Não gosto de campanhas publicitárias que são mais do mesmo. Não gosto de começar textos com um não, mas a verdade é que esta história da publicidade tem muito que se lhe diga e bem sei que não estou sozinha: quem é que consegue assistir aos intervalos entre programas na televisão, ou mesmo à publicidade que somos obrigados a ver quando vamos ao cinema, sem morrer de sono pelo caminho?

São poucos os anúncios que se destacam e que têm interesse. Quando recebi no meu email este vídeo da Lacoste L!VE, não resisti a visualizá-lo de imediato e adorei. Adorei a cor, a cara de Primavera, a jovialidade. Gostei das peças apresentadas. Gostei que tenham dado destaque a artistas não convencionais como o Aakash Nihalini (perito na arte de rua com fita-cola), a Amanda Warner dos MNDR e a Leila Safai dos HeartsChallenge. Não sabem de quem falo? Bem, foi outro pormenor que gostei nesta campanha. Falou-se em não convencional e até aqui esta ideia é levada a peito.

No site da campanha, Lacostelive.com, descobrem-se mais coisas sobre os nomes de que falei no parágrafo anterior e outros factos interessantes, como a campanha impressa que foi feita em Brooklyn com pessoas seleccionadas na rua.

Confesso que esta campanha serviu para me lembrar que a essência da Lacoste continua bem presente em tudo o que fazem e que as peças continuam a agradar a gregos e troianos, velhos e novos. Espero que entendam o que quero dizer. Lembram-se da epidemia de caps, terços de plástico, calças de fato de treino e afins que andou por aí há uns anos? 

2 comments on “Lacoste L!VE e os talentos não convencionais

Deixar uma resposta