E da The Body Shop, que Contas, Guida? – Parte II

Prometi um cheirinho das novidades da The Body Shop, e então hoje é para isso que cá estou. Pensei em mostrar também as novidades do Natal, e o Dreams Unlimited, mas como ficava tudo muito extenso e uma das melhores coisas – o cheiro – não poderia partilhar convosco, cá vai disto. Os produtos aqui falados fazem parte da edição limitada The Joy of Sparkle, o que significa que se ficarem com a pulga atrás da orelha… Corram às lojas. Já se sabe que o que é bom e chega em quantidade limitada acaba depressa.
Antes da press release, já tinha visto imagens do Sparkler na Internet e fiquei logo intrigada e com imensa vontade de experimentar.  Aquela bombinha alusiva aos tempos antigos é um mimo. Parece que alguém me leu a mente! Isto é luxo em boudoir pink. A melhor maneira de fotografar foi mesmo disparar junto da mão, mas aplicando a uma certa distância, o efeito é lindo e bastante subtil. Para além disso, o pó tem um cheirinho bastante agradável. Não é um produto básico e nem necessário, mas é um acessório que passou à minha lista dos preferidos!
No evento, o maquilhador Karim Sattar deu algumas dicas: no decote ou no resto do corpo, o Sparkler dá um efeito divino. Para prolongar a durabilidade, nada como aplicar estas belas cintilâncias logo após o creme hidratante. E se formos a um evento super especial? Por que não aplicar o produto também no cabelo? É extra glow super bonito!
A dose de brilho não fica pelo Sparkler e, como tal, aparecem na colecção dois tons de purpurinas Star Dust. Estas são as douradas, mas asseguro-vos que não é um dourado qualquer. Há aqui qualquer coisa de alaranjado, e eu gosto.
O mais óbvio seria aplicar as purpurinas no corpo, mas mais uma vez o Karim Sattar deu uma dica: Aplicadas com um pincel de pó/blush no osso da bochecha, estas purpurinas são iluminação instantânea.

Por fim, tenho a mostrar-vos uma paleta de sombras deliciosa. Mais uma vez, leram-me a mente! Há uma outra paleta na colecção, a Midnight, que já tinha visto na Internet. Apesar de não nutrir grande agrado pelos actuais filmes de vampiros e lobisomens e essas histórias que toda a gente conhece, tenho reparado que as cores que me agradam ultimamente são as que têm nomes alusivos a estas sagas. Assim, na minha cabeça, fiquei a matutar na paleta… Twilight! É isso mesmo, é esta mesma da foto. Deus meu, que violeta é aquele? É lindo! Da esquerda para a direita na minha mão, as cores são: Violet Sky, Damson Velvet, Lilac Mist, Pink Champagne e Pearl (um iluminador).

Como podem ver, estas sombras são bem pigmentadas. Para além disso, são super macias pois ao que parece têm na sua constituição óleo de marula (do Namíbia, Comércio Justo!). O maior benefício? Para além de ficarmos mais bonitas, ficamos com pálpebras bem nutridas.

Palavras para quê, quando as cores estão à vista?

Comments

  1. tenho o primeiro e o 2º igual ao teu =)

  2. SuFerreira says:

    mortinha por experimentar ! Guida e para quando um look com as cores da paleta nova?

  3. Ela says:

    A paleta Twilight parece ser mesmo a mais bonita <3

  4. life_inc says:

    Adorei o Sparkler! Da próxima vez que for às compras vou ver se ainda encontro!

    xoxo
    cindy

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *