Ando em fase de negação desde que regressei das férias, no início de Setembro. Podia ter enrolado mais uns quantos dias de dolce fare niente, mas quis o destino que deixasse alguns exames para uma época especial de transição que ocorreu há uns dias. Foi melhor assim, que parece que noutras épocas havia taxas especiais a pagar. Adiante, entre estudos, arrumações, limpezas e o regresso às aulas, sinto que ainda não acordei para a realidade e não estou conformada com o facto de se ter acabado a boa vida. Pelo menos, grande parte dela. O tempo de total Verão (até agora, ainda não tive de vestir casaco nem agasalho nenhum) não ajuda muito, que sugere que a silly season continua e ninguém tem vontade de fazer nada.

Entretanto, surgiu a jogatana. Apesar de ter instalado o The Sims 3 e todas as suas expansões, acabei por nem lhe ligar grande coisa durante as férias. Tirei a desforra nalgumas noites desde que regressei a Lisboa. Pior que isto, foi descobrir o terrível mundo do Candy Crush. Tinha tantos preconceitos com jogos deste tipo e a verdade é que isto é viciante. Parece que quanto mais tempo temos de esperar, mais queremos jogar. É como se, temporariamente, não existisse mais nada.

Agora que, finalmente, recomeçaram as aulas, tenho de voltar às rotinas do costume e não posso deixar-vos aqui a olhar para a parede sem actualizações. Por isso, está na hora de tirar a ferrugem ao teclado, que os posts não se escrevem sozinhos e eu tenho muito gosto em partilhar algumas coisas com pessoas tão fofinhas como vocês, que mesmo quando negligencio o blog continuam aí à minha espera.

3 comments on “Em fase de negação

Deixar uma resposta