Já passaram mais de quatro meses desde o início do desafio do meio ano de abstinência e desde Julho que não vos digo nada. Na minha perspectiva, está a correr muito bem.

Perdi a conta aos produtos de cabelo, banho, hidratantes e batons do cieiro que terminei. Também acabei pós compactos. Já se sabe como é o verão, há muitos banhos acrescidos e uma luta constante contra a oleosidade da zona T do rosto. Devia ter guardado todas as embalagens para vos mostrar, mas convenhamos que em tempo de férias ninguém gosta de carregar lixo de um lado para o outro. Houve algumas embalagens que guardei em vez de colocar no ecoponto: os boiões de manteiga corporal e esfoliante da The Body Shop, que hão-de fazer jeito para outras coisas cá em casa. Posso dizer-vos que nestes dois meses em que não vos contei como corre o meu desafio, consegui ficar com duas gavetas vazias!

Desde o post de Julho, só precisei de repor um produto. Precisei de comprar uma base de verniz para unhas porque cheguei ao fim do frasco que tinha. Era da Cliché, horrível (mais uma prova de que à excepção dos vernizes coloridos, mais vale investir), e foi substituída pela base 002 da Mavala no fim-de-semana passado. Para já, estou a adorar.

Concluí que, definitivamente, não vale a pena pensar que vou conseguir terminar produtos de maquilhagem como sombras e batons porque estes acontecimentos são raros e demoram anos a acontecer, a menos que se trate de algo muito específico que utilizamos todos os dias. O melhor é mesmo pensar duas, três vezes, as vezes que forem necessárias antes de comprar o que quer que seja porque podemos já ter algo igual ou nem sequer vir a dar muito uso. Quando estas problemáticas surgem, não há nada como oferecer o que por cá temos parado ou repetido. Aposto que a minha prima de 14 anos tem ficado feliz com algumas maquilhagens bonitas e novas (ou quase novas) que lhe tenho dado.

Falemos de batotas. Eu confesso, sou uma pecadora e fiz batota ao desafio uma vez. No entanto, não foi nada desastroso. Comprei um perfume genérico a uma amiga que os estava a vender. Nestas alturas, queremos sempre ajudar, não é (ou então sou eu a tentar desculpar-me!)? 10€/100ml, não me pareceu um grande estrago por um perfume que posso usar diariamente (embora não me fizesse falta).

O meu maior medo agora é o facto de me ter inscrito (novamente) como revendedora da Avon e ter a tentação sob forma de catálogo cá em casa. Não vos vou mentir, pedi algumas coisas para mim e hei-de mostrá-las depois. Como não quero tornar isto no caos mais uma vez, estou a pensar em criar um método em que possam ser vocês a testar as novidades (interessa-me muito ter feedback sobre os produtos que vão aparecendo porque muitas vezes as clientes fazem perguntas e há produtos que não têm amostras para eu lhes poder dar). Que vos parece?

5 comments on “Sobre o meio ano de abstinência de compras de cosméticos

  1. Ja sigo seu blog, e ja gosto muito. Venho aqui pela parte da querida blogger Tanya, pela partilha dela do seu blog no facebook dela. 🙂 Tao bom quando nos ajudamos umas as outras na partilha dos blog que gostamos e seguimos.
    Ja ganhou uma seguidora atravez do bloglovin e da sua pagina facebook, parabens pelo blog, esta muito bom!
    Tem GFC?
    Beijinho de Toronto
    http://claudiapersi.blogspot.ca/

    • Olá Cláudia, que bom saber destas coisas <3 Obrigada pelas visitas e pelo feedback 🙂 Não tenho GFC porque só existe para Blogger e eu estou noutra plataforma. Vou espreitar o seu blog, Toronto é uma das minhas preferências se tiver de sair do país futuramente 🙂

      Beijinhos grandes

      • obrigada so agora vi sua mensagem. Eu gosto muito de viver em Toronto. Ja vivo no Canada ha mais ou menos 25 anos. 🙂 Nao faz mal se nao puderes seguir o meu blog. Eu sigo o teu na mesma atravez do Bloglovin e do facebook.:) Beijinhos

Deixar uma resposta