Red Carpet Orly

Há anos que ando a catrapiscar um certo verniz da Orly. É o Red Carpet, um vermelho aberto com purpurinas qb. Na minha opinião, é txanã sem ser pindérico. Mesmo com os brilhantes, acaba por ser relativamente discreto.

Se podia tê-lo comigo há mais tempo? Podia, mas pensei cá para mim que tenho vernizes vermelhos a mais. Não se justificava o investimento, até porque quando o encontrava por cá, era sempre no tamanho maior (não se justificava mesmo, repito: tenho milhentos vernizes vermelhos).

Já o tinha experimentado uma vez e a qualidade não decepcionava: boa pigmentação e durabilidade, secagem rápida (embora esta questão seja irrelevante porque uso um topcoat especial para o efeito)… Que mais se pode pedir?

Sendo um capricho, fui esperando, esperando, mas nunca esqueci o bendito colorito. Na Expocosmética, procurei por ele. Sem sucesso. Acabei por encontrá-lo na Fapex (o pequenino de 5ml), e já que estava a bom preço, comprei também o Thinner (o conjunto ficou abaixo dos 12€). O Thinner é uma espécie de óleo de banana, mas mais sofisticado e elaborado para garantir que os vernizes não se estragam.

Lá me rendi, e não me arrependo. Agora, se gastar o frasquinho inteiro talvez (talvez!) invista no tamanho maior do verniz. E vocês, gostam da cor?

Red Carpet Orly Thinner

Deixar uma resposta