Friendzone

friendzone perguntas respostas amor

Acho a história das friendzones que anda na berra muito à conta da Internet e dos memes uma autêntica patetice.

Penso que nunca deixei ninguém nessa tal friendzone porque simplesmente não acredito na existência de tal situação. Se eu sou amiga de alguém, é porque genuinamente gosto dessa pessoa e de conviver com ela.

Não é porque tenho segundas intenções. Assim sendo, espero ter o mesmo em troca: amizade sincera e não mais que isso.

Amigos, amigos, amores à parte.

Faço a adaptação da expressão porque, no meu entender, há assuntos que não devem ser misturados. Penso que, quando gosto de alguém, dou a entender que quero mais do que uma amizade.

Há coisas que não se dizem a amigos que não queremos que sejam mais que isso, penso que não preciso de dizer que tipo de coisas são. Mas elas lá vão acontecendo por aí, e normalmente dá asneira.

E, depois, como é que se pode falar de estar na friendzone quando não somos realmente amigos do nosso amigo e estamos cá cheios de segundas intenções? Na minha terra, isso é interesseirismo, não é friendzone, coisa nenhuma.

É esta a minha resposta à questão Já foste colocado/a na “friendzone”? da TAG 28 Perguntas e Respostas Sobre Amor.

Comments

  1. Acredita, Guida, há muitas mulheres (e mesmo homens) da luta que preferem ser colocados nesse papel humilhante, esperando uma oportunidade que provavelmente nunca chegará. É como dizes: tudo interesse.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *