Etiqueta: Orly

Orly Red Carpet

Red Carpet Orly

Há anos que ando a catrapiscar um certo verniz da Orly. É o Red Carpet, um vermelho aberto com purpurinas qb. Na minha opinião, é txanã sem ser pindérico. Mesmo com os brilhantes, acaba por ser relativamente discreto.

Se podia tê-lo comigo há mais tempo? Podia, mas pensei cá para mim que tenho vernizes vermelhos a mais. Não se justificava o investimento, até porque quando o encontrava por cá, era sempre no tamanho maior (não se justificava mesmo, repito: tenho milhentos vernizes vermelhos).

Já o tinha experimentado uma vez e a qualidade não decepcionava: boa pigmentação e durabilidade, secagem rápida (embora esta questão seja irrelevante porque uso um topcoat especial para o efeito)… Que mais se pode pedir?

Sendo um capricho, fui esperando, esperando, mas nunca esqueci o bendito colorito. Na Expocosmética, procurei por ele. Sem sucesso. Acabei por encontrá-lo na Fapex (o pequenino de 5ml), e já que estava a bom preço, comprei também o Thinner (o conjunto ficou abaixo dos 12€). O Thinner é uma espécie de óleo de banana, mas mais sofisticado e elaborado para garantir que os vernizes não se estragam.

Lá me rendi, e não me arrependo. Agora, se gastar o frasquinho inteiro talvez (talvez!) invista no tamanho maior do verniz. E vocês, gostam da cor?

Red Carpet Orly Thinner

Lista de Compras Expocosmética

Se, tal como eu, forem vaidosas, gostarem de novidades e tiverem algum amor à carteira, devem estar em cima dos acontecimentos e já sabem que de 2 a 4 de Abril se realiza mais uma edição da Expocosmética, na Exponor.

Há vários anos que gosto de visitar a feira e fazer as minhas compras, e já que o barrigão até mo permite, esta edição não será excepção e eu vou lá estar. As minhas dicas para quem não está familiarizado com o evento são simples: levem muita paciência, farnel, mochila grande/trolley e muita água. Se forem de autocarro, levem também o MP3 ou outra coisa qualquer para se entreterem. Sim, o mais provável é passarem parte do percurso na palheta, mas chega uma altura em que ganham fobia às pessoas.

Expocosmética

Outra coisa que considero fulcral é a criação de uma lista de compras, ou pelo menos de um esboço do que querem comprar. E levem dinheirinho, que o acesso ao multibanco é complicadíssimo. Assim, irão gerir melhor o vosso orçamento e certificam-se que trazem mesmo aquilo que querem e que precisam.

Decidi partilhar convosco a minha lista. Não muda muito de edição para edição, pois já vou conhecendo os stands que estão sempre disponíveis e o que vale mesmo a pena comprar a preços bem mais acessíveis que o habitual.

  1. Já partilhei convosco o meu amor pela Wet Brush e há dois modelos novos (o Epic Quick Dry e o Pop Fold) que quero muito trazer, se estiverem na feira. Encontram a marca no stand da Pluricosmética e habitualmente compensa muito comprar as escovas lá!
  2. Também já vos disse várias vezes que pinto o cabelo e, não tendo havido reacções adversas nem danos, é em eventos como a Expocosmética que aproveito para fazer stock do que necessito para esta tarefa, para mim e para a minha mãe. Também na Pluricosmética, há sempre a linha Life Color Plus da Farmavita a preços muito pequeninos. Não se esqueçam, são produtos profissionais e se não sabem o que estão a fazer mais vale ficarem quietinhas e deixarem a coloração capilar para quem dela entende.
  3. Quanto mais conheço da Novex, mais gosto da marca e por isso é de aproveitar as promoções deste evento para repor alguns favoritos para o cabelo (a Blindagem Capilaraqui, a Recarga de Queratina e a Queratina Líquida) e experimentar a Blindagem Capilar com óleo de argão, que me pisca o olho há muito tempo.
  4. A Kinetics também tem o seu stand, e eu aproveito sempre para abastecer de uma base de verniz e de um topcoat que adoro: o Nano Shark (falei dele aqui) e o Kwik Kote (também está neste post).

É claro que estes são os meus básicos e acabo por comprar sempre muito mais coisas. Sei que não virei de mãos a abanar da Nativa do Brasil, da Orly ou da Andreia, ou de algum stand tipo Stargazer ou NYX (se houver!). E, meninas, anotem o que vos digo: se virem por lá a Real Natura, aproveitem os champôs, máscaras e vitaminas óptimos a preços mínimos. Eu não o faço porque encontro boas promoções da marca perto de casa, mas sou a maior fã da máscara Afro e do champô Crina (hão-de estar num dos links de posts que coloquei algures mais atrás neste artigo).

E vocês, vão à Expocosmética? Que pretendem comprar? Há algo que me recomendem trazer?

Orly de Regresso a Portugal

Verniz Gel Orly

É isso mesmo que leram: a Orly, marca de vernizes americana, está de volta a Portugal. Já me devem ter ouvido falar da marca muitas vezes (é só cuscar os posts relativos à etiqueta da marca) e sabem que a adoro. No que toca aos vernizes de “tratamento”, então, são quase imbatíveis.

Gosto mesmo muito da base Bonder e do top coat Sec’n’Dry. Também têm um dos melhores produtos para recuperar vernizes que engrossaram, o Polish Thinner. As colecções, essas, aparecem sempre fascinantes, repletas de cores lindas super pigmentadas e acabamentos inéditos.

Fiquei bastante triste quando a vi desaparecer do mapa por cá, mas felizmente regressou, com novos representantes. A loja física é na Bobadela, na Rua Júlio Conceição Sousa, loja 10b – Quinta da Parreirinha. Têm Facebook e aceitam encomendas. Também sei que estarão presentes na Expocosmética, no início de Abril.

Por ora, não sei dizer-vos muito mais, mas estou ansiosa por conhecer as novidades e pôr em dia a minha colecção de vernizes!

Sparkling Garbage

sparklinggarbage

É este o verniz que tenho nas unhas por estes dias. Não é novo, já o tenho comigo há alguns meses mas ficou adormecido com o Inverno. Por que motivo? Bom, estes vernizes de purpurinas ficam muito mais bonitos quando brilham ao sol!

O Sparkling Garbage fez parte da colecção de Verão do ano passado da Orly, e o sucesso foi tão grande que a cor esgotou e acabou por ser reposta uns meses depois. Foi nessa altura que consegui ficar com um para mim.

Não há fotos que mostrem na totalidade a beleza deste verniz, como acontece sempre com este tipo de acabamentos, mas creio que dá para ter uma boa ideia do meu entusiasmo. Não fico intimidada com vernizes extravagantes nem me contenho na aplicação. Podia ter aplicado este concentrado de brilhos numa ou duas unhas, sim, mas gosto dele assim. É desnecessário usar um verniz colorido por baixo, que com duas camadas o Sparkling Garbage já fica uniforme e com boa cobertura da unha, mas dá perfeitamente para utilizar uma base menta ou azul, ou quem sabe de outra cor do vosso agrado.

Já sei que tenho manicure para cerca de uma semana, que a qualidade não desilude e nem sequer consigo enjoar de um verniz que me lembra caudas de sereias.

Melodious Utopia – Orly

unhas manicure melodious utopia orly edição limitada verniz esmalte resenha review swatch

unhas manicure melodious utopia orly edição limitada verniz esmalte resenha review swatch

unhas manicure melodious utopia orly edição limitada verniz esmalte resenha review swatch

É este o amarelinho-verão que me cativou e que veio morar comigo.

Chama-se Melodious Utopia e pertence à colecção Hope & Freedom Fest da Orly.

Confesso que inicialmente não me cativou. Os meus olhos ficaram confusos, porque não conseguiram perceber se se tratava de um verniz amarelo claro ou de um verniz amarelo fluorescente.

No meu entender, actualmente, fica no meio termo. É txanã, mas não em demasia. Não fere a vista. Nas imagens, e mesmo ao vivo, não lhe dei a merecida atenção porque não me apercebi de um detalhe interessante que o torna muito especial.

E também não consegui captá-lo devidamente nas fotografias, mas creio que conseguirão reparar com alguma atenção. O Melodious Utopia tem alguns flocos cintilantes alaranjados muito subtis, que ficam lindos ao sol.

É único, e é claro que tinha de vir morar comigo! Espero que gostem tanto do amarelinho quanto eu.

Prisma Gloss Silver – Orly

orly glitter purpurinas verniz esmalte portugal review resenha swatch

Dos produtos todos que vieram na segunda edição da The Secret Bag, aquele que me fez ir a correr experimentar foi o verniz Prisma Gloss Silver da Orly.

Eu e os vernizes de fada!

Nunca são de mais, dado que lhes dou muito uso. Já o namorava há algum tempo. Quis o destino que nos juntássemos agora.

Para a estreia, optei por aplicá-lo por cima de um verniz lilás. Fiquei tão encantada que, agora, também quero o Prisma Gloss dourado (sim, existe!). Quem sabe, vem morar comigo ainda hoje.

Aliás, quer-me parecer que muito em breve tenho unhas novas para vos mostrar!

Por aí, alguém gosta destes vernizes de fada? Quais são os vossos favoritos?

orly glitter purpurinas verniz esmalte portugal onde comprar

The Secret Bag – a 2ª edição

secret bag beauty box subscrição beleza maquilhagem resenha review swatch

Por esta altura, eventualmente, já não devo estar a dar novidade nenhuma a ninguém.

Bem vistas as coisas, se houver algo que ainda não tenham visto, serão as cores/variantes de produtos dentro do saquinho, já que não sei como é que tudo foi distribuído nem quais as opções disponíveis.

A segunda The Secret Bag chegou no início de Julho, e desta feita até deu para fazer uma pré-compra trimestral.

Eu já garanti os próximos meses, e assim até deu para personalizar alguns aspectos, embora não seja esquisita no que toca a experimentar novos cosméticos. Gosto do desafio das novas cores e texturas.

À semelhança da primeira edição, os produtos vinham devidamente acondicionados num embrulho de papel de seda preto dentro de um saco de organza vermelho.

Faço parte da equipa que gosta deste tipo de embrulho, e por mim pode continuar igual futuramente! Houve, igualmente, uma mensagem por parte da equipa que faz a The Secret Bag e informações sobre produtos constituintes, quantidades e preços.

secret bag beauty box subscrição beleza maquilhagem resenha review swatch

Posso dizer que continuo satisfeitíssima e não me arrependo desta aquisição. Por um lado, se comprasse os produtos individualmente, a despesa ascenderia quase aos 40€ só nos produtos que vêm em full size. Se me fazem falta?

Bom, eu acho que ninguém subscreve este tipo de serviços à espera de receber produtos que fazem falta. O objectivo é experimentar coisas novas e sair da zona de conforto. Mais uma vez, embora não sendo esquisita com cores, considero que tive muita sorte com tudo o que me calhou.

Parece que foi tudo escolhido a dedo.

O batom Emotional Brilliance da Lush que me calhou foi uma das cores que escolhi na roleta há uns tempos atrás (Vibrante) e que iria comprar mais cedo ou mais tarde, e só o preço dele (17,95€) cobre a Secret Bag (com portes incluídos, custa 18€).

Sempre me deliciei com os Lip Lusts cintilantes/brilhantes da Beauty Uk, mas ainda não tinha nenhum. Adorei o verniz da Orly com glitter tridimensional. Enfim, gostei de tudo. Mais uma vez, conseguiram assegurar vários produtos de tamanho comercial, embora a promessa seja de pelo menos um full size por edição.

Já conhecia o Papier Poudré há muito tempo, até já tinha falado deste pó do tempo das avozinhas, mas é algo que convém ter sempre à mão e que nunca está a mais. De resto, quero que sejam vocês a decidir o que preferem ver primeiro aqui no blog.

Já dá para ter conclusões sobre os produtos de maquilhagem e sobre o verniz. O Leite de Limpeza da Gatineau está a ser testado pela minha mãe, mas também há-de vir cá parar! Também há produtos da primeira edição cuja opinião ainda não partilhei convosco.

Contem-me, o que querem ver primeiro?

Francesa Inversa

unhas manicure francesa inversa ao contrário vintage pinup orly

Após os estágios desde ano, fiquei com vontade de fazer uma série de experiências nas minhas unhas.

A de hoje, está na fotografia: manicure francesa ao contrário.

Penso que é este o nome!

Já há algum tempo que queria tentar fazer algo do género, mas faltavam-me os recursos (leia-se umas quantas “bolinhas” autocolantes de remendar folhas de dossier).

Ontem, quando fui às compras, lembrei-me de passar pela secção de papelaria e trouxe o que precisava. As tais “bolinhas” permitem-nos deixar as meias-luas das unhas por pintar com muita facilidade.

Como quero que as minhas unhas permaneçam com a pintura intacta por uns dias, utilizei os produtos de qualidade do costume, todos da Orly:

  • O primer Primetime
  • A base Bonder
  • topcoat Sec’nDry
  • O verniz vermelho é o Colorstay da Revlon na cor Delicious

As pessoas com quem lido no dia-a-dia têm-me perguntado o que é que fiz às unhas para estarem tão crescidas (costumo tê-las rentes), especialmente depois de ter utilizado verniz gel.

É muito simples: em primeiro lugar, não é suposto o verniz gel danificar as unhas. Depois, não fiz nada de especial.

Não apliquei nenhum produto (não tive paciência para tal) e só tenho o cuidado de limar as unhas semanalmente e manter as mãos e cutículas hidratadas.

Ainda não sei qual vai ser a próxima fase: se me mantenho com unhas naturais ou se experimento acrílico; que cores/efeitos utilizo.

Aceitam-se sugestões!

Bonder – Orly

base verniz bonder orly unhas lascam manicure

My name is Bonder. Orly Bonder.

Se eu podia começar este post sem fazer o trocadilho? Podia, mas não era a mesma coisa.

E antes que venha aí a malta das mixórdias do costume baralhar as ideias e dizer que entre o Orly Bonder e a Super Bonder não há diferenças e desatem a usar super cola nas unhas, deixem-me apresentar a melhor base de verniz de sempre.

Depois de muitos anos a pintar as unhas e a experimentar tudo e mais alguma coisa para que a manicure dure mais tempo, já cheguei à conclusão que há produtos nos quais compensa investir.

A base de verniz é uma delas e, num mercado com cada vez mais ofertas, pode tornar-se complicada a escolha do produto ideal.

Cada pessoa tem unhas com necessidades específicas, de tal forma que poderá encontrar diferentes bases de tratamento que se adequem ao que pretende.

Estou numa “boa fase” de unhas, pelo que a minha única queixa era o verniz descamar sem motivo aparente.

Acabei por experimentar a base Bonder (aplico sempre por cima do primer Primetime), cuja finalidade é prolongar a durabilidade do verniz (não é uma base de tratamento), e pude perceber por que é que é tão famosa a nível mundial.

Ela é muito fluida e fica “emborrachada” em vez de secar por completo, como é habitual ver noutras bases de verniz. Isto faz com que, posteriormente, o verniz adira melhor à unha e dure mais tempo.

Falando da relação qualidade/preço, duvido que haja melhor. Os tratamentos da Orly estão disponíveis em vários tamanhos para além dos frascos de 18ml (que, neste caso, compensa e custa 13,35€).

Eu tenho a versão de 9ml, que custa 7,68€. Normalmente, uma base de verniz numa perfumaria traz aproximadamente a mesma quantidade e custa muito mais.

Pelo tempo que dura a manicure, penso que compensa investir numa boa base e num bom topcoat (logo vos mostro os meus preferidos).

Fowl Play – Orly

fowl play orly birds of a feather manicure verniz esmalte unhas maquilhagem beleza galaxy nails

Ultimamente, anda no ar a febre dos padrões com motivos do Espaço.

Galáxias, constelações e planetas fazem as delícias das terráqueas.

É possível encontrar vestuário, acessórios e até cosméticos que ajudam as donzelas deste nosso planeta a ficar a par da tendência.

fowl play orly birds of a feather manicure verniz esmalte unhas maquilhagem beleza galaxy nails

Confesso que sair à rua a parecer o Planetário não é algo que pretenda fazer.

Gosto de alguns detalhes, e quando vi o verniz Fowl Play da colecção Birds of a Feather da Orly, quis logo ficar com ele.

Não se enganem com o tamanho do frasco:

A Orly tem esta coisa boa, disponibiliza os vernizes coloridos em tamanhos mais pequenos e, consequentemente, mais baratos (5,3ml/5,30€).

E nem por isso ficam restos subaproveitados dado que são super fluidos e, ainda assim, super pigmentados. Apliquei duas demãos do verniz para que a unha ficasse totalmente coberta.

As fotografias nunca mostram devidamente os efeitos maravilhosos das coisas bonitas e as palavras nunca são suficientes para descrever tudo na perfeição.

Diria que a base do verniz é quase, quase preta, com um toque arroxeado. Depois, há flocos vermelhos, purpurinas azuis e cintilâncias brancas.

Lembra-me mesmo uma galáxia, mais do que outros vernizes da marca com nomes alusivos aos assuntos espaciais.

fowl play orly birds of a feather manicure verniz esmalte unhas maquilhagem beleza galaxy nails