Vestidos

1. Vero Moda | 2. Only | 3. Vila

Tenho cá para mim que o Verão é um catalizador dos modelitos compostos, que os vestidos ajudam a fazer com que tudo pareça mais pomposo. Não quero com isto dizer que no Inverno anda tudo com ar de chouriço e desleixado, mas há que reconhecer que os casacões escondem muita coisa. Para além disso, apesar de os acessórios fazerem milagres pela indumentária, no Inverno sinto que não tenho muita roupa para vestir. Em boa verdade, no tempo quente acabamos por ter muito mais peças leves com modelos diferentes e padrões/tecidos de toda a espécie. No Inverno, anda tudo escondido e dificilmente podemos pegar num vestido e sair à rua sem agasalhos. À conta destas coisas, tenho o meu roupeiro cheio até ao topo. É medonho, eu sei!

Com estas teorias, a conclusão a que quero chegar é que, por ter uma maior diversidade de vestuário de Verão e de todas serem mais leves e fluidas, contrariamente ao que acontece com muita gente, para mim é muito mais fácil andar arranjada quando chega o calor. Parece que tudo no mundo fica mais bonito, colorido e cheiroso. Basta usar vestidos e está quase tudo feito. É muito mais fácil fazer por “encaixar no cenário”, como se todos os dias fossem dias de tirar fotografias.

Como se não tivesse roupa suficiente, tenho namorado as novidades das lojas do costume e já tenho debaixo de olho algumas peças bem catita.

2 comments on “Vestidos para o Calor que se Aproxima”

  1. No inverno o que me salva são as botas e cachecóis para dar alguma piada aos looks… No outono ainda nos safamos com sobreposições, mas no inverno, só mesmo de sobretudo!

Deixar uma resposta