Podia, se eu não fosse niquenta. “Por que é que não varias nos menus e nas receitas?”, pergunta o povo, e aqui têm a resposta:

Não gosto de coisas do mar. Não gosto de peixe, nem de marisco, nem de lulinhas, polvos e afins. Nem que sejam douradinhos ou calamares! Ainda na água, não gosto de angulas, nem de enguias, nem de moreias. Nem de lampreias. Nem sequer das de ovos. Isto porque não gosto de ovos aos fios, nem às folhinhas, não gosto de certos doces de ovos. Como poderia ser, se nem sequer gosto de ovo estrelado, cozido, ou escalfado? Gemada? Tirem-ma da frente, porque é ver-me abrir a boca e deitar tudo cá para fora, como dizia o boneco da operadora telefónica.

Também não sou grande fã de galináceos, porque não me sabem a grande coisa e tirar-lhes os ossos não é tarefa que me agrade. Descansem, porque nunca darei prejuízo a ninguém com faisão, pintada, codornizes, perdizes e outros condizes, nem sequer alheiras e morcelas, e muito menos maranhos, tripas e mioleiras. Por falar nisso, gostam de uma boa açorda? Eu não.

Não sou ovelha para pastar, nem de todo ruminante, por isso não sou fã de grandes saladas nem de purés de legumes. Esparregado? Que nojo! Detesto tomate, detesto pimento, e se já estão a pensar em piza, esqueçam porque gosto ainda menos de queijo. Também não gosto de pickles, por isso não como em casas de hambúrgueres porque tudo tem molhos nauseabundos e outras substâncias estranhas entre o dito bocado de carne picada e o pão de plástico insuflável.

Doces? Ui, olha outros. Não ponho açúcar em nada, detesto baunilha, caramelo e outras coisas da mesma família. Passemos à fruta, senão nunca mais terminamos isto. Podem ficar com os dióspiros, os frutos secos, as maçãs verdes, o ananás e o abacaxi, a romã e mais uma cambada de frutas estranhas ao meu paladar.

Já estive bem pior, mas a velha música do come-a-papa-Joana-come-a-papa continua a ser válida por aqui.

14 comments on “Isto Até Podia Dar um Bom Petisco

  1. srtamini: Ei, mas eu não disse que não comia as coisas da lista! O que quis transmitir foi que não gosto e quando sou eu a fazer a comida, evito um bocado. Se só comesse o que gostava já não cabia nas portas, que remédio tenho senão comer o que me metem no prato 🙁 E não, não fui habituada dessa forma. Felizmente, tenho pessoas que sempre se preocuparam. De contrário, reforço, já não cabia nas portas.

    E tens razão, é hábito. E é por isso que as únicas coisas que não como REALMENTE são as tripas, mioleira, maranhos, açorda, e marisco. Mas creio que ninguém se rala, não é? Mais sobra!

  2. aqui em casa não tinhas muita sorte. comias e pronto…

    Eu gosto de praticamente tudo. Contam-se pelos dedos as coisas que não gosto. Sinceramente, é tudo uma questão de habituar o paladar. Ok que haja uma ou outra coisa que realmente não gostamos, mas TANTA coisa?

    Desculpa lá, mas parece-me apenas uma coisa: desde pequenina foste habituada a, assim que provavas algo e não gostavas, punhas de lado e pronto.

  3. Chiça…mais valia teres dito aquilo que gostavas, era mais rápido..ahaha.
    Isto fez lembrar-me uma situação que aconteceu na cantina da escola quando andava no 2º ciclo. Acreditas que a mulher que estava a por a comida nos pratos, quando disse que não queria peixe cozido e só os legumes porque não gostava, me respondeu: "Se fosses minha filha, punha-te um mês a peixe cozido, nem que comesses m*rda".
    Ainda bem que não era minha mãe, então.
    Bjs!

  4. LOOOOOOOOOL, isso quase da vontade de dizer "oh guida p proxima diz antes o que gostas que a lista deve ser mais pequena" loool. eu ca sou mt pouca esquisita qd o assunto é comida, gosto de QUASE tudo :p

  5. Olá Guida,

    passo sempre por aqui, mas nunca comentei. Temos muitas coisas em comum, desde a ascendência ao local de residência terminando nestas esquisitices! 🙂 Depois de quase 10 anos sem ninguém que cozinhasse para mim, passaram-me quase todas… fui experimentando, abrindo horizontes e fui alargando o meu leque de opções gastronómicas, mas há várias coisas que não como de todo: carne de porco, borrego, coelho, picantes, etc… Gosto muito deste teu cantinho. Boa sorte para ti!

  6. Scbmf: Ascendência? Residência? Elá, quem és tu? 🙂

    Bem, se tenho de comer, que remédio. E cada vez tento variar mais naquilo que cozinho, mas…

    Do que disseste, só não como coelho. E é porque cresci a ver tal bicho como animal de estimação. E, tanto quanto sei, também não como cães nem gatos.

    Beijinho

  7. Li por aqui que tens raízes em Mação, eu também…moras aqui para a zona de Loures… eu também… tenho é mais uns anitos que tu! Não nos conhecemos pessoalmente, acho eu… mas acho-te uma "cachopita" muito engraçada! 🙂

    bjs.

  8. Eu até fico contente em ler este post. É que a minha mãe passa a vida a dizer que sou uma esquisita! Apesar de a maior parte das coisas que tu não gostas eu adoro. xD Então o que vem do mar.. ui ui.. Mas gostos são gostos, e toda a gente tem as suas esquisitices, mesmo que digam "ah eu gosto de tudo" depois vai-se a ver e não é bem assim.
    Eu não gosto nada de carne de vaca, mas quando não há outra coisa que remédio tenho eu senão comer! lol..

    Beijinhos

Deixar uma resposta