Etiqueta: Rímel

Mark by Avon

mark avon

Na semana passada, tive o privilégio de comparecer na apresentação da linha Mark da Avon, acabadinha de chegar ao nosso país.

Em jeito de lembrete, em tempos fui revendedora e, mais importante ainda, ávida consumidora da marca. Gostava de estar a par de todas as novidades e experimentar tudo o que podia. Acredito que se queremos vender um produto, temos de o conhecer bem de antemão. Não iria ficar muito contente se uma das minhas clientes comprasse algo que, no fim, a deixasse desapontada!

Para além do que surgia por cá, gostava de bisbilhotar o que existia no estrangeiro e babava com os lançamentos da tal linha Mark (que já existe há quinhentos mil anos noutros países). Imaginem o meu entusiasmo agora!

mark avon

Ainda não tive a oportunidade de testar muitos produtos, mas estou ansiosa e espero que tragam para Portugal boas novidades. Do que vi, fiquei contente com algumas coisas, mas não posso deixar de referir que fiquei decepcionada quando descobri que, afinal, alguns itens já existiam e apenas passaram por uma mudanças de imagem. E se, indiscutivelmente, alguns deles eram muito bons, outros deixam a desejar e mais valia terem desaparecido dos catálogos.

Gostava que esta novidade fosse mesmo, mesmo nova, até porque quem não se actualiza devidamente corre o risco de perder terreno. Num mercado onde cada vez há mais opções de boa qualidade a baixos preços em lojas físicas, é pena que algumas marcas de venda directa por catálogo não invistam em melhorar. Digo-vos isto sem qualquer intenção de parecer ingrata, já que sabem perfeitamente que sou cliente (e hei-de continuar a ser) da Avon há séculos.

mark avon

Resta-me tecer comentários relativamente ao que me passou pelas mãos, a ver se ajudo alguém nas compras:

  • Invistam nos batons (falei deles aqui – esta cor até existe na nova linha, aqui e aqui); máscara; verniz; lápis de olhos em gel (são dos meus preferidos e já os mostrei neste post).
  • Desistam dos lápis de olhos clássicos, aqueles que têm uma esponjinha no terminal, são muito rijos e pouco pigmentados; das sombras em creme, que também são rijas, pouco pigmentadas e não ficam homogéneas na pele.

Naturais mas Vistosas #2

No início do ano, contei-vos que fiz uma permanente de pestanas, seguida da aplicação de uma máscara de longa duração. Ficou tudo explicadinho aqui neste post. Fiz estes tratamentos de beleza no gabinete de estética Célia Godoy, em Odivelas, pertinho do metro.

Eu e a Célia no gabinete de estética.
Eu e a Célia no gabinete de estética.

Faço vários procedimentos lá, e desta feita foi a vez de experimentar algo semelhante ao que acabei de referir: fiz uma permanente de pestanas, só que agora apostámos em fazer uma tintura. Novamente, o objectivo é ter pestanas super curvadas, negras e vistosas por muito tempo.

Não é obrigatório realizar os dois procedimentos e há quem faça só a permanente. Os resultados duram cerca de dois meses. Pela minha experiência do início do ano, dura quase três meses. A tintura não deverá durar mais de duas semanas, e nas minhas pestanas que já são naturalmente muito escuras, não acresce grande diferença. Contudo, para quem tem pêlos muito clarinhos, pode fazer toda a diferença e poupar-vos a utilização de máscara por algum tempo.

Antes e depois. Como resultado, as pestanas estão muito mais curvadas e com uma coloração mais intensa.
Antes e depois. Como resultado, as pestanas estão muito mais curvadas e com uma coloração mais intensa.

Os procedimentos são indolores e demoram cerca de 2h, no total, a serem realizados. Alguns dos produtos que compõem o processo são demasiado fluidos e podem causar algum desconforto, mas é temporário e remediado de imediato, para além de que, no final, os nossos olhos são bem lavados com soro fisiológico.

Mais uma vez, fiquei satisfeitíssima com a permanente de pestanas. Os cuidados a ter são muito básicos: não esfregar, evitar água quente e manter a região periocular hidratada.

Até ao final do mês de Setembro, todos os procedimentos estão com 30% de desconto. O valor da permanente é de 20€ e a tintura sai por 15€. Fazendo as contas, fica mesmo baratinho se lhe aplicarem o desconto em cima. Por isso, já sabem: aproveitem!

Kit de Maquilhagem para Iniciantes

Mulheres no WC do Alfred Eisenstaedt Stork Club (1944)
Mulheres no WC do Alfred Eisenstaedt Stork Club (1944)

Fui desafiada pelo Clube de Bloggers Artistry a partilhar convosco as minhas ideias sobre a constituição de um kit de maquilhagem para quem é nov@ nestas andanças e não sabe muito sobre o assunto. Parece mentira, mas nunca me pronunciei sobre este assunto aqui no blog!

Não é propositado, mas acabo sempre por falar de milhentos produtos e nomes estranhos, e esqueço-me que há muito boa gente que não percebe patavina do que digo e que gostava de ler uns posts sobre as bases e os básicos. Prometo que vou tentar resolver essa falha!

Para começar, e aproveitando a deixa do clube, vamos começar pelo que considero essencial para quem está a começar a aventurar-se no mundo da maquilhagem. Não se esqueçam que a prática leva à perfeição, e que quando não vos agradar o resultado das vossas experiências… É só limpar com desmaquilhante!

Para começar, é muito importante ter uma boa “tela” para trabalharmos. Não adianta de nada aplicar sombras e batons bonitos se a nossa pele parece um pequeno desastre. As coberturas e formatos dependem do gosto de cada pessoa, mas a utilização de base ou hidratante com cor é de extrema importância, na minha opinião. Há delas nos mais variados formatos, uma das minhas preferidas é mesmo da Artistry, em pó, e já falei dela aqui.

IMG_2947

Aconselho também a utilização de um , caso necessitem, e de um corrector. Há quem não utilize base e corrija apenas as imperfeições com um corrector.

O blush é essencial, já que nos ajuda a ter um ar mais saudável (não se esqueçam que ficámos com a pele super uniforme quando utilizámos base!). Sugiro tons de rosa ou pêssego, naturais, que lembrem a cor que surge quando coramos naturalmente.

Sou suspeita, mas aposto que é consensual que um eyeliner preto é dos artigos que não pode faltar nunca. Hoje em dia, já há alguns em lápis com texturas muito boas e que podem ser utilizados sem grande dificuldade.

A máscara (rímel!) é do mais básico dentro do mais básico: abre o olhar instantaneamente! Eu não vivo sem ela. Há delas de todas as espécies, eu considero que uma boa máscara preta, de volume, serve para tudo.

Ultimamente, tem-se dado muita importância às sobrancelhas e creio que é unânime que, no mínimo, um gel transparente deve ser utilizado.

Por fim, cores. Sei que pode ser muito tentador adquirir sombras e batons de todas as cores e mais algumas, mas será que vão sentir-se à vontade para as utilizar inicialmente? Sugiro uma paletazinha de sombras de cores neutras. No que toca aos batons, um de cor neutra, próxima da tonalidade dos vossos lábios (ou gloss, se preferirem), e um tom mais garrido como vermelho ou rosa choque. Experimentem nas lojas, peçam amostras se for possível. Não descartem uma “cor” à partida porque não vos ficou bem, porque existem imensos subtons e acabamentos, e algum poderá ser o vosso batom de sonho!

Sugiro que, por agora, não se preocupem muito com os pincéis. Desde que tenham um redondo, grande e fofo que vos ajude com o pó e com o blush, para já, chega perfeitamente. Se quiserem bisbilhotar qualquer coisa sobre o assunto, podem fazê-lo aqui.

Espero que este post tenha sido útil. Atenção, que estas são as minhas sugestões para quem não pesca mesmo nada do assunto, em meia dúzia de linhas. Se tiverem alguma dúvida, estou ao vosso dispor para ajudar!

Maquilhagem Cien

No passado sábado, tive o privilégio de conhecer em primeira mão uma edição limitada da marca Cien, composta por vários itens de maquilhagem e vernizes, que estará disponível nos supermercados Lidl de todo o país a partir de dia 5 de Fevereiro (quinta-feira).

Lidl_WorkshopMaquilhagemCien-156

Nada melhor para conhecer os produtos do que brincar com eles, pelo que a manhã foi passada em grupo, num workshop de automaquilhagem com a maquilhadora Maria João Teixeira. Pode parecer estranho, tendo em conta que estavam presentes algumas bloggers destes assuntos da beleza, mas há sempre ideias para trocar e coisas novas para aprender, não é verdade?

cien3

cien2

cien4

cien1

Fiquei bastante bem impressionada com os produtos e considero que a relação qualidade/preço é óptima, já que cada item irá custar 1.99€. Os produtos não decepcionam, de todo, e dou destaque às sombras, que têm óptima textura e são super pigmentadas, e aos batons, que são cremosos na medida certa, hidratantes, e (no geral) bastante pigmentados. Esta colecção será composta por:

  • 8 Vernizes – Com e sem cintilâncias, discretos, mais coloridos… Há para todos os gostos! Dou destaque ao Neon Coral e ao Pastel Green.
  • 4 Sombras – a champagne e a cor de rosa são cintilantes, a castanha acetinada e a cinzenta-azulada é mate.
  • 8 Batons – existe um rosinha cintilante (Floral Pink), mas os restantes são desprovidos de brilhos; o roxo e o bordeaux não são super, super pigmentados. Pessoalmente, adorei o Neon Coral, Matt Rose, o Natural Kiss e o Red Roses.
  • 8 Glosses – Existe apenas um sem cintilâncias, nude (Nude Lips). Todos são bem pigmentados e hidratantes. Não são excessivamente pegajosos. As minhas preferências recaem nas cores Nude Lips, Creamy Raspberry e Diamond Rose (este último tem brilhinhos lindos!).
  • 2 Máscaras de pestanas – Ambas pretas, uma à prova d’água e outra “normal”, com efeito de volume. Só experimentei a segunda e o que posso dizer já é que não forma grumos, não empasta as pestanas e não esborrata ao longo do dia. Para além disso, sai facilmente com qualquer desmaquilhante.

Lidl_WorkshopMaquilhagemCien-57

Já ouvi dizer que nalguns Lidls esta colecção já esteve disponível. Eu nunca a tinha visto e a informação que tenho é a que partilhei no início do post. Por isso, se quiserem algum destes produtos corram, que já sabem que quando há estas edições limitadas, a estes preços, tudo voa!

cieninsta

Trio Maravilha

Há uns dias, a Ana do Mais Feminices desafiou-me a mostrar três produtos essenciais na minha necessaire, a propósito do terceiro aniversário do blog. O convite estendeu-se a mais bloggers, pelo que se passarem por lá verão como tem estado a correr o desafio.

necessairemf

Para mim, é canjinha: a minha necessaire resume-se mesmo a três produtos que, por norma, são aplicados no autocarro a caminho do local de estágio. Dêem o desconto, às sete da manhã já estou fora de casa e se posso tratar da beleza no caminho, para quê sair mais cedo da cama?

São três produtos que me ajudam a não parecer um bicho: máscara (They’re Real, Benefit), blush (Luminizing Satin Face Color OR308-Starfish, Shiseido) e bálsamo labial (Soin des Lèvres, Caudalíe). O resto são detalhes. Não devo utilizar cores txanã, pelo que na melhor das hipóteses sou capaz de escolher quase aleatoriamente um batom discreto, consoante o humor matinal.

E vocês, que itens de maquilhagem essenciais trazem na vossa bolsa?

Naturais mas Vistosas

No mês passado, a convite da Célia, fui experimentar um tratamento de beleza. Melhor, dois tratamentos de uma só vez! Fiz uma permanente de pestanas, seguida da aplicação de uma máscara de longa duração.

O objectivo era obter pestanas super curvadas, negras e vistosas por um grande período de tempo. Poderia ter feito apenas um dos dois procedimentos. Há muitas mulheres que fazem só a permanente, com bons resultados, que duram até 2 meses. Contudo, a máscara de longa duração é tão natural que não tem o seu devido destaque sem a curvatura. Para além disso, dura até 3 semanas.

pestanas1

Ambos os procedimentos são indolores e demoram cerca de 2h, no total, a serem realizados. Posso afirmar que fiquei satisfeitíssima com a permanente de pestanas, cujos resultados ainda são visíveis, mas a máscara de longa duração já tinha desaparecido ao final de duas semanas.

pestanas2

Os cuidados a ter são semelhantes aos necessários com extensões de pestanas: não esfregar, evitar água quente e produtos oleosos na região periocular.

Diria que são procedimentos que se adequam a quem não quer perder tempo de manhã com o curvador de pestanas e máscara mas, ainda assim, gosta de ter as pestanas vistosas de uma forma natural; ou, então, a quem tem as pestanas clarinhas e quase invisíveis.

Aproveitem o início de 2015 para se mimarem com tratamentos destes no gabinete da Célia Godoy, bem pertinho do metro de Odivelas!

Sai, sai da minha vida!

rimeis

Sai, que não quero choraaar! Bom, já que há tantas leitoras (do meu blog e dos outros) que refilam porque as autoras só dizem bem de todos os produtos, siga avante o que se espera que seja um conjunto de postagens regulares (ou não, que é mau sinal quando há pretexto para este tipo de post). Não tenho quaisquer problemas em dar a minha opinião mesmo quando é negativa, mas no mundo da beleza é tudo relativo e o que pode ser mau para uma pessoa, pode não ser para outra.

Adiante com a conversa, decidi começar por mostrar algumas máscaras de pestanas que são um autêntico pesadelo. Vejam bem, algumas já deviam ter sido despejadas cá de casa, mas ficaram guardadas justamente para não me esquecer de falar delas. Sou mesmo ruim! Não compreendo como é que, hoje em dia, ainda se fazem máscaras de pestanas que são um fiasco. A sério! Não deve ser um produto difícil de conceber, pelo menos há marcas low cost com opções fantásticas e depois deparamo-nos com pérolas destas. E, minhas amigas, dentro do low cost a L’Oréal e a Prestige estão longe de ser as marcas mais amigas do bolso.

Siga a festa, passemos às breves considerações (e mais que isso seria desnecessário) sobre estas quatro máscaras de ir às lágrimas. Literalmente. Nem fale a pena fotografar as escovas (apanham-nas no Google com toda a certeza), nem o efeito tampouco, que não estou para me submeter a torturas novamente.

A Define Fx Mascara da Beauty UK é a pior deste grupo. Que desilusão! Eu era fã da versão mais antiga da máscara da marca, e esperava que qualquer mudança só pudesse trazer melhorias. Mentira. Não alonga as pestanas, não lhes confere volume, não as deixa mais curvadas, nem mais pretas… E não sou a única a constatar estes factos. E o pior é que faz arder os olhos, por muito tempo. Pelo menos a mim. Apostem noutras máscaras da Beauty UK, mas fujam desta.

De seguida, o elemento mais recente desta colecção, a Mega Volume Miss Manga da L’Oréal Paris. Não sei como é que conceberam um desastre destes. Esta máscara está a ser muito badalada porque tem uma escova que se assemelha a outras que são óptimas, de marcas de luxo, e para além disso é flexível. Tudo isto soa a perfeição, só que na prática não funciona. A L’Oréal Paris tem máscaras óptimas, já há muito tempo que é assim. Fiquei super entusiasmada quando recebi esta nova para experimentar. Então, a fórmula é pegajosa de mais. Demora imenso a secar e deixa as pestanas todas coladas umas às outras. Uma nhanha. Fica tudo sem jeito, sem grande volume ou alongamento, a parecer as patas de um aranhiço. Suspeito que parte do problema se deve à tal escova inovadora flexível, que no fim das contas não mantém o ângulo da dobra e acaba por não permanecer fixa e estável. Um desastre!

No que concerne à Long Care Mascara da Prestige, não há grande coisa a dizer. Não. Não faz muito pelo alongamento das pestanas, e tem algo que abomino nas máscaras e que já não me acontecia há anos: esfarela e esborrata ao longo do dia. Esta máscara já cá mora há muito tempo, mas não a podia mandar embora sem vos mostrar a bandida.

Por último, temos a Colossal Look Felino da Maybelline. Idem aspas, cá está uma marca da qual digo o mesmo que da L’Oréal Paris. Tanta máscara boa, para quê isto? Já se devem ter fartado de ver a escova nos anúncios, há uns tempos, e eu esperei sinceramente que esta máscara desaparecesse mas ainda a vejo nas prateleiras. Look felino? Só se for dum gatinho sem pestanas. É fluida de mais e não confere grande coisa de volume nem de alongamento.

Por ora é isto. Numa gaveta cheia de máscaras, ter quatro que não correspondem aos meus padrões mínimos de qualidade nem é muito mau. E vocês, que máscaras abominam?

DSCN7672

Decidi começar 2014 com um olhar diferente, e por isso na passada sexta-feira fui visitar o recém-inaugurado salão de estética Célia Godoy no Centro Comercial Quinta Nova (pertíssimo do metro de Odivelas), loja nº15. O sítio é discreto, resguardado, mas muito fácil de localizar e bastante acessível mesmo para quem vem de Lisboa.

DSCN7649

A Célia é muito competente e polivalente, é maquilhadora profissional com habilitação para dar formação, sendo que tem muita experiência (e competências) numa panóplia de outros serviços como as massagens de relaxamento, limpeza de pele, pintura de sobrancelhas, de pestanas, e também permanente e extensão destas últimas.

Já a conheço há muito tempo, sou fã do seu trabalho e mesmo quando ela precisa de modelos para as suas formandas eu não tenho quaisquer problemas em voluntariar-me porque sei que nada dará errado com a Célia por perto. Foi o que aconteceu há um ano, quando experimentei pela primeira vez a extensão de pestanas, experiência da qual falei aqui. Desta vez, fiz extensão de pestanas com pêlos de seda.

pestanasantes

Não sendo uma formação, a aplicação demorou cerca de duas horas e o tempo passou a voar porque a Célia tem muita experiência no procedimento. Garanto-vos que a aplicação das extensões não dói, de tal forma que até dormi. Comparativamente ao que me lembro da extensão de pestanas de há um ano (que foi com pêlos sintéticos), os pêlos de seda parecem muito mais naturais não só à vista como ao toque. A extensão não é desconfortável, de todo.

Agora, só tenho de preocupar-me com a manutenção daqui por cerca de 3 a 4 semanas. Os cuidados a ter são muito simples: basta pentear as pestanas com uma escova semelhante à das máscaras e não posso usar desmaquilhantes com óleo. Se me apetecer, posso aplicar máscara, mas não creio que seja necessário, de todo.

pestanasdepois

So far, so good: estou muito satisfeita com o meu pestanão e a verdade é que tem feito sucesso por onde passo!

5c78aae8749811e3914a0e4181867fcb_8

Tintas de Férias

feriasmake

Já que a Ana Rita mencionou o amigo que diz que temos blogs de tintas (o que o torna algo famoso, ainda que no anonimato), não podia ter escolhido outro título para este post.

Tinha prometido mostrar a maquilhagem que tenho usado (ainda que raramente) em tempo de férias. Trouxe muitas coisas e acabo por só usar o que está na imagem. Não se assustem, não é quase nada comparado com o que trouxe. Se pensarmos que 60% do que está na fotografia são batons, dá mesmo para compreender que em tempo de férias querem-se produtos simples de utilizar, só mesmo para completar o bronze ganho na praia.

Na pele, tenho utilizado o Fotoprotector ISDIN FPS 50 durante o dia. É um gel protector solar com cor que estou a adorar e do qual falarei em breve. Na maior parte dos dias, este é o único produto que uso que tem o seu quê de maquilhagem.

Quando saio à rua mais tarde, apesar de não ter grandes razões de queixa da minha pele, opto pelo hidratante com cor Moisture Surge da Clinique. Se desejarem, também posso falar dele mais detalhadamente. Uso também o meu Terracotta (falei dele aqui há muito pouco tempo). Como blush, aplico o Gel Iluminador Surfside Breeze da colecção Make B Miami Sunset d’O Boticário, que é uma aquisição muito recente mas que tenho adorado e que também devo partilhar convosco ainda esta semana. Caso não me apeteça utilizar apenas a máscara (escolhi a They’re Real da Benefit), aplico uma ou duas sombritas de forma muito simples. Ainda não tinha experimentado devidamente o quarteto Color Riche Les Ombres Infiniment Bronze da L’Oréal, mas estou muito satisfeita com ele.

O resto da festa são os batons. Não me parece que haja uma forma mais simples de parecer que investimos muito numa maquilhagem sem o ter feito. Os batons podem mudar por completo a nossa aparência e agora no Verão exigem-se cores vivas e alegres. Tenho de vos mostrar os novos Colour Crush da The Body Shop e exprimir o meu amor por eles (trouxe um nude e um rosa vivo, cujos nomes hei-de revelar). Ainda da mesma casa, tenho usado o meu Lip Nectar Honey Bronze na cor Honey Bunch. Também tenho usado o Pink My Ride e um gloss cintilante da Beauty UK que vieram na Secret Bag deste mês e na de Julho, bem como o batom Vibrante da Lush. O Flormar Pretty Cream & Glaze P323 tinha de vir, já o mostrei aqui, incluí-o num Impossível x Acessível e agora até posso dizer que é uma versão barata do Geradium da Lime Crime. Também trouxe um Colour Riche Wet Shine Stain da L’Oréal num rosa muito suave e o Lip Marker Flamingo Orange da linha Make B Miami Sunset d’O Boticário, para quando quero algo mais discreto.

Tendo em conta que costumo usar muito mais coisas, é pouco. É menos de metade da maquilhagem que trouxe comigo desnecessariamente.

E vocês? Que maquilhagem usam em tempo de férias?