Christmas Tree por Armene

Desejo a todos vós um santo Natal, um gordo Natal, um grande Natal, um feliz Natal, um próspero Natal, um com-a-família Natal, um fresco Natal, um Natal com tudo aquilo que poderiam desejar!

Porque, para mim, esta é a festa da família e, antes de pensar nas prendas e rasgar os papéis dos embrulhos, temos que pensar naqueles que nos rodeiam e, mais que nunca, dar todos os miminhos do mundo!

Beijinho, feliz Natal para ti que me lês!

Corrector de Imperfeições Perfeito


Já por várias vezes as pessoas que me vêem arranjar a cara de manhã me perguntaram por que é que eu não misturo o creme Benamôr com a base, visto que apregoo tanto as boas propriedades do dito produto. A verdade é que, por muito bom que seja, este creme só é bom para pôr após o tónico, visto que se o misturarmos com base obtemos uma pasta demasiado grossa para espalhar na cara toda. Se experimentarem, vão ver que a textura da base e do creme em conjunto se vai assemelhar mais ao corrector de imperfeições. Para muitas de vós, se calhar não compensa gastar balúrdios num corrector de imperfeições quando têm este creme que podem misturar com a base.

Boa ideia, nã0?

Diz-me o que Ouves, Dir-te-ei Quem És!

Encontrei aqui uma brincadeira engraçada que consiste em responder a uma série de questões apenas com nomes de músicas ou álbuns de uma banda. Eu escolho os Apocalyptica!

1. És homem ou mulher?
Grace (com Hotei Tomoyasu)

2. Descreve-te.
Heat

3. O que é que as pessoas acham de ti?
From Out of Nowhere (cover de Faith no More!)

4. Como descreverias o teu último relacionamento amoroso?
Betrayal/Forgiveness

5. Descreve o teu actual relacionamento com @ namorad@ ou pretendente.
Faraway Vol. 2 (com Linda Sundblad dos Lambretta)

6. Onde querias estar agora?
Somewhere Around Nothing

7. O que pensas a respeito do amor?
Drive

8. Como é a tua vida?
Reflections

9. O que pedirias se pudesses ter apenas um desejo?
Hope

10. Escreve uma frase sábia.
I’m Not Jesus (com o Corey Taylor dos Slipknot e Stone Sour, entre outras)

11. Agora diz adeus!
Farewell

Convido-vos, agora, a responder ao mesmo questionário e façam-me saber se responderem! Vejam os vídeos, não perdem nada, as músicas dos Apocalyptica são muito bonitas!

Chamem o 112![:en]Call 911!

Nurse por Murat Süyür

Ou não. As emergências calham a toda a gente, e algumas delas têm soluções fáceis, como as que que aqui vos mostro.

1. Acabou o amaciador? Faça o favor de esmagar um abacate e aplique no cabelo após enxaguar o cabelo. Em alternativa, pode utilizar maionese. Deixe no cabelo por 15 minutos e enxague.

2. O rímel deu o berro? Aplique um pouco de vaselina nas pestanas, com ajuda dos dedos.

3. Acabou a base? Nada que pó solto ou corrector de imperfeições e creme hidratante não resolvam. Misture um pouco de pó solto ou corrector com um pouco de creme hidratante e aplique na cara.

4. Não há creme de barbear para fazer a depilação? Use amaciador do cabelo. Aliás, é o que faço sempre.

5. Tem cabelos rebeldes e o desfrizante acabou? Creme hidratante ou bálsamo labial resolvem o seu problema. Espalhe um pouco nas mãos, para não correr o risco de ficar com o cabelo como se o tivesse mergulhado no tempero da salada, e aplique um pouco por todo o cabelo. Esta é, também, uma boa forma de definir caracóis, eu aprovo!

6. Não tem batom? Use blush. Sim! Aplique blush em pó ou em creme nos lábios, com o dedo. Para ajudar, pode usar bálsamo labial, que dá uma textura mais suave. Ao que parece, pode também fazer o processo inverso e usar batôn como blush. Só tem que ter em conta que os batôns têm muito mais pigmentos que o blush, e portanto tem que ser usado com cuidado. Use uma quantidade mínima e ajude a esbater com creme hidratante.

7. Não tem sombra? Use pó bronze. Os tons de pó bronze assentam bem em qualquer tonalidade de pele. Aplique com a ajuda de um cotonete.

8. Acabou a laca? Use gel. Espalhe um pouco de gel nas mãos, aplique no cabelo e, para manter o cabelo no lugar, use o secador.

9. Não tem óleo para as cutículas? Use óleo de bebé. Ou azeite.

10. Acabou o corrector? Use os resíduos de base que ficaram depositados nas bordas ou na tampa do frasco ou da bisnaga. Como foram perdendo o hidratante que o resto da base tem, ficam mais concentrados, assemelhando-se ao corrector.

11. Não tem eyeliner? Use sombra. Molhe um pincel fino e use a sombra, da mesma forma que faria com o eyeliner. Esta dica já foi referida aqui.

12. Acabou o creme dos pés? Use vaselina.

Espero que as dicas façam jeito!

[:en]

Nurse por Murat Süyür

Or maybe not. Emergencies happen to everyone, and some of them can easily be solved, like these ones I’m showing.

1. Out of conditioner? Mash an avocado and apply on your hair after shampooing and rinsing it. If there’s no avocado, use mayonnaise. Let it settle for 15 minutes and rinse with water.

2. Your mascara passed away? Try using vaseline.

3. Foundation is over? Try mixing loose pouder or concealer with moisturiser and apply.

4. No shaving cream? Try using conditioner. That’s what I always do.

5. You got rebel hair and there’s no defrizer? Body lotion or lip balm will help. Spread a bit on your hands, you don’t want to get greasy oily hair. Carefully apply on your hair, avoid touching the roots. This is a great way to define curls too.

6. Left your lipstick at home? Use blush. Yes! Apply it with your finger, on your lips. You can use lip balm to get a smoother surfase. You can do the inverse and use lipstick as blush too!

7. Ran out of eyeshadow? Use bronzer. Bronzer looks nice on every skin tone.

8. No hairspray? Use gel. Spread some on your hands and apply. To make it look like hairspray, use a hairdrier.

9. Got no cuticles oil? Use baby oil, or olive oil. Or vaseline!

10. Found out there’s no concealer? Use those foundation bits that piled around the container’s hole. They lost moisture, so they’re thicker than the foundation in the container.

11. There’s no eyeliner? Use eyeshadow. A wet thin brush will do the work.

12. There’s no cream for your feet? Use vaseline.

Fujam, marcas brancas![:en]Go away, bikini marks!

Tan Line por Sara Garza

Todas nós sabemos qual é a chatice de usar tops sem alças no Verão ou ir a uma festa que requer uma indumentária especial quando se apanhou sol e ficaram as marcas brancas do biquíni. Para este problema, existem duas soluções:

1. Fazem como eu e tornam-se naturistas (ou, pelo menos, nos sítios onde é possível e não há voyeurs);

2. A bela solução que muita gente não conhece: com um pincel pequeno e achatado, passa-se base nas ditas linhas brancas do bronzeado, muito bem espalhada para não se notar. Depois, quando estiver posta a base, com um pincel farfalhudo, como os do blush, passa-se pó bronze no decote, para unificar o tom da pele.

Aqui está uma coisa que não é muito complicada de fazer e que apresenta bons resultados! Divirtam-se!

[:en]

Tan Line por Sara Garza

We all know what happens when we use strapless tops in summer or going to a party that requires special dressing when you caught too much sun and you got bikini marks. For this problem, there are two solutions:

1. Do like me and become naturists (or, at least, where it’s possible and there’s no one around);

2. Grab this good solution most people don’t know: use a small and fat brush to apply some foundation on the bikini marks, carefuly, because we don’t want it to be noticeable. Then, use a fluffy brush to apply bronzer on the cleavage, to even the skin tone and texture.

A Carlinha é que Sabe, e a Guida Aprova![:en]Carlinha Knows Best and Guida Approves!

Foto por Carlinha

A dica que vos trago hoje funciona mesmo e foi dada pela Carlinha do Retalho de Lua.
Ao invés de usarmos esponjas e géis de banho que, para além de muitas vezes serem um grande desperdício e acabarem por ir parar ao lixo as esponjas ou puffs velhos, muitas vezes feitos de derivados do petróleo, bem como as embalagens gastas de gel de banho, o que nos é proposto é que metamos um sabonete num saquinho de tule. Simples, não é? O efeito vai ser exactamente o mesmo que o dos puffs e, se o tule for grossinho, até dá um bom esfoliante. Perfeito, não é? Para mim, ainda há outra grande vantagem. É que sou alérgica à maior parte dos géis de banho e, por esse motivo, sou forçada a usar sabonete grande parte das vezes. Com esta ideia do saquinho do tule, ainda ganho outras vantagens!

As pessoas cá de casa andam cépticas, mas eu creio que vão mudar de ideias rapidamente!

Obrigada, Carlinha!

 

TRANSLATION

Carlinha Knows Best and Guida Approves!

Today’s trick really works and was given by Carlinha from Retalho de Lua.
Instead of using sponges and shower gels, which are huge wastes (even old sponges and puffs usually go to trash!) and almost always derivate from petroleum, Carlinha tells us to store a soap in a bag made from rough fabrics like the one in the picture. Easy, isn’t it? It will be as good as a puff and if the fabric is thick you’ll even get a good scrub. Perfect, no? There’s even another advantage for me. I’m allergic to lots of shower gels and for that reason I almost always use soap. This way, it’s easier to grab my soaps.

People at home aren’t convinced yet, but I think they’ll change ideas soon!

Thank you, Carlinha!

[:en]

Foto por Carlinha

Today’s trick really works and was given by Carlinha from Retalho de Lua.
Instead of using sponges and shower gels, which are huge wastes (even old sponges and puffs usually go to trash!) and almost always derivate from petroleum, Carlinha tells us to store a soap in a bag made from rough fabrics like the one in the picture. Easy, isn’t it? It will be as good as a puff and if the fabric is thick you’ll even get a good scrub. Perfect, no? There’s even another advantage for me. I’m allergic to lots of shower gels and for that reason I almost always use soap. This way, it’s easier to grab my soaps.

People at home aren’t convinced yet, but I think they’ll change ideas soon!

Thank you, Carlinha!

A Guida Recomenda A Outra Face da Lua


Sendo eu uma amante declarada do Vintage, penso que até já venho atrasada na minha sentença à Outra Face da Lua. Para quem não conhece, A Outra Face da Lua fica na Rua da Assunção, na baixa de Lisboa, e é um espaço que tem um café com esplanada bastante agradável e uma loja de artigos vintage muito bonitos e a preços bem acessíveis!

Não perdem nada em ir lá fazer uma visitinha, ou várias! E aproveitem, porque estão a decorrer as promoções especiais de Natal, onde podem encontrar miminhos para vocês e para aqueles que vos são queridos!

Boas compras!

A Elite é que sabe… E a Guida Aprova![:en]Elite Knows Best… And Guida Approves!

Há já algum tempo que andava a ganhar coragem para dispensar um tempinho todas as manhãs para pôr base na cara. Acontece que não me apetecia nem ficar com cara de boneca de cera nem perder uns 15 ou 20 minutos do meu precioso tempo de ronha na cama! Pois então não é que me lembrei que a Elite aqui há uns tempos publicou uma dica preciosa no que toca a bases na cara e correrias pela manhã?

Ao que parece, se misturarmos um pouco de base e outro tanto (eu uso um pouco mais de) creme hidratante na mão é bastante mais fácil aplicar a dita base na cara, com os dedos. Que must!

Obrigada, Elite!

[:en]

I must confess I was trying to find some time to apply foundation on my face every morning, but I didn’t really want to look like a doll or losing 15 or 20 minutes of precious time I could have spent lying in bed! That’s when I remembered Elite published this great trick about foundation and maratons in the morning some time ago.

It seems that, if we mix a part of foundation and other part of hydrating cream on the back of our hand it’s way much easier to apply it with our fingers.

Thank you, Elite!

O Complexo do Arafat[:en]The Arafat Complex

Hoje venho falar-vos de um assunto que já tem dado pano para muitas mangas, ou babetes, e que tem enchido os ouvidos das pessoas que me conhecem.

De há uns tempos para cá, verifico que toda a gente passou a usar aquilo a que vulgarmente chamamos lenços à Arafat desmesuradamente, sem qualquer preocupação alguma sobre a forma como o colocam ou se se adequa ao tipo de roupa que trazem vestida. Não quero parecer snob com o que vou comentar neste post. Acontece que estou farta de ver tanta poluição visual. Sim, eu gostava (e continuo a gostar!) de ver os ditos arafats (ou keffiehs) nos senhores palestinianos (política de lado, quando se pensa em Palestina pensa-se em senhores com keffiehs!) e aplicados ao vestuário do resto da população mundial… Quando são devidamente utilizados!

Caros leitores, sobre o uso dos arafats e semelhantes lencinhos mal utilizados (na minha humilde opinião!) tenho a dizer que:

1. Usar um arafat sem saber a história do mesmo só mostra (muita) ignorância por parte de quem o usa. É verdade, estes lenços começaram por ser usados pelos beduínos para que pudessem ser identificados como elementos da mesma comunidade, e era extremamente útil porque os protegia das tempestades de areia, típicas do deserto, e de outros fenómenos meteorológicos. Nos dias que correm, os keffiehs são símbolos nacionalistas da Palestina.

2. A sério, se o item acima não vos faz mudar de opinião, pelo amor de Deus, (e penso que esta parte é mais importante para as meninas ou mulheres) digam-me onde é que fica o encanto de um vestido, por exemplo, com o lencinho à volta do pescoço a estragar a “paisagem”. Sim, a moda somos nós que a fazemos, mas os arafats com vestuário feminino não me entram pelos olhos dentro. Desculpem!

3. Por último, e não menos importante, não há coisa pior do que ver os lencinhos mal-enjorcados à volta do pescoço. Se ninguém disse isto antes, digo eu: esses lenços xadrez que as pessoas, principalmente os jovens, gostam tanto, parecem umas toalhas de piquenique ou babetes! Provavelmente, a nossa sociedade está a tornar-se tão activa que, para perder ainda menos tempo com mariquices, principalmente à hora da refeição, anda de babete a tempo inteiro!

SOCORRO, tirem-me deste filme e ponham-me num desenho animado, porque os meus olhos não suportam tamanha desgraça! É como acordar e ver o mundo de pernas para o ar!
P.S. – Com este post, não pretendo, de forma alguma, ofender ninguém com crenças e opiniões diferentes da minha! Pelo contrário, gosto do debate e se têm algo diferente do que aqui escrevi para dizer, o botão dos comentários fica mesmo aqui por baixo!

[:en]

For a while now, I have been watching everybody wearing what we usually call Arafat scarves without even bothering how they wear them and if they match with the clothes they wear. I do not want to sound snob with what I am going to say on this post. Happens I am tired of all this sight pollution. Yes, I loved (and I still enjoy!) to see those keffiehs being worn by old palestinian men (politics appart, when you think of Palestine you think about men wearing keffiehs!).

Dear readers, I must say this about the use of keffiehs and similar scarves you insist on wearing:

  1. Wearing a keffieh without knowing its history only shows your ignorance. The truth is these scarves started being used by beduines so that they could be identified as members of the same comunity, and it was extremely useful because this way they got protected from sandstorms and other weather conditions. Nowadays, keffiehs are nationalist symbols of Palestine.
  2. Really, if the first point did not change your opinion, for God’s sake (and I think this is the most important part for little and not so little ladies), tell me where is the charm of a dress, for example, with that scarf around your neck spoiling the entire picture. Yes, fashion is made by us, but keffiehs with feminine clothes are something I do not really like. I am sorry!
  3. At last, but not least, did anyone tell you keffiehs look like picnic towells? I understand the theory, our society is so active that we now wear keffiehs to replace napkins when we have a meal.

Somebody please HELP ME, take me out of this movie and put me in some cartoons, because my eyes cannot stand such a crime! It is like waking up and seeing the world upside down!

 P.S. – With this post I do not want, in any way, to offend any of you who has different beliefs and opinions than mine!