Não me enganei na imagem. Imagino que tenho cabelo oleoso sempre que aplico algum produto oleoso, até mesmo azeite, nas pontas do cabelo e sinto-me como se me tivessem despejado uma saladeira em cima. E presumo que quem tem cabelo oleoso se sinta assim, também, por vezes!

A Vi escreveu à Guida:

“Sigo-te no blog, e gostava que me desses um conselho sobre um bom champô para cabelos oleosos, que neste momento estão com madeixas e bastante mais fracos… Nunca fui fiel a um só champô, geralmente compro no supermercado e mudo de marca com muita facilidade com a desculpa de ser só para experimentar.
Vi há pouco tempo um anúncio na televisão de um novo champô do Franck Provost que vai estar disponível nos hiper e supermercados, o que achas?”

Se eu que tenho cabelo seco me queixo de vez em quando, nem quero imaginar quem tem o problema contrário! Bem, quanto ao tema Franck Provost, não posso ajudar. Já ouvi falar bem da linha, mas não experimentei – e tenho muito medo. Para quem me lê, já devem saber que sou alérgica a montanhas de champôs. Por isso, vou falar do que sei.

– Sei que pode ser bastante difícil fazer isto, mas o mais sensato é evitar o contacto entre o champô e o couro cabeludo. A maior parte dos champôs é bastante agressiva e o que no começo pode parecer uma melhoria do problema, ao fim de algumas horas transforma-se num frasco de óleo.

– Por isso, e visto que eu sei que não passa pela cabeça de ninguém ensaboar o cabelo todo, expresso novamente a minha opinião de que os melhores champôs são os de bebé. Malta dos cabelos oleosos, já experimentaram? Que me dizem? No começo pode ser uma mudança difícil, mas depois vão ver a diferença!

– A alimentação também pode ter algum peso neste assunto, pelo que são de evitar os fritos e as gorduras. Uma boa alimentação não se vai notar só no cabelo, mas sim no corpo todo.

– Pertencem ao grupo de pessoas que gostam de mexer no cabelo? Parem de o fazer, pois só vão agravar o vosso problema. Evitem também as grandes escovadelas e os secadores.

– Ter cabelo oleoso não significa que o amaciador deve ser posto de lado. Pelo contrário! Deve é ser usado com cuidado, evitando o contacto com o couro cabeludo e a raiz do cabelo.

– Os cabelos oleosos tendem a ser mais finos do que os outros, pelo que também estão mais expostos a agressões externas, são bastante mais frágeis. Submeter os cabelos oleosos a tratamentos químicos, descolorações e pinturas vai dar cabo deles, pelo que o ideal é deixá-los ao natural. Se não for esse o caso, há máscaras e produtos próprios para tratar cabelos nestas condições. Mais uma vez, há que evitar o contacto com a raiz!

– Como não tenho cabelos oleosos, nem sequer vos posso ajudar com marcas boas de produtos capilares, mas deixo um truque que já ouvi dizer que resulta. Experimentem misturar uma colher de chá gel de aloé vera, uma colher de sopa de sumo de limão e uma pinguinha do vosso champô habitual. Apliquem e façam a lavagem normalmente.

Alguém tem mais dicas? A Guida agradece!

22 comments on “Guerra aos Cabelos Oleosos!

  1. Também sou das secas. Mas nos meus 14 anos, com aquela mania de ser gira e coiso e tal lavava a cabeça todo o santo dia. Resultou numa oleosidade extrema. No auge do Verão lá tem de ser todos os dias, mesmo. Mas de resto é dia sim, dia não. Mas mais que isso, cai-me cabelo como se não houvesse amanhã. Mas como tenho imenso, nunca senti que estivesse com falta dele 😀 Apesar de me cair desmedidamente…!

  2. o meu é extremamente oleoso…o meu menino bem que lhe quer fazer festas mas eu não deixo…gostava mas, já assim tenho de o lavar dia sim dia não…

  3. Também tenho uma dica: Qualquer xampu ou produto que tenha em sua composição algo cítrico (como laranja e limão) faz maravilhas pelo cabelo oleoso. E ainda pode ser passado no couro cabeludo, porque é adstrigente!
    Adorei o post!
    Beijinhos!

  4. Patrícia: Isso já me estava a acontecer quando tinha o cabelo pela barriga! Tinha mesmo que o lavar para pentear, então as raízes ficavam miseráveis. E sim, caía muito! Agora já não ;D

    Renata: Pois, o problema é que muitos deles só têm citrinos na essência, ou seja, é como se não tivesse 🙁 E como é que distinguimos os que realmente têm dos que não têm? :S

    Nanda: Sim, as festinhas ;_; Ainda bem que não sofro do mesmo mal 😛

    Beijinho

  5. Aqui vai umas dicas de alguém com o cabelo oleoso:

    – A minha cabeleireira aconselhou-me a só usar shampoo para cabelos oleosos 1x por semana e no resto das vezes para cabelos normais. Isto porque segundo ela, abusar dos shampoos para cabelos oleosos pode enfraquecer o cabelo. Desde que começei a fazer isso que notei melhorias e muitas vezes simplesmente uso apenas para cabelos normais ou normais a oleosos;

    – Evitar lavar todos os dias o cabelo;

    – Colocar o amaciador só nas pontas, evitando as raízes.

    No meu caso, não posso usar nada que tenha limão, porque apesar do meu cabelo ser oleoso, o couro cabeludo é mesmo muito sensível e seco.

  6. Eu tenho o cabelo oleoso e desde que troquei por um para cabelos compridos com tendencia a oleosos e evito o contacto do amaciador com o couro cabeludo, o seja, so ponho nas pontas, melhorou significativamente mas ainda não esta no ponto! Agora o que falta é umas ampolas para a queda de cabelo.

    beijinhos*

  7. os shampoo do Frank Provost é realmente bom. Ando a usar há uns 15 dias juntamente com o amaciador e é optimo. Eu uso a linha de cabelo seco (caracois é o que dá =/) mas a linha de cabelo oleoso deve ser igualmente boa tambem =)

    A minha mae tem o cabelo oleoso, ela lava o cabelo dia sim dia nao. O shampoo altera entre um para cabelos oleosos e um para cabelos estragados por causa do secador, mas a ela dá resultado

    beijinhos***

  8. Com o cabelo oleoso tens mesmo que lavar o couro cabeludo, porque é aí que se controla a oleosidade.
    Pode pintar-se e fazer madeixas, tem é que se redobrar os cuidados (aliás, independentemente do tipo de cabelo, os cabelos secos tb ficam ainda mais secos e frágeis): nunca descorar amaciador que deve ser próprio para cabelos pintados ou frágeis, sem nunca chegar nas raízes, como já foi dito.
    E, também, como aqui já disseram: usar champoo de tratamento apenas 1 ou 2x por semana, de resto ivestir em champoos de uso frequente. E eu optaria por melhores marcas… eu sinto imensa diferença entre as de supermercado e as de cabeleireiro, embora cada um seja como cada qual. O shampoo de bebé é bom para o couro cabeludo, mas não tanto para fortalecer o cabelo.

  9. O meu cabelo é normal com tendência a oleoso. Não consigo andar um dia que não o lave, não me sinto bem, se calhar é implicancia minha, mas pronto.
    Já usei champô jonhson para bebé, mas acho que o deixava mais oleoso. Também já foi há muito tempo, acho vou experimentar outra vez para tirar as dúvidas.

  10. Anónimo: Verdade, mas se o couro cabeludo está na zona que controla a oleosidade, ao esfregarmos detergentes e coisas do género vamos secá-lo, o que o vai fazer produzir ainda mais "óleo"!

  11. Tenho cabelo oleoso e tem de ser lavado quase sempre dia sim dia não, há uns meses comecei a usar shampô e amaciador(só para as pontas) da tresemmé, agora não quero outra coisa! Tenho o cabelo pintado por isso uso a linha própria, mas ao acabar estes frascos vou experimentar para cabelos oleosos ou sem volume.

  12. Para quem já não consegue controlar a oleosidade do cabelo e já tentou todos os produtos disponíveis no mercado e as mesinhas caseiras, aconselho a fazer uma permanente.. sim a sério, conheco n pessoas que fizeram isso e viram resultados. Os produtos utilizados na permanente secam o cabelo e pelos vistos dura imenso tempo!

  13. Olá a todas! o meu cabelo é também oleoso. Já usei alguns shampos de tratamento do cabeleireiro, mas não notei grande difrença. Usando alguns shampos de marcas menores ainda conseguia a proeza de o lavar dia sim, dia não. Agora estou a usar um da ultra suave e tenho de o lavar todos os dias.
    Penso que o próximo passo é recorrer à farmácia! :S
    -> biazita

  14. Também eu já usei produtos de farmácia para cabelo oleoso e não resultaram. :s
    Consigo lava-lo dia sim dia não se puser espuma e depois o secar, como fica ondulado não se nota tanto a sujidade, mas quando ele fica esticadinho é do pior.

  15. Eu tenho o cabelo oleoso.
    Lavar a cabeça sem pôr champô no couro cabeludo parece-me um pouco higiénico =P
    Não é dor de cabeça nenhuma ter o cabelo oleoso, eu pelo menos não acho.
    Lavo o cabelo dia sim dia não e uso amaciador só nas pontas.
    Raramente mexo no cabelo e não suporto que lhe mexam =P
    Quanto a pintar o cabelo… de vez em quando faço madeixas porque isso ajuda-me a ficar com as raízes menos oleosas, tudo bem que o resto do cabelo fica mais seco mas isso é normal em todos os tipos de cabelo.

Deixar uma resposta