body milk hidratante banho duche nivea review resenha

Apesar de já ter feito da aplicação do hidratante corporal uma rotina, sim, admito.

Sou preguiçosa. Muito preguiçosa.

Acreditem, se houver algum óleo nas prateleiras do polibã, os hidratantes bem podem esperar e ganhar teias de aranha porque o mais provável é eu não lhes tocar. Assim sendo, quando surgiram no mercado os condicionadores corporais da Nívea, fiquei muito curiosa.

Já conhecia o conceito, e confesso que o facto de ter de aplicar o produto e depois enxaguar já deixava no ar algumas reticências.

Uma das alegadas vantagens deste tipo de produto é a rapidez e poupança de tempo na aplicação, mas se tenho de o aplicar para posteriormente enxaguar, acho que o argumento cai por terra e os óleos continuam a ganhar a batalha. 

Pessoalmente, vi algo aliciante nos condicionadores corporais: o facto de levarem uma enxaguadela por cima, faria com que saísse do banho hidratada mas, ao mesmo tempo, mais fresca que uma alface. Eis que ressurgia a vontade de experimentar um produto deste tipo.

Eis que tive a possibilidade de testar os Body Milk Para Duche da Nívea.

Por esta altura, já terminei ambos.

Começando pelas conclusões, estes condicionadores corporais não me convenceram. Tenho a Nívea em muito boa conta no que toca aos hidratantes: sou a maior fã do Nívea Creme e também adoro os Body Milk da marca.

Os condicionadores só se assemelham aos restantes hidratantes da marca pelo cheiro, que é o tradicional da Nívea. Uma delícia!

No resto, como se não bastasse o facto de não ser assim tão prático, não considero que seja suficiente para hidratar a minha pele. Consegui utilizar ambos os produtos, mas não nos braços e pernas.

Não considero que sejam hidratantes como um óleo ou loção. Nem o que está designado especialmente para as peles secas. Se utilizar o condicionador corporal nas pernas, exclusivamente, fico com elas a estalar e necessito de aplicar um hidratante.

Gostava de saber se alguém tem uma opinião diferente da minha. Por enquanto, acho que vou manter-me fiel aos óleos e hidratantes convencionais. Sim, incluindo o Body Milk tradicional da Nívea. Esse sim, é um hidratante à maneira!

10 comments on “Hidratar no Duche – Nívea”

  1. Apesar de só ter experimentado uma amostra, concordo contigo. Não fiquei tentada a comprar o produto. Além de não deixar qualquer vestígio de hidratação, ainda me deixou a pele mais seca do que se só usasse o gel de banho (que por acaso também é da Nívea e por si já ligeiramente hidratante). Prefiro lutar contra a minha preguiça (que também é muita) e passar hidratante normal, ou então usar os óleos pós banho.

  2. Para mim que não tenho paciência para passar cremes ou óleos é uma maravilha! Faz uma grande diferença..mas considerando que 99% das vezes não usava nenhum hidratante é normal. Para quem usa hidratantes e tem a pele muito seca provavelmente não faz muito. Agora para quem não usa praticamente nada, como eu, torna-se bastante prático e rápido e a minha pele tem andado uma maravilha 🙂

  3. O condicionador corporal da Nívea, não me seduziu talvez porque não goste do cheiro à Nívea, não goste da embalagem … não sei dizer ao certo. Estou usando o da Garnier com +30% de óleo para pele extra-seca ,e adorei o que ele fez a pele dos meus cotovelos e pés. Também nunca tiro logo que coloco na pele , deixo pelo menos 1 minuto depois enxaguo.

    • Olá Jane, peço desculpa por só responder agora ao comentário! Tenho experimentado vários hidratantes de duche e, realmente, o único que me deixou mais satisfeita (mas, ainda assim, continuo a não me render a este tipo de produto) foi mesmo esse da Garnier. Em breve falarei sobre ele! Beijinhos

Deixar uma resposta