amorasQuando era mais novinha, lembro-me que a certa altura do ano, quando fazia calor, havia paparotes.

Tenho a certeza que muit@s de vós passaram pela mesma experiência e, para quem não sabe, os paparotes são uma mistura de amoras esmagadas com açúcar.

Há quem os coma nas folhas ou, para as pessoas mais niquentas (como eu, claro está), vai à colher, da tigela.

Agora é raro encontrar amoras por aí e as do supermercado custam os olhos da cara, tal como qualquer outro fruto silvestre.

Para além disso, nem sequer sabem ao mesmo. As congeladas e os doces de amora não são opção, nem sugiram tal blasfémia.

Fazer o quê? Ficam na memória até à próxima vez…

2 comments on “Paparotes”

  1. na aldeia onde os meus pais tem casa, no verão há sempre amoras lá pelos campos perdidos e eu costumo sempre aventurar-me pelo meio das silvas para ir buscar um saco cheio e depois sentar me no sofa a come-las. LOOOL, volto sempre com uns arranhões mas compensa muito. Quanto a esmaga-las com açucar nunca provei, como-as ao natural mesmo

Deixar uma resposta