Etiqueta: Maybelline

10 do Momento

Comecei por ter um blog de beleza,

Embora considere que grande parte da essência do blog passe por aí mesmo. Só decidi que me daria à liberdade de escrever sobre o que quisesse e, às tantas, acabo por me esquecer que vocês gostam tanto quanto eu de saber das lides dos betumes e tintas. Verdade ou mentira?

Vai daí, desde Junho de 2015 que não faço um apanhado dos 10 cosméticos que mais tenho gostado ultimamente. Está na hora de partilhar convosco os meus aliados e desenganem-se se pensam que, com os tempos, se mudam todas as vontades. Só mudam algumas!

favoritos beleza
Os meus 10 favoritos actuais. Da esquerda para a direita, de cima para baixo.

Eis o meu top, sem ordem específica.

  • Bio Oil – Comecei a utilizar quando estava grávida e nunca mais o larguei. Até no rosto o utilizo, à laia de sérum. Nunca fui muito rigorosa (sei que há grávidas que têm todo um ritual de aplicação de cremes e mistelas 2 ou 3 vezes por dia, mas eu que sou preguiçosa tinha dias em que nem sequer utilizava nada), mas o facto é que a pele se mantém elástica, hidratada e sem estrias.
  • Quenching Serum SOS, Caudalíe – Não me canso de falar dele, se não se lembram podem espreitar o que já disse aquiaqui, aqui e aqui. Preciso de dizer mais alguma coisa?
  • BB Cream Beyond the Solution, Lioele – Não é novo e já falei dele neste post. Agora, mais que nunca, dou-lhe o devido valor. Muito boa cobertura, hidratante, não fica empoado tipo estuque mas também não me deixa com cara de fritadeira. Agora tenho menos tempo que antes para me arranjar, pelo que gosto de atalhar caminho no que diz respeito à preparação da pele para a maquilhagem.
  • Protector Solar SPF 50 gel-creme para peles oleosas, Youth Lab – Foi a Ana que mo deu a conhecer e nunca mais o larguei. Todos, mas todos os dias, faça chuva ou faça sol, utilizo protector solar. Se já tinha todo um historial de alergias ao sol, a gravidez deu-me a conhecer a realidade das manchas e rugas. Mais vale prevenir do que remediar, e este protector solar é o melhor do mundo para o rosto porque não pesa, não tem aquele cheiro a “sintético” a praia nem fica todo oleoso na cara. Como bónus, tem uma ligeira corzinha. Há dias em que acabo por nem aplicar mais nada no rosto.
  • Poudre de Riz de Java, Bourjois – É uma reedição do famoso produto da Bourjois, em comemoração dos seus 150 anos. É um pó solto translúcido com subtis cintilâncias que nos deixam o rosto com um ar polido e iluminado. Não acumula nem tende a ficar oleoso. A embalagem é prática, contendo uma patilha “doseadora” que não deixa que saia demasiado pó do compartimento. Esta parte é completamente secundária mas também tem de ser referida: tem um cheirinho tão bom!
  • Batom Color Sensational Vivid Matte, Maybelline – Eu sei que não tem uma durabilidade imaculada, que nem sequer fica mate e que só chegaram 4 cores a Portugal. Se procuram um daqueles batons líquidos mate à prova de tudo, esqueçam. Ainda assim, são dos que mais tenho usado, especialmente a cor 50 (Nude Thrill). A aplicação é super confortável, não resseca os lábios, efectivamente confere o conforto de um gloss sem ser pegajoso nem brilhante. E tem um sabor/aroma bastante agradável.
  • Blindagem Capilar, Novex – Já falei dela aqui e nem me vou alongar mais que isto: poupa-se muito tempo na secagem e preservação do penteado. Xô, humidade!
  • Emulsão de Banho, Anjinho – Só para contextualizar, a Anjinho/Angelito/Babyheart (há-de ter outros nomes noutros países) é a marca de produtos de higiene para bebé do Aldi e está muito subvalorizada. É mesmo muito boa e muito barata e volta e meia trago alguns produtos para a Teresa. A emulsão de banho é um deles e também a utilizo. Adoro! Não resseca a pele no banho, é um mimo. Se tiverem um Aldi por perto, não olhem para este produto (nem para o resto da marca) de lado!
  • Gel de Limpeza 2 em 1 Pure Active, Garnier – É para peles oleosas e surpreendeu-me muito porque é delicado. Não arde nem resseca a pele – palminhas por terem compreendido que as peles oleosas podem ser sensíveis e desidratadas e criarem um produto que respeita estas características! É eficaz, é prático e é económico (a embalagem é gigantesca para o que é habitual num gel de limpeza de rosto – tem 200ml).
  • Purelan, Medela – Este é aquele produto do qual possivelmente nunca ouviriam falar se não estivessem grávidas/fossem mães. O Purelan é um creme muito espesso e hidratante de lanolina pura. Tipicamente, utiliza-se nos mamilos quando estão gretados/sensibilizados pela amamentação. Mas também serve para muitas outras coisas! Para peles muito secas e sensíveis (como os lábios), garanto-vos que não há melhor que isto. Há quem gaste muito pouco, ao longo da amamentação. Eu já vou na segunda bisnaga à conta da função multi-usos.

E é o que tenho para dizer por agora. Pode parecer aborrecido, mas é mesmo o que mais tenho utilizado e que mais me tem surpreendido. E nem é necessário dizer que utilizo tudo exaustivamente, pois não?

Impossível x Acessível #8

Truz, truz! Ainda há por aqui alguém do tempo do velhinho Impossível x Acessível, que era uma rubrica muito apreciada aqui por estas bandas mas que não tem novos posts há mais de três anos?

É que vou já resolver esse problema e estou de volta com pechinchas novinhas e bombásticas, daquelas que vocês adoram e que fazem frente a produtos bastante mais caros. Porque, convenhamos, somos todas muito vaidosas e adoramos investir na beleza, mas dá jeito poupar uns trocos.

Sem mais demoras, fiquem com uma ronda de produtos fantásticos e os seus duplos igualmente maravilhosos. Alguns deles podem não ser mesmo, mesmo iguais mas são tão parecidos que a troca fica mais do que justificada (podem sempre dar uma breve olhada no amigo Google ou passar pelas lojas e experimentar).

Elie Saab Dupe

Para começar, aqui têm uma novidade de última hora. Os gostos olfactivos estão cada vez mais refinados, queremos perfumes de óptima qualidade e aposto que tenho por aqui muitas leitoras que adoram o perfume Elie Saab. E se houvesse um perfume muito bom e muito, mas mesmo muito semelhante e mais barato acabadinho de chegar às lojas? É o Elysée!

  • O Impossível – Le Parfum Eau de Parfum, Elie Saab (79,95€/50ml – 159,90€/100ml)
  • O Acessível – Elysée Eau de Parfum, O Boticário (49,95€/75ml – 66,60€/100ml)

Naked 3 Dupe

Passando para a maquilhagem, é certo e sabido que cada vez mais mulheres gostam de se aperaltar e não descuram a maquilhagem dos olhos. As sombras neutras estão mais que em voga porque são versáteis e permitem-nos ficar lindas para qualquer circunstância. Existem muitas paletas no mercado, com preços para todas as carteiras, todas elas com óptima qualidade.

  • O Impossível – Paleta Naked 3, Urban Decay (51,95€)
  • O Acessível – Paleta The Blushed Nudes, Maybelline (12,99€)

Giorgio Armani Dupe

De que adianta falar de sombras, se não tivermos uma boa base na pele para completar o resto da maquilhagem? Hoje em dia, há bases muito fluidas e confortáveis, com um poder de cobertura decente e que se conservam com bom aspecto todo o dia sem comprometer o estado da nossa pele. Dentro deste grupo, temos estas gémeas separadas pelo preço.

  • O Impossível – Maestro Fusion Makeup, Giorgio Armani (68,95€)
  • O Acessível – Nude Magique Eau de Teint, L’Óreal Paris (14,95€)

Kat Von D Dupe

Duvido que, a esta altura do campeonato, ainda exista alguma mulher que não tenha pelo menos um batom vermelho. Em época de inovações, têm sido muito apreciados os batons líquidos de longa duração, preferencialmente sem grande brilho. Os tons variam, mas os vermelhos mais quentes e a puxar à cor do sangue são dos predilectos do momento.

  • O Impossível – Everlasting Liquid Lipstick na cor Outlaw, Kat Von D (19,90€)
  • O Acessível – Soft Matte Lip Cream na cor Monte Carlo, NYX (7,90€)

Make Up For Ever Dupe

Para terminar, também as sobrancelhas têm sido alvo de cuidados especiais e ganham cada vez mais destaque no mundo da maquilhagem. O mais complicado pode ser encontrar um produto fácil de utilizar, que renda e que seja resistente à utilização diária. E é aqui que temos mais um par de gémeos separados pelo preço.

  • O Impossível – Aqua Brow, Make Up For Ever (22,00€)
  • O Acessível – Eyebrow Gel, NYX (6,90€)

Espero que esta selecção tenha sido do vosso agrado e tenha ajudado alguém! Caso necessitem de saber mais informações sobre os produtos ou sobre as lojas onde os podem adquirir, é só dizer. Conhecem mais duplas destas que devem ser partilhadas com o mundo?

Sai, sai da minha vida!

rimeis

Sai, que não quero choraaar! Bom, já que há tantas leitoras (do meu blog e dos outros) que refilam porque as autoras só dizem bem de todos os produtos, siga avante o que se espera que seja um conjunto de postagens regulares (ou não, que é mau sinal quando há pretexto para este tipo de post). Não tenho quaisquer problemas em dar a minha opinião mesmo quando é negativa, mas no mundo da beleza é tudo relativo e o que pode ser mau para uma pessoa, pode não ser para outra.

Adiante com a conversa, decidi começar por mostrar algumas máscaras de pestanas que são um autêntico pesadelo. Vejam bem, algumas já deviam ter sido despejadas cá de casa, mas ficaram guardadas justamente para não me esquecer de falar delas. Sou mesmo ruim! Não compreendo como é que, hoje em dia, ainda se fazem máscaras de pestanas que são um fiasco. A sério! Não deve ser um produto difícil de conceber, pelo menos há marcas low cost com opções fantásticas e depois deparamo-nos com pérolas destas. E, minhas amigas, dentro do low cost a L’Oréal e a Prestige estão longe de ser as marcas mais amigas do bolso.

Siga a festa, passemos às breves considerações (e mais que isso seria desnecessário) sobre estas quatro máscaras de ir às lágrimas. Literalmente. Nem fale a pena fotografar as escovas (apanham-nas no Google com toda a certeza), nem o efeito tampouco, que não estou para me submeter a torturas novamente.

A Define Fx Mascara da Beauty UK é a pior deste grupo. Que desilusão! Eu era fã da versão mais antiga da máscara da marca, e esperava que qualquer mudança só pudesse trazer melhorias. Mentira. Não alonga as pestanas, não lhes confere volume, não as deixa mais curvadas, nem mais pretas… E não sou a única a constatar estes factos. E o pior é que faz arder os olhos, por muito tempo. Pelo menos a mim. Apostem noutras máscaras da Beauty UK, mas fujam desta.

De seguida, o elemento mais recente desta colecção, a Mega Volume Miss Manga da L’Oréal Paris. Não sei como é que conceberam um desastre destes. Esta máscara está a ser muito badalada porque tem uma escova que se assemelha a outras que são óptimas, de marcas de luxo, e para além disso é flexível. Tudo isto soa a perfeição, só que na prática não funciona. A L’Oréal Paris tem máscaras óptimas, já há muito tempo que é assim. Fiquei super entusiasmada quando recebi esta nova para experimentar. Então, a fórmula é pegajosa de mais. Demora imenso a secar e deixa as pestanas todas coladas umas às outras. Uma nhanha. Fica tudo sem jeito, sem grande volume ou alongamento, a parecer as patas de um aranhiço. Suspeito que parte do problema se deve à tal escova inovadora flexível, que no fim das contas não mantém o ângulo da dobra e acaba por não permanecer fixa e estável. Um desastre!

No que concerne à Long Care Mascara da Prestige, não há grande coisa a dizer. Não. Não faz muito pelo alongamento das pestanas, e tem algo que abomino nas máscaras e que já não me acontecia há anos: esfarela e esborrata ao longo do dia. Esta máscara já cá mora há muito tempo, mas não a podia mandar embora sem vos mostrar a bandida.

Por último, temos a Colossal Look Felino da Maybelline. Idem aspas, cá está uma marca da qual digo o mesmo que da L’Oréal Paris. Tanta máscara boa, para quê isto? Já se devem ter fartado de ver a escova nos anúncios, há uns tempos, e eu esperei sinceramente que esta máscara desaparecesse mas ainda a vejo nas prateleiras. Look felino? Só se for dum gatinho sem pestanas. É fluida de mais e não confere grande coisa de volume nem de alongamento.

Por ora é isto. Numa gaveta cheia de máscaras, ter quatro que não correspondem aos meus padrões mínimos de qualidade nem é muito mau. E vocês, que máscaras abominam?

babylips

Foto tirada na apresentação do produto com a Ana Rita e a Solange

Um dos produtos de beleza mais badalados dos últimos tempos e que gera muitas questões da vossa parte é o bálsamo labial Baby Lips da Maybelline, disponível em quatro versões diferentes: Peach Kiss (pêssego), Cherry Me (vermelho), Pink Punch (rosa) e Quenched (incolor).

Este é um produto baratíssimo que é possível encontrar em qualquer supermercado, e diz a marca que é uma grande inovação no mundo dos hidratantes labiais. E eu recebo muitas mensagens vossas a perguntar se o produto é mesmo bom e se vale a pena experimentar.

Posto isto, está na hora de vos contar o que há para dizer sobre os Baby Lips! Concordo com a marca quando dizem que é uma inovação na medida em que conheço muitas pessoas que abominam bálsamos labiais, alegando que são pegajosos. Em especial, os homens, que são terríveis com esta questão. Os Baby Lips não são, de todo, pegajosos. Eu própria, por vezes, prefiro ter de aplicar mais vezes um produto que não é tão eficaz para o que pretendo, mas que é agradável e não pegajoso. E entramos no domínio da hidratação. Se é o melhor hidratante labial do mundo? Não, não é, e para mim é impensável dormir só com ele nos lábios. Durante o dia, serve perfeitamente e gosto muito dele.

4babylips

Os Baby Lips são um bom produto para a manutenção da saúde da pele dos lábios quando esta se encontra íntegra e hidratada, mas não são suficientes para resolver situações de lábios secos e gretados. Não é um produto enganador, e para quem até à data não usava nada por não gostar da sensação da aplicação dos bálsamos disponíveis no mercado, sempre é melhor usar os Baby Lips. Como bónus, três das versões disponíveis conferem um ligeiro tom colorido aos lábios, o que faz com que os Baby Lips sejam uma opção bastante acessível (não chegam a custar 3€) comparativamente a outros bálsamos coloridos.

Não é este o Santo Graal dos hidratantes labiais, mas cumpre o seu propósito de hidratação básica sem peganhice. Um mimo nas manhãs de ventania, que toda a gente sabe da guerra entre os cabelos e o que quer que seja que apliquemos nos lábios. Para usar durante o dia, não vejo motivos que invalidem experimentar!

Guia dos Presentes Low Cost

Ou guia dos presentes para trocas comprados à última hora para portuguesas falidas.

Já se sabe como é, o Natal aproxima-se, o tempo e o dinheiro rareiam e há montes de jantares, almoços, trocas e imprevistos de última hora que precisam de ser resolvidos. Ideias, aceitam-se!

Pois bem, pela saúde das vossas carteiras e para que ninguém moa os nervos a tentar lembrar-se de presentes decentes para as colegas e amigas, cá vai a minha selecção dos 10 presentes até 5€ que irão agradar, com toda a certeza, a quem os receber.

Assim, ninguém declara bancarrota. E, sim, é tudo facílimo de encontrar em lojas físicas portuguesas e rapidamente se despacham da missão das compras. Espero ajudar alguém e receber as vossas sugestões, caso tenham algo a acrescentar!

Presentes Low Cost ideias dicas natal troca presentes

  1. Meias Primark – Longe vão os tempos em que as meias eram feias e monótonas. Na Primark, há toneladas de meias quentinhas com padrões bonitos. E o melhor é que cada tamanho dá para uns quantos números diferentes, pelo que não deve haver grande margem de erro.
  2. Passador de Chá Ale Hop – Dá jeito, mais não seja quando estamos doentes. Estes, da Ale Hop, para além de práticos, embelezam as nossas chávenas de chá.
  3. EDT Suddenly Madame Glamour Lidl – Por falar em aromas, se a vossa presenteada tem um nariz refinado e gosta de fragrâncias como o Coco Mademoiselle da Chanel (entre outros Chypres) mas a vossa carteira não pode acompanhar esses luxos, por que não dar uma oportunidade a este perfume? Prometo que não se vão arrepender!
  4. Bálsamo Baby Lips Maybelline – À venda em qualquer hipermercado, este bálsamo labial tem dado que falar. E por bons motivos! É que consegue combinar hidratação com uma aplicação que não pesa, com sabores deliciosos, a preços mega acessíveis. Existem várias cores (o da imagem é incolor), que apenas dão um tonzinho de saúde aos lábios.
  5. Creme de Mãos Cuide-se Bem d’O Boticário – Esquisitices à parte, creme de mãos é algo que toda a gente usa. Se for bem cheiroso e eficaz, um tanto melhor. Este hidratante de Amêndoas e Baunilha chama a atenção em todo o lado pelo seu aroma delicioso e ajuda a manter as mãos em condições durante o tempo frio.
  6. Elásticos H&M – Uma opção de elásticos para o cabelo que tem sido muito badalada, e com mais pinta que os Invisibobble. Estes, para além de serem mesmo muito resistentes, também ficam bonitos como pulseiras.
  7. Elásticos Invisibobble – Também têm feito furor, e por menos de 5€ é possível encontrar pequenas caixas com 3 elásticos. Existem um pouco por todo o lado, especialmente em farmácias e parafarmácias. Agora no Natal, até existe um pack temático (o da imagem).
  8. Lanterna de dínamo Ljusa IKEA – Este é um item indispensável em casa, na mala ou no porta-luvas do carro. Nunca se sabe quando vai faltar a luz, e uma lanterna de dínamo é uma opção segura para termos sempre por perto porque não precisamos de nos preocupar com pilhas ou carregadores. Neste caso, ainda por cima, é uma lanterna cheia de estilo!
  9. Fragrâncias em Óleo – Já ouviram falar de aromaterapia? Acho que ninguém fica zangada por receber fragrâncias para o ambiente como deve ser, e a The Body Shop é rica em opções, com o bónus de sabermos que todos os produtos são feitos em conformidade com o respeito pelas comunidades.
  10. Gel Tint Essence – Mesmo quem não liga muito a maquilhagem, não dirá que não a um produto tão versátil como um tint: tanto pode ser utilizado como lip stain ou como blush, poupando tempo e espaço na bolsa. E este é tão económico, que nem parece verdade!

10 de Dezembro

favoritos beleza maquilhagem top 10 orly clarel minipreço guerlain lime crime the body shop boticário maybelline avon

(Muito) Fora de horas, mas cá está:

  • Cera depilatória, Dia – post aqui
  • Serum Vinosource SOS, Caudalie – post aqui
  • Hidratante corporal de manga e coco, Lomasi – post aqui
  • Base Lingerie de Peau, Guerlain – post aqui
  • Eyeliner Uniliner Rhyme, Lime Crime – post aqui
  • BB cream All-in-one, The Body Shop – post aqui
  • Base de verniz Bonder, Orly – post aqui
  • Máscara The Falsies, Maybelline
  • Eyeliner em caneta Extra Lasting, Avon – post aqui
  • Duo labial Ultratinted São Paulo Modern Red, O Boticário – post aqui

Não se esqueçam de acompanhar os posts que ainda estão a sair sobre os 10 de Novembro.

Eye Studio Eyeliner Gel – Maybelline

maybelline eyeliner gel liner maquilhagem lápis preto delineador

Se há coisa que raramente falta na minha maquilhagem diária, é o eyeliner.

Tenho-o de todas as cores e nos mais variados formatos.

Acabo por me decidir quase sempre pelo eyeliner preto, que é o que me faz sentir mais confortável e fica bem sem sombra ou com qualquer sombra de olhos que possa utilizar.

Lembram-se do meu post dos lápis pretos? Imaginem essa colecção largamente ampliada e com eyeliner líquido, em caneta e em gel à mistura.

Apesar de tentar usar tudo o que tenho e de não me aborrecer a menos que haja um produto que seja realmente mau, sou muito e cada vez mais exigente com os eyeliners pretos.

Há relativamente pouco tempo, chegou ao mercado o Eyeliner Gel da Maybelline e nem eu era uma pessoa feliz se não pudesse experimentá-lo.

Sim, tenho montanhas de eyeliner preto, como já referi. Sim, tenho bons eyeliners.

Não, nunca estou satisfeita com a minha procura pela perfeição porque nunca se sabe quando decidem retirar os melhores produtos de sempre do mercado. É bom procurar alternativas.

  • Este Eyeliner Gel não contém água ou óleos e está formulado para que o traço se mantenha perfeito e intacto por 24 horas.
  • Como qualquer gel liner, é mais intenso que um eyeliner líquido, mais flexível que os eyeliners em caneta, muito preciso e mais duradouro que qualquer outro tipo de eyeliner.
  • É o que diz a marca e até aqui estamos de acordo.
  • Dizem ainda que é 100% à prova d’água e desta parte eu discordo.
  • Não é mau, mas não é a nata da nata dos eyeliners em gel.

Usei e abusei do Eye Studio Eyeliner Gel até decidir que tinha a minha opinião feita quanto a ele. É claro que as comparações foram inevitáveis!

maybelline eyeliner gel liner maquilhagem lápis preto delineador

As minhas primeiras impressões foram relativas ao pincel que acompanha o produto.

Até então, estava habituada a aplicar eyeliner em gel com pincéis biselados e pareceu-me que este formato diferente que se assemelha a um pincel de aplicar batom não seria tão prático.

Confesso que continuo a pensar que quem não tem prática na aplicação de eyeliner pode não gostar muito deste pincel, mas posso estar enganada.

Para mim, na realidade, pouca diferença faz e descobri uma maior liberdade na criação de traços graças à firmeza das cerdas (que são muito macias, mas densas) e ao formato arredondado das extremidades.

Achei que o pincel tem boa qualidade, especialmente quando comparado com outros pincéis que acompanham este tipo de produto.

maybelline eyeliner gel liner maquilhagem lápis preto delineador

Quando falei na inevitabilidade das comparações, tinha os meus motivos. Acho que nunca expressei aqui o meu amor pelo gel liner da Essence, que é imbatível e fica acima de qualquer gel liner de qualquer marca que possam imaginar.

E é claro que tinha de o utilizar neste post como ponto de comparação com o Eyeliner Gel da Maybelline.

Em termos de intensidade da cor, não é muito evidente nem significativo, mas o da Maybelline é menos preto.

Contudo, notei que tem uma fórmula mais amiga das mãos trémulas na medida em que não seca tão rápido e que, consequentemente, é mais fácil corrigir qualquer traço que não saia tão bem.

Ao longo do dia, nenhum dos dois desvanece ou esborrata. Notei um pequeno senão no da Maybelline nos dias de maior calor e em que as minhas pálpebras tinham, consequentemente, maior oleosidade: houve alguma transferência da cor para cima da linha orbicular.

maybelline eyeliner gel liner maquilhagem lápis preto delineador

Se houve alguma transferência de cor, embora não seja nada demasiado grave e que se resolve com um bom primer, tinha de verificar, afinal, se o Maybelline Eye Studio Eyeliner Gel era mesmo resistente e à prova d’água como se dizia.

A evidência está na fotografia e podem ver o que aconteceu quando passei, uma única vez, desmaquilhante por cima dos dois eyeliners. O da Maybelline quase desapareceu.

O Gel Liner da Essence encontra-se à venda na Well’s por pouco mais de 3€. O Eye Studio Eyeliner Gel da Maybelline vende-se em hipermercados por 12€.

Conclusão:

O gel liner da Maybelline é perfeitamente utilizável (é bem pigmentado, tem boa consistência, é acompanhado por um bom pincel e não desaparece ao longo do dia), mas não corresponde às minhas expectativas iniciais.

Pela maleabilidade, eventualmente será melhor para quem não tem tanta prática na aplicação de eyeliner. No entanto, como vos mostrei, existem alternativas com melhor desempenho a preços mais acessíveis.

Impossível x Acessível #6

Olh’ó Impossível x Acessível fresquinho!

É batom ou verniz? Se calhar é eyeliner ou quem sabe um pincel.

Querem conhecer sugestões boas e bonitas – se são caras ou baratas fica à vossa escolha – a pensar no Verão?

verniz esmalte azul nouvelle vague chanel cliché portugal i love cats

Não é novidade, nos últimos verões tem-se visto muito azul claro nas unhas.

Não foi este ano que a tendência tirou férias, pelo que não é má ideia ter as unhas da cor do céu.

  • O Impossível – Chanel Le Vernis Nouvelle Vague (21,00€)
  • O Acessível – Cliché I Love Cats Siamês (1,00€)

batom mac p2 vegas volt copacabana laranja salmão

Vermelhos, laranjas, corais… Cá temos outra tendência que não se perde.

Se for ofuscante, um tanto melhor visto que nas últimas temporadas quer-se cor.

Um bom batom colorido é uma solução simples para quando temos de ficar arranjadas num instante mas não temos tempo para dedicar à maquilhagem.

  • O Impossível – MAC Vegas Volt (18,00€)
  • O Acessível – P2 Copacabana (04,00€)

pincéis maquilhagem made in portugal sigma argent makeup

Por que não pensar num pincel especial que sirva para o primer, base, pó, blush, corrector ou qualquer outro complemento da maquilhagem de rosto que possamos imaginar?

Não é um sonho, existe mesmo e está ao nosso alcance.

batom hidratante make up for ever maybelline portugal

Para as mais discretas, ou para quem não se quer comprometer com retoques que exigem contornos e pinceladas e que se tornam mesmo necessários no tempo quente.

Por que não experimentar um batom translúcido que atende à tendência da cor de coral com o benefício da hidratação e o bónus do brilho?

  • O Impossível – Make Up For Ever N42 (20,00€)
  • O Acessível – Maybelline Color Sensational Mango Diamonds (11,39€)

Nos olhos, quer-se algo simples porque o calor assim o exige.

Os lápis em tons metalizados podem ser uma boa aposta, pois fogem do que é básico sem entrar, contudo, num grande domínio de complexidade.

Neste domínio, o dourado será sempre um clássico. Nunca falha! Pode ser conveniente escolher um delineador que seja à prova d’água – porque o Verão é tempo de praia, de piscina, de chorar de alegria, de calor que faz derreter.

Descobri estes irmãos gémeos separados à nascença no Let’s Talk About Beauty.

  • O Impossível – Make Up For Ever Aqua Eyes 10L (15,50€)
  • O Acessível – Sephora Flashy Liner Waterproof Flashy Copper (6,50€)

Questões de Marketing

batom

Tod@s tendemos a pensar que os produtos mais caros são os que têm melhor qualidade e a olhar de lado para o que é mais barato.

Este comportamento acontece com tudo, desde os bens de primeira necessidade até àquilo que eu chamo mariquices. É claro que há pessoas mais niquentas que outras e que com a nossa tão bem conhecida crise global temos vindo a mudar de atitude, quanto mais não seja porque a carteira encolheu e não nos deixa gastar como antes.

Com isto, temos vindo a descobrir que afinal a qualidade não tem que ser cara.

Escrevo este post porque já por diversas vezes ouvi gente céptica das minhas opiniões e escolhas quanto a cosméticos e maquilhagem, como já tive a oportunidade de falar cá no blogue. Já vos sugeri marcas e lojas que nos permitem ter bons produtos a preços muito acessíveis.

É provável que apanhemos alguns dissabores nas nossas aventuras com as comprinhas baratas, mas isso faz parte da aprendizagem e sempre que isso aconteça até é bom partilhar com o máximo de pessoas possível para que não cometam o mesmo erro.

Quando encontramos algo de que gostamos, temos que fazer a mesma coisa e divulgar a toda a gente. Neste aspecto, sou da opinião que os blogues, sites e fóruns pela Internet fora vieram dar uma grande ajuda, pois toda a gente pode divulgar a sua opinião, mostrar fotos com a aplicação dos produtos e divulgar massivamente a informação.

No entanto, continuamos a ser bombardead@s por anúncios que levam até a pessoa mais simples a desejar muito o produto xpto que faz maravilhas. E não, não pode ser de outra marca porque só o da marca xpto é que faz maravilhas! Os outros não. Ou assim pensamos!

Sabem que mais? No meio disto tudo, há cerca de meia dúzia de grandes empresas que possuem muitas outras mais pequenas.

Que significa isto? Significa que os produtos vêm muitas vezes da mesma fábrica mas têm embalagens, marcas e preços diferentes. Mas no fim vai tudo dar à mesma entidade e são sempre as mesmas pessoas a lucrar.

Não acreditam? Pois vejam:

  • A Louis Vuitton Moët Hennessy (LVMH) possui a Benefit, a Guerlain, a Givenchy, a Kenzo, a Lowe, a Sephora, a Dior, a Fresh, a MAKE UP FOR EVER, e a Acqua di Parma;
  • A L’Oréal é dona da Garnier, da Maybelline NY, da Kérastase, da Redken, da Mizani, da Shu Uemura, da Lâncome, da Biotherm, da Helena Rubinstein, da Kiehl’s, da Cacharel, da Diesel, da Yves Saint Laurent, da Vichy, da La Roche-Posay, da Innéov e da The Body Shop, entre outras marcas;
  • Já a Chanel tem a Bourjois;
  • À Estée Lauder pertencem a Clinique, a Prescriptives, a Origins, a MAC, a La Mer, a Bobbi Brown, a Tommy Hilfiger, a Aveda, a Jo Malone, a Bumble and Bumble, a Darphin, a Missoni, a Aramis, a Lab Series, a Kiton, a Donna Karan, a American Beauty, a Good Skin, a Flirt! e a Sean John;
  • A Coty é dona da Rimmel London, da Lancaster, da Davidoff, da Jil Sander, da Calvin Klein e umas poucas marcas de perfumes de artistas famosos;
  • O vosso dinheiro vai para a Proctor and Gamble se comprarem Max Factor, Covergirl, Aussie, Clairol, SK II, Olay, Braun, Gillette, Head and Shoulders, Herbal Essences, Pantene, Hugo Boss e outros perfumes;
  • Da Unilever são a Dove, a Rexona, a Axe, a Impulse, a Lux, a Ponds, a Sunsilk, a Vaseline/Vasenol e a Timotei;
  • A Beiersdorf é mãe da Eucerin, da Nivea, da Hansaplast, da Labello, da La Prairie e outras marcas.

É, ao que parece passamos séculos a revolver produtos que ao fim ao cabo são da mesma marca (serei eu ou os desodorizantes da Dove e da Rexona são iguais?) e a esmifrarmo-nos tod@s para trazer o mimo xpto que afinal até existia numa marca irmã mais barata.

Podíamos continuar a lista, mas são horas de pesquisa que vocês podem ir fazendo aos poucos: basta lerem os rótulos e pesquisarem.

Desviando para outro tema, ao lerem os rótulos também descobrem o tipo de porcarias que andam a meter na pele. Assunto para outros posts!

Cabe a cada um ler as críticas das outras pessoas, ler os rótulos, conferir os preços, experimentar, descobrir qual o produto que melhor se adequa à pessoa em si (e se não funcionar, na maior parte dos casos até dá para trocar na garantia. Se não der, em vez de o deixar a apodrecer numa gaveta qualquer dá-se a uma pessoa próxima que o utilize), vasculhar nos saldos, em outlets ou em sites do ramo se vamos mesmo optar pelo produto da marca xpto.

Sempre que possível, antes de comprar, peçam amostras! Eu juro que não é uma estratégia de pedinchões e eu faço-o muitas vezes. Tenham o cuidado de pedir amostras só quando querem realmente experimentar um produto. Muitas vezes, até as podem pedir na Internet, na parte dos contactos de cada empresa: sejam específicos e descrevam o que procuram. Não se esqueçam da morada e enviem feedback assim que experimentarem!

Afinal, nem tudo o que parece é e nos dias que correm temos que ter cada vez mais cuidado com o que nos entra pelos olhos e pelos ouvidos.