sapatos salto alto nude pump stiletto oasap review moda ootd look do dia

A paciência para as compras online também poderia ser um bom título para este post.

Calculem vocês que encomendei estes sapatos no início de Julho no Oasap e só agora é que eles apareceram.

Não precisam de desatar já a fugir, que o Oasap não costuma fazer matreirices destas. Como já vos contei, o tempo médio de espera por uma encomenda ronda as duas semanas.

Nesta situação pontual, já estava a pensar que ia precisar de me meter em sarilhos com o apoio ao cliente.

Se bem se lembram, este ano houve Jogos Olímpicos em Londres e, graças a isso, todas as encomendas expedidas do Reino Unido (caso do Oasap) ficaram bastante atrasadas.

Depois das férias, foram os carteiros que resolveram ter má vontade e precisei de fazer várias reclamações.

Uns teimavam que não entregavam correspondência na morada antiga (qual morada antiga, se se manteve tudo igual à excepção do número de prédio, que está escrito nas duas versões, à entrada do prédio?), mas as contas apareciam cá todas.

Outros entregavam correspondência que não estava destinada à nossa rua. Não quero imaginar o que posso ter perdido pelo meio da história. Adiante, já estava a contactar o apoio ao cliente do para explicar a situação.

Eles não tiveram a culpa que os Jogos Olímpicos fossem em Londres, e inclusivamente arranjaram meios de expedição alternativos quase no fim de Julho (pelo que já tinha recebido encomendas que fiz posteriormente).

Contudo, eu também não tenho a culpa que dum momento para o outro arranjem entraves à minha morada. Mas tudo se resolveu pelo melhor.

Não foi preciso reenviar a encomenda, que na semana passada chegaram estes pequenos. Sabe Deus o quanto os aguardava! Não tinha nenhuns sapatos rosa-nú e já tinha ouvido dizer coisas boas sobre este modelo.

O salto é fino mas não é muito alto, e apesar de a biqueira ser pontiaguda consigo ter estes sapatos calçados todo o dia sem que os meus pés sofram.

Acho que em breve a versão vermelha e a versão preta vêm fazer-nos companhia.

4 comments on “Oasap – Os sapatos desaparecidos”

Deixar uma resposta