image002

Há cerca de duas semanas, tive a oportunidade de conhecer em primeira mão uma novidade que promete revolucionar o mundo dos cuidados para as peles maduras. A obra, a linha Revitalift Laser X3 da L’Oréal Paris, foi resultado de anos de experiências e comparações com sessões de Laser CO2 Fraccionado. Os testes foram feitos em dois grupos de mulheres entre os 35 e os 55 anos: metade realizou uma sessão de laser e a outra metade utilizou os produtos Revitalift Laser X3 durante oito semanas. Os resultados entre os dois grupos foram semelhantes: houve um melhoramento das micro-rugosidades da pele e uma redução da profundidade das rídulas.

_MG_4436

A nova linha é composta por três produtos: um sérum, um cuidado de olhos e um hidratante. Em breve, chegam ao mercado português e cada um tem o PVP recomendado de 30,00€. Ainda não cheguei à idade de utilizar este tipo de produtos, mas para além de os ter dado a quem os pôde testar, também tirei algumas conclusões.

_MG_4694

Inicialmente, nas costas da mão, os produtos da linha pareceram-me muito leves (incomum em linhas de tratamento para peles maduras, que costumam ser secas) e de rápida absorção. A pele fica mais lisa e aveludada de imediato. Os três produtos têm uma fragrância floral que, embora seja agradável, é intensa e pode ser um entrave à utilização, especialmente nos primeiros dias.

A opinião que tive de quem experimentou correspondeu ao que eu já esperava: tratando-se de uma mulher na casa dos 50 anos com pele seca, relatou que mesmo utilizando o sérum e o hidratante em conjunto, sentiu a pele a repuxar. Como sou cusca, tive de experimentar também. Tenho a pele da zona T oleosa e estes produtos são realmente leves e não agravaram o meu problema. Deparei-me com algo que acontece com alguns primers e hidratantes em gel: quando apliquei a base de maquilhagem, formaram-se alguns “grãos”. Quanto à questão dos resultados no combate aos sinais de idade, é óbvio que ainda não consigo dizer nada.

Penso que a linha Revitalift Laser X3 fará sucesso entre as peles maduras e oleosas, que acabam por ter poucos produtos adequados às suas necessidades no mercado. Neste caso, os produtos parecem ser muito bons. No entanto, creio que o PVP está muito elevado para produtos que estarão disponíveis em super e hipermercados. Por um lado, quem pode investir mais neste tipo de produtos mais facilmente recorre a marcas de farmácia/perfumaria, que acabam por não ser muito mais caros. Por outro, as pessoas que compram os seus cosméticos no supermercado esperam gastar, no máximo, cerca de metade do preço recomendado. O que vale é que é frequente haver promoções e descontos quando há lançamentos deste tipo. Creio que no Facebook da L’Oréal também está a decorrer uma iniciativa para que possam ser das primeiras mulheres experimentar a linha Revitalift Laser X3.

Estejam atentas e, se experimentarem, digam-me de vossa justiça.

Deixar uma resposta