Como já se pôde ver pelo post anterior, há duas noites houve jantar de bloggers. Foi uma pena não ter ido mais gente, mas o nosso grupinho de onze pessoas fez a festa.

Quando lá chegasse, só iria reconhecer a Cat e o Jedi, pois são as pessoas cujos blogues leio mais e já tinha visto fotos. Tive algum receio que se formassem grupinhos e que houvesse pessoal a ficar de parte, mas isso não aconteceu! Quando cheguei ao restaurante (D’Alma Lounge nunca mais, livra!), não houve mariquices nem coisas do género e começámos logo a falar. Estava um calor insuportável, as mesas estavam num sítio horrível, mesmo à porta, com assentos tipo sofá dum lado (óptimo para refogar) e cadeiras super instáveis do outro. Ah, a malta nem sequer conseguia pôr os pés no chão, que a mesa e os assentos eram altos. Até serviu para criar conversa, portanto nem tudo foi mau.

Falámos de tudo e mais alguma coisa, fizemos caretas ao jantar, não tivemos direito a sobremesa, houve direito a anedotas nojentas e leu-se a carta que o nosso Pedro (ahh, homem! Da próxima não queremos cartas, queremos a tua presença! Mas foi muito linda, sim foi), que infelizmente não foi, escreveu. Eu sei, a malta quer mais pormenores, mas azarinho o vosso – quem não foi vai ficar a especular!

Ainda fomos ao Bairro Alto, enjoámos da Eye of the Tiger, e houve partilha de ideias.

Passando à malta, o Jedi foi um óptimo “anfitrião”. Tratou toda a gente muito bem, é bastante acessível (eu juro que estava à espera de uma pessoa bastante formal e isso meteu-me medo!) e espero que já esteja a planear e organizar o próximo jantar que este foi óptimo. Não conhecia a Rita, mas foi fácil estabelecer conversa pois estava próxima de mim na mesa. Adorei conhecê-la, é bastante simpática e está num curso fofinho. Só por nos aturar já merece um prémio! Já tinha passado uma ou outra vez no blogue do Dexter, mas não fazia ideia de quem era tal pessoa. Ah, um advogado sem ar de advogado, tal como o Zica, mas são ambos excepcionais. Vá, quem os ouvisse falar das coisas do trabalho deles lá lhes dava crédito, porque fora isso, advogados? Quem?
A Odalisca e a Zaahirah, para mim, eram a mesma pessoa. A sério, eu confundia-as aqui na blogosfera! Na realidade, não têm nada a ver uma com a outra. A Zaahirah é fofinha, e não duvido que a Odalisca o seja. Mas é muito caladinha! Ou pareceu-me só? Gostava de a ter ouvido mais! Depois, havia o Johnny. Johnny, quem é o Johnny? Pouca gente o conhecia, mas lá marcou presença e mostrou ser boa pessoa. A dada altura lá fiquei contente por ver o meu homem a socializar com ele! Por último, mas não menos importantes, a Cat e o namorado. Tinha a certeza que ia adorar conversar com ela, pois tem um dos melhores blogues que leio e sempre me pareceu ser uma menina super querida, colorida e animada! Não me enganei. Tive a sensação que a gente já se conhecia, pois quando tivemos oportunidade de conversar senti-me como um peixe na água.

Quem não foi, perdeu imenso!
Correm por aí rumores de que houve alguém a ficar sem um rim, mas não se assustem, não é verdade! A gente não morde, é tudo pessoal espectacular. Quem tinha receios deste tipo, espero que tenham ficado mais à vontade e que vão ao próximo jantar!
É que a Internet, como a Zaahirah disse no blogue dela, não é um sítio assim tão perigoso como muita gente diz e também serve para encontrar novas pessoas e criar laços. A blogosfera é assim, quer queiram quer não. Involuntariamente, acabamos por criar afinidades com as pessoas que vamos lendo e que nos lêem todos os dias.

P.S. – Faltam as fotos da Cat, mas as que foram tiradas com a minha máquina é só pedir ou então pedir ao Jedi, que já as tem!

13 comments on “Sobre o Primeiro Jantar de Bloggers II”

  1. Dexter: Não estás nada! Lá porque tens o copo na mão não quer dizer que tenhas cara de bebedolas. Tens é cara de puto 😛

    Venham mais!

    Beijinho

  2. Pois tenho! E gosto disso! 🙂

    Mas n é por ter o copo…tou com a cara meio torta…devia ser mesmo da cerveja à descrição que havia no jantar…:p

  3. Dexter: ficaste bem, pah! 🙂

    Guida: foste das pessoas que mais gostei conhecer porque tbm eras assim como eu te imaginava, um amor. Falámos super bem, super à-vontade, adorei 🙂 (Assunto resolvido aquele? A sério? :))

  4. Cat: Sim, sim! E para próximo ainda há-de ser melhor e havemos de falar mais! Cheira-me até que já há algumas ideias do sítio 😛

    E sim, já resolvi tudinho com o meu rabugento 😛 É até à próxima turra, é a história do costume 😛

    Beijinho

  5. Que giro =)
    Há mil anos que não faço uma coisa dessas… acho que as únicas vezes que fui a uma coisa do género, foi já há alguns 5 ou 6 anos, quando o IRC organizava mil e um jantares de canais!
    Pode ser que numa próxima oportunidade também possa ir ^.^

    Beijinho

Deixar uma resposta