marca conseguiu regressar e actualmente até a fábrica já é nacional.

É motivo de grande orgulho. E mais, desengane-se quem pense que só há Sanjo de lona, desadequados para o Inverno.

Aliás, se não houver chuva, dá perfeitamente para calçar os Sanjo do costume, só que não são tão quentinhos.

Apesar disso, a marca quis calçar toda a gente tanto no Verão como no Inverno, e neste momento já chegou às lojas (se não encontrarem lojas físicas, podem sempre experimentar a Sanjo online) uma colecção de ténis à maneira de imitação de couro e camurça, alguns deles com lã no forro. 

ténis sapatilhas sanjo made in portugal moda look do dia outfit trendy ootd

Não sei como é quanto a vocês, mas eu quero uns só para mim. Estás a ouvir, Pai Natal? Queremos Sanjo à medida do Inverno!

ténis sapatilhas sanjo made in portugal moda look do dia outfit trendy ootd

Ténis – Sim ou Sopas?

ténis sapatilhas new balance vestido saia moda ootd tendências trendy look do dia

De repente, parece que um dos meus maiores pesadelos se tornou realidade: anda tudo a sair à rua de roupa “normal”, compostinha, vá, mas estraga-se tudo quando os meus olhos se fixam nos pés das donzelas.

Porquê? Porquê? Que raio deu na veneta das pessoas para desatar tudo a calçar ténis desportivos com roupa do dia-a-dia, por vezes vestidos e até conjuntos mais clássicos?

Cá para mim, até aos dias que correm, este fenómeno era sinal de desleixo.

Sucede que alguma desleixada deve ter exercido influência sobre o resto da malta e, pimbas, agora anda toda a gente produzida, mas de ténis.

Respeito totalmente quem gosta desta “novidade”, mas eu passo. Para mim, isto é um caldeirão de sopa. De tomate, daquela nojentinha que eu não gosto de maneira nenhuma.

Com tantos sapatos bonitos, delicados e femininos, tão ou mais confortáveis, e esta gente a calçar ténis e sapatilhas (muito bonitos, mas out of context) daquelas que eu só uso para ir fazer exercício e mesmo assim faço figas para que ninguém veja.

Ténis há muitos, e não tenho problemas nenhuns em calçar alguns modelos (com conta, peso e medida) no dia-a-dia. Contudo, calçar modelos mais desportivos seria descontextualizado, tanto como andar de chinelos na neve.

E vocês, que acham desta “moda”? Sim ou sopas? Contem-me tudo!

Amiga da onça

converse all star leopardo oncinha cano alto animal print chuck taylor

Saiam uns destes para a Guida, por favor!

É a tal história de andar a bisbilhotar ténis e sapatilhas porque se têm revelado bastante práticos no meu dia-a-dia num determinado contexto.

Não gosto de coisas quadradonas e sem piada nenhuma.

Também não sou grande fã de padrões mega pirosos, não gosto de animalices em excesso nem das modas das marias do povo. Ainda assim, há maneiras e maneiras de interpretar toda e qualquer tendência.

Como é que eu poderia resistir a tanta fofinhice num só par de ténis?

Ainda por cima, são All Star. Não gosto de calçado que me faça parecer o Big Foot, mas por vezes também tenho complexos com sapatos que fazem os meus pés parecerem ainda mais pequenos do que são na realidade.

Os modelos que já experimentei da Converse são um espectáculo para fazer os meus pés parecerem ligeiramente maiores, com tamanho de pés de gente.

Também já tenho visto modelos às bolinhas, com outros padrões, acetinados, com purpurinas, com outros bichos, de todas as cores.

A indecisão é sempre a mesma, como sabem, e estes Converse com padrão de leopardo foram uma espécie de amor à primeira vista. “É isto mesmo!”,  e ainda por cima existem no meu tamanho. Há como deixá-los fugir?

Sapatilhas Novas – Fred Perry

sapatilhas ténis fred perry spartoo

Já se sabe que tenho aversão a calçado desportivo.

A última vez que vos dei conhecimento deste meu problema foi há pouco mais de um mês: tinha de comprar umas sapatilhas, mas não conseguia decidir-me por modelo nenhum.

Na verdade, dentro do que vi e até nem desgostei, nada enchia totalmente as minhas medidas. Mais tarde, fiquei a matutar em tudo o que era Converse, Keds e Vans.

Ainda assim, não estava totalmente satisfeita e preferi esperar.

Lá no fundo, queria mesmo era umas sapatilhas Fred Perry mas tenho sempre uma dificuldade enorme em encontrar calçado (e com o vestuário ainda é pior) de senhora desta marca.

É algo que não consigo entender, dado que a Fred Perry tem peças giríssimas.

Há dois dias, estava a dar uma vista de olhos no Spartoo com a intenção de colocar um ponto final nesta novela, mas continuava insatisfeita porque o que estava disponível no meu número não era totalmente do meu agrado.

E eis que esbarro com alguns modelos da Fred Perry. Até saltei da cadeira! Há cerca de um ano, o Spartoo teve Fred Perry mas ficou logo tudo esgotado e os stocks não foram repostos.

Procurei todos os modelos disponíveis da marca e descobri que havia uns quantos do meu agrado. Resolvi logo o meu dilema: encomendei um par igual ao da fotografia, mas que entretanto já não está disponível no site.

Sou uma sortuda!

Sim, andava a querer fugir ao preto, mas não resisti. No mês que vem, se ainda houver algo, encomendo uns em lona de outra cor qualquer.

Afinal, a minha espera compensou! Não podia estar mais contente. Assim, gastei mais do que esperava mas fiquei satisfeita a 100%.