Tal como muito boa gente por aí, eu também tenho uma terrinha. E venho cá passar todas as santas festividades porque é tudo mais bonito do que em Lisboa e porque temos de cuidar das nossas coisas por cá.

Em Mação, entre procissões e outras tradições, no Domingo de Páscoa é hábito o padre ou os diáconos ou outro representante da Igreja visitar as pessoas casa a casa e trazer a cruz com Jesus Cristo para darmos uma beijoca no ventre do dito cujo. Quem me conhece, nem precisa de imaginar a minha cara de nojo cada vez que penso ou falo neste assunto.
É claro que é muito bonito fazerem a visita pascal e trazerem o Senhor com eles e abençoarem as casas e essa lengalenga toda que vocês já conhecem. Mas imaginem a quantidade de doenças e micróbios que passam de boca em boca! Principalmente hoje em dia, que há tudo e mais alguma coisa maléfica a pairar no ar e ninguém conhece ninguém, e que temos todos os meios de prevenir doenças e que costumamos implicar por males bem menores. É claro que temos também a opção de tocar no Senhor na cruz, que é o que eu faço apesar de não ser católica. Mas as pessoas fazem-nos caretas feias! Lembro-me que quando a minha avó ainda era viva, há muito tempo, fui repreendida por não dar um beijinho ao Jesus:

– Ó Joana Margarida, então não dás um beijinho ao Senhor?
– Não, está porco!

E o padre disse:

– Não está sujo, menina! A gente limpa com um paninho!

Limpam com um paninho? O caraças é que limpam! Usam o mesmo lencinho minúsculo, sem desinfectante, durante todas as visitas, e limpam sempre com o mesmo sítio. Devo dizer que isto me faz imensa confusão porque é muito pouco higiénico e pode ser uma maneira de andar por aí a cultivar doenças pelo mundo fora!

E é nestas alturas que pergunto onde é que andam as autoridades competentes, a ASAE, o Ministério da Saúde, sei lá! Em vez de andarem a proibir a venda de muita coisa boa e que não faz mal a ninguém, não deviam intervir em casos destes? Ou será que é feio porque se trata da Igreja?

14 comments on “Conspiração Católica?

  1. Eu sou, de certeza, das pessoas mais descrentes e não-católicas! Não dava, nem que limpassem! (Nem de outra forma nenhuma…). E acho que fazes muito bem em pensar isso, Joana Margarida 🙂 Agora ir meter a boca num sitio tão conspurcado!

    És de Mação?! Somos de perto então (sim, tbm tenho uma terrinha!)

    Domingo, Abril 12, 2009 9:49:00 PM

  2. Na minha terrinha eu dava sempre o beijinho no ar, nunca encostava ao Cristo e acho que é muito mais higiénico 😛

    Segunda-feira, Abril 13, 2009 2:46:00 PM

  3. eu tb kando passo a pascoa na santa terrinha so toco no cristo pelos mesmos motivos nao quero apanhar nd =P
    haja alguem k me entende xD

    beijinho***

    Segunda-feira, Abril 13, 2009 10:17:00 PM

  4. Você já viu alguma outra igreja promovendo feriados nacionais, ou até internacionais?? Só a igreja católica, eles tem poder, e muito. Querem que a gente acredite no que lhes convém. Eu acredito em Deus, em um Deus que não é o que eles dizem,acredito numa força maior, que não é aquele que criou o céu e a terra ou adão e eva…
    Fui batisada, fiz crisma e comunhão, e só me serviu pra ver como a igreja é falsa, e "dona da verdade". Não preciso entrar na igreja pra fazer uma oração.

    Bjos

    Terça-feira, Abril 14, 2009 3:33:00 AM

  5. Nunca coloquei a questão assim, mas é verdade, boa observação. Mas a Asae ao domingo de páscoa não deve trabalhar, certamente que andam também por aí a beijar "cruzes", sem questionar este tipo de aspectos.

    Terça-feira, Abril 14, 2009 10:54:00 PM

  6. Achei engraçado a forma como tratou do assunto. Não se importe com as caras feias afinal, quem vai se livrar das bactérias é você, enquanto eles trocam saliva com todos os outros fiéis. =]

    Quarta-feira, Abril 15, 2009 7:40:00 PM

  7. faz como eu (que sou contra a igreja) bazavas de casa e ias pa um cafe ou dar uma volta,ate que o sr que disse k ia morrer por nos(eu nao lhe pedi nada mas enfim) se fosse embora,tenho essa dissertaçao no meu blog e ja agora desculpa a invasao

    Sexta-feira, Abril 17, 2009 4:11:00 PM

  8. Felizmente na minha terra não existe essa tradição 🙂
    Senão lá tinha eu que ver essas caras feias porque não me apanhavam a beijar nada que contém os micróbios da aldeia inteira! Eu sou uma fã da técnica asséptica 🙂 (é o que dá estar em Enfermagem…)

    Sexta-feira, Abril 17, 2009 4:53:00 PM

  9. Onde é a tua casinha para os lados do Alentejo?
    Eu gosto muito do curso! Sempre quis Enfermagem… Encontramos pessoas fáceis de lidar e outras nem tanto..como em tudo..mas no final compensa sempre 🙂

    Sexta-feira, Abril 17, 2009 5:13:00 PM

  10. A sério? Como se chama? Dada a quantidade absurda de novos exploradores…é quase impossível pôr-me a adivinhar 😛

    Domingo, Abril 19, 2009 11:57:00 PM

  11. É, um caso bem importante a se pensar… mas será que alguém terá coragem de levantar esta bandeira? Complicado… Eu tb não católica, mas adoro os ovos, os chocolates, presentear as pessoas… uma gastança de dinheiro danada, mas pelo menos distrai. Te desejo uma Páscoa de paz e saúde! Bjo grande e uma semana maravilhosa!

    Domingo, Abril 12, 2009 8:17:00 PM

  12. Beijar a Cruz é simplesmente uma demonstração de respeito e fé. No fundo, cada um é livre de fazer como bem quiser e não acho que devamos ser obrigados a fazer seja o que fôr contra a nossa vontade. Eu sou Católica e já vi surgir essa questão. Como disseste podemos apenas tocar ( o que interessa a cara feia dos outros? Caras feias há muitas!) ou beijar noutra parte qualquer ( não necessariamente no mesmo lugar onde toda a gente beija.)

    Andreia

    Segunda-feira, Abril 13, 2009 10:35:00 AM

Deixar uma resposta