Categoria: Pessoal

E cá venho eu, mais uma vez, mostrar prendas de Natal (algumas recebi antes de ir para a terra, outras recebi ontem):

1. Um molho enorme de revistas de Artes Decorativas antigas que a minha mãe me deu
2. Uma máquina fotográfica analógica 3EHNT-E, velha, mais velha do que os dinossauros, que era do meu pai. Aceito ajuda para trabalhar com este bicho!
3. Uma mala em patchwork oferecida pela minha mãe
4. Uma embalagem de Farinha Predilecta para relembrar os velhos tempos. Para ser sincera, já nem me lembro do sabor, só sei que adorava quando era pequena, muito pequena
5. Uma camisola da Lanidor oferecida pela minha tia Susana
6. Um par de brincos
7. Um tripé para as minhas máquinas que era do meu pai
8. Três revistas jeitosas de Artes oferecidas pela minha mãe
9. Um lenço catita que não tem padrão de toalha de piquenique e que eu hei-de usar um dia destes quando tiver a certeza que gosto de me ver com ele ao espelho sem que pareça um babete, oferecido por uma vizinha amiga
10. Uma caneta especial para gravar em vidro, metal, madeira, essas coisas. Foi o tio Ricardo que me deu

Se houver mais prendas, volto à carga com mais fotos!

Não sei se vos tinha prometido o relatório das prendas deste ano, mas aqui está ele! Ainda não recebi as prendas todas, apesar de ter tido direito a muitas prendas aqui na minha terra! Para verem a foto com mais pormenor, basta clicar-lhe em cima.
Passo a fazer a legenda:

1. Uma camisola da Lanidor oferecida pela minha tia (tenho que lhe perguntar se pode trocar, pois já tenho uma igual!)
2. Um cachecol bem jeitoso, preto, com flores de feltro de várias cores nas pontas, dado pelos meus pais
3. 1kg de argila verde
4. Perfume, gel de banho e creme hidratante Romance de Ralph Lauren, oferecido pelos pais
5. Emulsão Protectora Physiane da La Roche Posay
6. Pijama da Hello Kitty oferecido pela minha avó
7. A bela da máquina digital Nikon Coolpix S600 que me ofereceram os meus pais
8. Os ténis da Adidas com que sonho há uns bons três anos. Encontrei-os na secção infantil, finalmente! Prenda oferecida pelos pais
9. Um saquinho cheiroso com a minha primeira inicial (J) bordada a ponto cruz pela minha tia
10. Par de brincos com gueixas super fofos oferecidos pela vovó
11. Caixa de bombons I Love Milka oferecida pela mãe da minha tia
12. Bolsinha preta com penduricalhos no fecho, oferecida pelos meus pais
13. Atacadores jeitosos para os meus ténis novos
14. Uma velinha bem catita com um suporte lindão que tem um anjinho! A minha tia deu.
15. Caneta da Agatha Ruiz de La Prada para substituir a caneta que eu tinha na agenda e que quebrou (mas que eu ainda hei-de consertar!)
16. Glosszinho amaricado de frutos do bosque, com brilhantes
17. Set de pedicure
18. Creme para pentear de chocolate da Skala (psiu, esta é uma marca brasileira bem barata e muito boa, na minha opinião!)
19. Base wonder finish makeup da Maybelline New York
20. Saquinho com uma esferográfica, um bloco de notas e um porta-chaves, todos lindões e cheios de brilhantes, (pseudo) oferecido pelo meu irmão
21. Creme de mãos Alantoíne (alguém me ouviu a refilar porque a outra bisnaga já tinha acabado… Ah, este creme é português, a marca é antiquíssima e a qualidade é super!)
22. Cuecas amarelas com vaquinhas. Vocês não conseguem ver, mas no rabo dizem “je t’aimeuh!” – fofusco, n’é?
23. Cuecas com coraçõezinhos de padrões diferentes
24. Toalhão de banho verde alface (parece relva e é fofinho!) oferecido pela menina Maria

E vocês? Como foi o vosso Natal? Que prendas receberam?

P.S. – Ah, recebi 50€ que hei-de investir em breve!

Christmas Tree por Armene

Desejo a todos vós um santo Natal, um gordo Natal, um grande Natal, um feliz Natal, um próspero Natal, um com-a-família Natal, um fresco Natal, um Natal com tudo aquilo que poderiam desejar!

Porque, para mim, esta é a festa da família e, antes de pensar nas prendas e rasgar os papéis dos embrulhos, temos que pensar naqueles que nos rodeiam e, mais que nunca, dar todos os miminhos do mundo!

Beijinho, feliz Natal para ti que me lês!

A todos os que acabaram de descobrir este blog, desejo uma boa noite. Para os que me conhecem, não é preciso fazer grandes dissertações acerca da minha pessoa. Para os restantes: eu sou a Guida e eu é que sei!

É verdade, toda a gente sabe (e se não sabiam, sintam-se muito ignorantes!) que eu tenho 2 blogs, um deles com quatro anos e o outro que é actualizado de ano a ano com as tretas mais parvas que possam imaginar vindas de uma velhinha que não tem mais nada que fazer.

Para aqueles que estão em estado de choque porque pensam que acabaram de colidir com um alien, passo a informar que sou muito nostálgica. Portanto, e como achei que se desadequava escrever sobre as coisas jeitosas do passado que estão bem presentes na minha vida em qualquer um dos outros blogs, decidi criar estezinho em separado. No entanto, não contem só com velharias. Contem antes com coisas úteis, e com coisas inúteis!

Agora que já disse o que tinha a dizer, deixo algumas opções:

1- Feche a janela do browser e nunca mais cá volte;
2- Feche a janela do browser, mentalize-se que vai cá voltar e volte mais tarde;
3- Dê sinais de vida, participe, volte sempre!

Eu acho que não perdia nada em voltar, e olhe que eu é que sei…