178438_350_A

Quer dizer, é mais ou menos isso. Pensavam que o drama dos ténis e sapatilhas tinha terminado? Eu também, mas afinal parece que não. Quanto às sapatilhas do género das Fred Perry que comprei, logo falaremos. Percebi que até podem ser muito boas aliadas em tempo de nem-carne-nem-peixe. À parte disso apercebi-me que… Não, estas sapatilhas não dão para fazer exercício físico. Que desperdício! Já me mentalizei que ficaria com elas feitas num oito em menos de nada, e de qualquer forma não são mesmo adequadas para o que pretendo.

Passo a explicar, não que não tenha já falado nisto milhentas vezes. Sinto-me que nem uma alforreca e preciso mesmo de me mexer se quero mudar. Até tenho uma corda toda xpto, com pesos nas pegas, que nunca utilizei. Tenho vários circuitos de manutenção e parques perto de casa. Tenho a resistência de um caracol. Agora até descarreguei uma aplicação chamada Zombies, Run!, que promete muitas horas de diversão a par de bom e saudável exercício físico. Só me falta mesmo o fato de treino (que se arranja facilmente) e uns ténis à maneira.

Como sou toda maricas, encontrei estes Reebok em amarelo e cor de rosa que me pareceram o pingo de motivação que faltava para pôr mãos (e pés) à obra.

Eu sei que são pirosos, e que só de os ter calçados num cenário de apocalipse zombie nenhum deles se chegaria ao pé de mim com nojinho de tanta cor, mas eu adorei. A propósito, já alguém jogou Zombies, Run!? Que aplicações de exercício recomendam para o Android?

Deixar uma resposta