A Guida já sofre de algumas alergias manhosas desde bebé. Por isso, e num tempo em que as fraldas descartáveis ainda não eram assim tão famosas por estas bandas nem se comparavam ao que encontramos hoje no mercado, tudo o que era fraldinhas e cremes tinha que ser de marcas especiais.

Não há muitos anos, era possível encontrar cá por casa caixotes de fraldas Fissan reaproveitados. Sim, caixotes! Eram o último grito das fraldinhas descartáveis e eram as únicas que não eram agressivas com a pele dos bebés alérgicos, mas não existiam em Portugal. Por isso, tinha que ser feita uma encomenda, e lá vinham caixotes de fraldas da Alemanha. Igualmente bons eram os cremes e champôs, e esses havia com fartura nas farmácias (e consta que tinham qualidade superior em relação à Mustela, pelo menos cá em casa) e, depois, nos supermercados. Há bem pouco tempo, há coisa de um ou dois anos, lembro-me de encontrar Fissan com facilidade na secção de puericultura de qualquer supermercado.

Hoje sei que só posso usar champô de bebé e é quando estoiram as alergias que me questiono sobre o que terá acontecido para a Fissan ter desaparecido de Portugal. Há outras opções, hoje em dia é possível verificar uma grande qualidade na maior parte dos produtos para bebé, é lógico, mas o cheirinho dos produtos Fissan é único.

Alguém sabe por que é que já não encontro nada desta marca nos supermercados? Alguém sabe onde os posso encontrar?

É nestas alturas que me sinto burrinha…

8 comments on “O que Aconteceu à Fissan?

  1. eu sei o que aconteceu, a minha mae trabalha para a companhia que era dona da fissan , mas trabalhava na sanex..
    eles fecharam a fissan pelo menos em portugal, como tbn acabaram com o dumdum, venderam a nobre a panrico, a sanex e a bimbo foram para a vileda .. a minha mae ainda continua na companhia e muito bem empregada felizmente ^^

  2. olá
    tb eu andei à procura de produtos fissan mas não encontrei como é obvio.
    Será que alguem já encontrou produtos similares? alguma marca que substitua a fissan? Se sim por favor digam-me qual…

Deixar uma resposta