Não, este post não tem nada a ver com a Shakira, mas o Tigre é lindo e a Guida é louca por ele. O Bálsamo Tigre! Conhecem?

Ainda no tempo do meu outro blogue, o Ego, andei às aranhas c0m o bálsamo que a minha avó tinha e que fazia bem à constipação, pois não me lembrava de mais pormenores. Simplesmente, queria adquirir um pela piada e pela nostalgia. Não me lembrava do nome do creme com o cheiro a eucalipto com mais qualquer coisa (canela!) e no chinês já não o vendiam. O post até está aqui no blogue, e quem me ajudou a resolver o mistério foi a Ana! Encontrou o dito cujo à venda e até me enviou um boiãozinho de presente. Já lá vão quase três anos e não tenho como agradecer, porque o Bálsamo Tigre é bom de mais e já não consigo viver sem ele. Não consigo, mesmo!

Ó Guida, mas que bálsamo e que tigre são esses?

Resolvido o mistério do creme que os aliens tinham raptado, é claro que tive de me debruçar sobre o assunto e fazer uma pesquisa sobre o produto e todas as suas potencialidades. Ao que parece, o Bálsamo Tigre é mesmo muito velhinho e tem este nome porque, inicialmente, havia mesmo osso de tigre na sua constituição. Hoje em dia, todos os ingredientes são de origem vegetal e a bem dizer existem duas grandes variedades do produto, independente das marcas que o fabricam: o Bálsamo Tigre branco e o Bálsamo Tigre vermelho (o que a Ana me ofereceu).  Ambos contêm os mesmos ingredientes, em percentagens diferentes (base de parafina/vaselina, mentol, cânfora, óleo de cravo-da-índia, óleo de cajuput),  à excepção do óleo de canela chinesa, que apenas faz parte da constituição do bálsamo vermelho. Para que serve cada um dos bálsamos?

O Bálsamo Tigre Vermelho é para ser aplicado no corpo, massajando. Adoro o cheiro dele, cheira a canela. É recomendado para as dores musculares, picadas de mosquito, azia e outras dores de estômago.

Já o Bálsamo Tigre Branco, que cheira a eucalipto (lembra mesmo o Vic!), é aplicado na cabeça. É utilizado em constipações (ó ele aplicado na pontinha do nariz!) e dores de cabeça (massajado nas têmporas).

Custa a crer que um bálsamo destes e que ainda por cima é encontrado em lojas orientais e a baixos preços (compro a 2,5€ normalmente) tenha algum efeito, mas têm mesmo! No que toca às picadas de mosquito, dores musculares, constipações e dores de cabeça, o efeito já foi mais do que comprovado por mim. E é por isso que não o largo mais!

E é por isso que, à semelhança da Shakira, a Guida é loca con el tigre.

19 comments on “Loca con el Tigre, Loca, Loca, Loca

    • Para as dores de cabeça! Então, aqui sem Bálsamo Tigre é caso para, no mínimo, ir com Voltaren. Com Bálsamo Tigre, vai só Ben-u-ron e está o assunto resolvido.

      Florence, “Notas Sobre Enfermagem”, mas é giro, é acessível e dá para perceber como funcionavam as coisas na época.

      Beijinho

Deixar uma resposta