Categoria: Maquilhagem

Batons Líquidos – Intense Mate

review batom mate líquido intense boticário maquiagem maquilhagem resenha swatch opinião

Tenho de vos mostrar os meus batons favoritos dos últimos tempos.

Já não são beeem novidade, mas não é de mais gabar-lhes as qualidades para que, se ainda não os conhecem, fiquem cheias de vontade de lhes pôr as mãos em cima.

Falo-vos dos batons líquidos mate da linha Intense, d’O Boticário.

Creio que algumas das cores já existiam antes, mas a renovação da linha Intense no início do Verão trouxe 8 cores de batom líquido mate e eu não consigo decidir qual é a mais bonita.

Tenho 7 para vos mostrar – a que sobra é a Poderosa, batom vermelho, que já tenho a rodos e optei por não comprar.

batom intense líquido mate resenha review opinião swatch amostra boticário maquiagem maquilhagem makeup beleza beauty

A imagem vale mais que qualquer coisa que possa dizer. Ainda assim, devo acrescentar:

  • São batons que duram o dia todo. Mesmo com comidas e bebidas.
  • São confortáveis de usar.
  • Não ressecam os lábios nem evidenciam as peles secas.
  • São muito acessíveis para a qualidade que têm.

Mais cores houvesse, que mais eu comprava.

Boticário é mesmo amor ♡

5 Blogs que me dão prejuízo

Ou 5 blogs de beleza que adoro e nos quais confio.

Também seria um bom título para este post, não anulando o facto de a primeira afirmação ser a maior das verdades. Antes de escrever, também leio (e é bem mais fácil!) e gera-se sempre uma vontade do consumismo à conta destas cinco que nem queiram saber.

Queiram, queiram mesmo: porque se há blogs que devem ler se gostam das lides da beleza e gostam de ter conhecimento de potenciais investimentos neste domínio, esta é a lista que têm de conhecer.

the skin gameThe Skin Game – A Ana estudou Farmácia, trabalha com dermocosmética e é uma fofa simpática que tem uma escrita super amigável e explica um montão de coisas sobre beleza e saúde de forma a que o mais nabo dos nabos fica a compreender tudo. Para além disso, tem das melhores reviews de produtos de dermocosmética. Quando precisamos de algo e não sabemos muito bem o que escolher, ela tem sempre a recomendação ideal. Em suma: dá-me vontade de trazer a farmácia inteira para casa.

make downMake Down – A Sara também é farmacêutica e pró da dermocosmética. Padrões? Ahhh! Também há muitas explicações, reviews das boas, vídeos de favoritos e produtos acabados aos montes, e uma espécie de consultório de dúvidas online.

let's talk about beautyLet’s Talk About Beauty – A Saúde é a minha área e está visto que são das pessoas que gosto mais. A Ana Rita é das pessoas que conheço há mais tempo, do mundo dos blogs. É das pessoas de quem mais gosto, é médica e ainda por cima tem um blog destes que me fazem querer torrar dinheiro: em cremes, em maquilhagem, em gadgets, em tudo. As reviews são muito completas, as fotos são óptimas, é tudo bonito e agora imaginem quando estamos as duas juntas e nos metemos a trocar cromos de compras online.

coquette à portuguesa

Coquette à Portuguesa – Mais um guia de como fazer voar dinheiro! A Jael mostra, de uma forma simples, um monte de coisas giras e boas e deixa-nos a suspirar numa tentativa vã de controlar o impulso de compra. As descrições são sintéticas, as fotos são lindas, os produtos parecem ser escolhidos cautelosamente para serem todos muito apetecíveis. O estilo é simples mas on point. É pegar em tudo e colocar na wishlist!

raquel mendesRaquel Mendes – Agora, com nome próprio. Antigamente, era a Luxurious Skin. Mais uma vez, o que é que eu posso fazer quando me põem à frente fotos lindas com reviews super honestas, realizadas de forma super acessível e descontraída? Pior, melhor, também tem vídeos super giros de ver!

O melhor desta lista que partilhei convosco, para o caso de não conhecerem estes blogs (duvido!), é que todas as autoras são pessoas super familiares, com ar de pessoa normal que poderia fazer parte do nosso grupo de amigas.

Para quem passa a vida a perguntar-me sobre este ou aquele produto que não sabem muito bem como escolher para vós: a sério, dêem uma espreitadela neste que é o meu top 5.

 

Ó mãe, arranja-te!

dia da mae

Passo mais tempo que o desejável em casa.

Tenho o privilégio de ficar com a Teresa a tempo inteiro até ao seu primeiro aniversário e à entrada para a creche. Adoro poder estar (quase) sempre com ela, mas é algo que implica muitos sacrifícios e que, por vezes, me leva ao desespero.

Uma das coisas que mais me aborrece actualmente é a falta de estímulos diários e novidades.

É sempre muito do mesmo, tentar completar tarefas básicas que nunca ficam concluídas de uma só vez, ver os mesmos sítios a cinco minutos de casa, falar (ou ouvir) as mesmas duas ou três pessoas e, quando dou por ela, passou o dia e continua tudo na mesma. A motivação para cuidar de mim não tem sido muita.

Sempre fui bastante vaidosa e, quando era mais nova, adorava ser fotografada. Continuo a ter muito gosto pela escolha de vestuário bonito e não posso dizer que ando por aí toda deslavada, mas é notória a diferença nas minhas rotinas.

Por um lado, estou muito mais à vontade com a minha imagem.

Por outro, não há paciência nem motivação para caprichar como antes. Para quê? Pois, para quem, para mim, sempre, deveria eu concluir, porque se não estiver no meu melhor não consigo dar o meu melhor por mais ninguém!

Para mim, o meu melhor depende de muitas coisas mas também depende da imagem e da minha própria avaliação do meu aspecto.

Ultimamente, não estou a gostar de mim na maior parte dos dias.

Não gosto, sequer, da maior parte das fotos em que apareço. Cresci habituada a ver mães que não estavam no seu melhor, umas mais que outras.

Porque o mundo não lhes deu o seu melhor. Porque as pessoas próximas não lhes deram o seu melhor. Porque nós, os filhos, não lhes demos o nosso melhor. Porque elas deram o seu melhor e, mesmo assim, tinham o peso do mundo às costas.

E as mães, mesmo assim, arranjam maneira de mostrar aos filhos o seu melhor. As mães são um dos nossos modelos de aprendizagem, inspiram-nos e dão-nos força ao longo das nossas vidas.

Eu fico encantada quando a Teresa, ainda tão pequenina, fica toda empolgada quando me vê a arranjar-me e sorri quando termino.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Todas temos as nossas vulnerabilidades e a vida é feita de altos e baixos.

E isto da maternidade, das famílias e das pessoas tem muito que se lhe diga porque somos seres sociais, criamos e temos relações e elas geram sempre um feedback.

Ligamos menos do que devemos aos detalhes, mas são eles mesmos que podem fazer a diferença. Ninguém é assim tão forte que passe bem sem mimos.

A diferença começa por sermos nós a dar o exemplo e fazer o que está ao nosso alcance, por insignificante que possa parecer.

Na sexta-feira passada, antes do Dia da Mãe, a Rowenta fez uma surpresa que me comoveu bastante.

Éramos um grupo de mulheres, bloggers, mães, a quem esta experiência foi mantida secreta até estarmos no local onde tudo aconteceria.

Mimaram-nos muito: provaram-nos que mesmo com um rol interminável de diferenças entre nós, somos todas lindas. E mulheres que estão lindas, que são lindas, que se sentem lindas, são mulheres mais felizes e com outra força para encarar o mundo.

O resultado, que adorei, está à vista e foi fruto de um trabalho em equipa muito bom. Não se esqueçam, que eu vou tentar lembrar-me também: façam por sentir-se bonitas e arranjadas!

Vão ver que é meio caminho andado para os dias correrem melhor.

rowenta

Styling: Diogo Raposo Pires | Produção fotográfica: Flying Studios | Maquilhagem: Marta Chaves | Hairstyle: Make Up Happen | Catering: Dieta dos 3 F’s

Expocosmética 2017 – O Rescaldo

expocosmetica
Nós no stand da Blogazine. Desculpem a qualidade maravilhosa e contra a luz, foi a fotografia que se arranjou e está mui linda ♥

Se eu podia viver sem ir à maior feira de estética e beleza que acontece no nosso país?

Podia, mas não era a mesma coisa!

Cheguei à conclusão que já ando nestas aventuras de partir num autocarro para abastecer de tintas, cremes e betumes há quase 7 anos.

Quem corre por gosto não cansa e por muito desgastantes que estes eventos possam ser, em proveito da vaidade justifica-se a proeza. Foram raríssimas as ocasiões em que falhei a minha visita.

Manter um blog tem-me dado o privilégio de conseguir uma credencial especial nos últimos anos que me poupa as filas intermináveis para entrar e ainda dá direito a algumas novidades para experimentar, o que agradeço à organização do fundo do coração.

Tenho que dizer que acima do networking, o que continua a fazer com que abdique de folgas e descanso ao fim de tantos anos são as compras.

Não estarei a exagerar se vos disser que em cada uma destas visitas poupo centenas de Euros.

Com o PVP habitual? Não compraria 1/10 dos cosméticos e que, sim, utilizo e volto a comprar uma e outra vez. Não trago só as minhas compras: aproveito e levo a lista de compras das mulheres (e homens, vá) da família.

Trago o mínimo possível porque não há costas que aguentem nem tempo para bisbilhotar tudo. Pensem, por exemplo, em tintas para o cabelo e não me venham cá com tretas de que só pinta o cabelo quem quer.

Há quem goste do cabelo grisalho, mas não é o meu caso. Para mim, no que diz respeito à minha imagem, é só uma vulnerabilidade, é sinal de velhice e desleixo e não é algo que queira mostrar.

Adiante, blogs.

Adoro conhecer quem, como eu, mantém blogs. Adoro a humildade e o esforço da organização da Expocosmética para nos dar uma oportunidade digna e percebo que não consigam controlar tudo o que se passa tanto por parte dos autores convidados como pela que compete aos stands e marcas. Eu iria de qualquer forma, com ou sem convites.

expocosmetica
A Maria, eu e o Luís. Foto pela Ana Isabel.

Este ano, o Luís voltou a ir comigo. Porque quis! Que eu cá não obrigo ninguém a fazer nada, mas agradeço a companhia e a ajuda.

Durante a maior parte do tempo, a Maria esteve connosco e lá fizemos os três (os quatro!) o nosso percurso.

Adorei rever caras que já são constantes na Expo como a Embelleze, a Andreia e a Inoeh. Trouxe novidades de todas elas e estou mortinha por mostrar tudo.

Sucedeu o mesmo com a Flormar, marca que praticamente desconhecia (apesar de ter um batom deles há anos e uma loja muito perto de mim), com a By Simone G. e a Lupa/Bioseivas, que são novas para mim e deixaram-me em êxtase com os seus produtos capilares bastante promissores.

Passei noutros expositores para fazer compras e ainda dei um saltinho aos que estavam no roteiro enviado a todos os bloggers convidados, estando marcados como pontos de interesse com novidades para nós. Não vou dizer nomes.

Tenho de referir algumas situações que presenciei e que foram desagradáveis.

Cada acção gera uma reacção e não há cooperação possível quando as partes envolvidas não sabem o que estão a fazer. Passo a descrever:

  • No stand de uma das marcas mais importantes de estética do nosso país – à nossa frente, estava uma amálgama de miúdas com blogs.
    • Não consegui ouvir o que as representantes da marca estavam a dizer, mas ouvi as meninas a dizerem entre si que ainda faltava passarem nos sítios x, y e z para irem buscar as suas borlas.
    • Uma dizia “Ai, será que também me dão? Ao pé de vocês ainda sou um bebé!”. Tenho vergonha alheia.
  • No stand do ponto anterior – quando, finalmente, conseguimos alcançar as senhoras da marca, o que nos disseram foi…
    • Bom, não nos disseram nada a não ser que os brindes que tinham para bloggers tinham acabado. Assim, a seco.
    • Fiquei sem perceber o que se passava ali porque não se apresentaram, não apresentaram a marca, não apresentaram novidade alguma. Merecem abordagens como a que referi acima.
  • Num stand de protectores solares – A verdade é que fiquei sem conhecer a gama de produtos que disponibilizam, porque se focaram nuns bronzers das Kardashian.
    • Tenho ali um papel com uma breve descrição sobre alguns produtos que nada me dizem porque não mos mostraram.
    • Ah, e tenho uma bolsa com meia dúzia de amostras em sachet de bronzeadores e protectores solares que nunca conseguirei usar porque, obviamente, como é que é suposto testar protector solar só numa perna ou só num braço?
    • Queremos que falem bem de nós, disse a representante da marca. Okayyy!
  • Mais um stand, desta vez de produtos de spa – Última história, prometo!
    • Mostram-nos um hidratante muito bem cheiroso, facto.
    • Mostram-nos outro hidratante bastante engraçado, sobe o entusiasmo.
    • De seguida, dizem-nos que podemos tirar as fotos que quisermos ao espaço (a sério?) e dão-nos um sachet de anti-rugas, salientando que a amostra não é para a nossa idade.
    • Mais uma vez, queremos que falem bem de nós.

Fazemos assim: por cada motivo de queixa, têm de haver vários daqueles bonitos que gostamos de ver por aqui.

Garanto-vos que existem e que vão ver que, contrariamente ao que possam pensar se leram o post até aqui, há coisas boas a destacar desta edição da Expocosmética.

Durante este mês, pinky promise: vou deixar aqui tuuudo aquilo de que gostei com todos os detalhes. Porque o que é bom merece ser partilhado!

Mark by Avon

mark avon makeup maquilhagem swatch opinião review resenha beleza beauty

Na semana passada, tive o privilégio de comparecer na apresentação da linha Mark da Avon, acabadinha de chegar ao nosso país.

Em jeito de lembrete, em tempos fui revendedora e, mais importante ainda, ávida consumidora da marca. Gostava de estar a par de todas as novidades e experimentar tudo o que podia.

Acredito que se queremos vender um produto, temos de o conhecer bem de antemão. Não iria ficar muito contente se uma das minhas clientes comprasse algo que, no fim, a deixasse desapontada!

Para além do que surgia por cá, gostava de bisbilhotar o que existia no estrangeiro e babava com os lançamentos da tal linha Mark (que já existe há quinhentos mil anos noutros países). Imaginem o meu entusiasmo agora!

mark avon makeup maquilhagem swatch opinião review resenha beleza beauty

Ainda não tive a oportunidade de testar muitos produtos, mas estou ansiosa e espero que tragam para Portugal boas novidades.

Do que vi, fiquei contente com algumas coisas, mas não posso deixar de referir que fiquei decepcionada quando descobri que, afinal, alguns itens já existiam e apenas passaram por uma mudanças de imagem.

E se, indiscutivelmente, alguns deles eram muito bons, outros deixam a desejar e mais valia terem desaparecido dos catálogos.

Gostava que esta novidade fosse mesmo, mesmo nova, até porque quem não se actualiza devidamente corre o risco de perder terreno.

Num mercado onde cada vez há mais opções de boa qualidade a baixos preços em lojas físicas, é pena que algumas marcas de venda directa por catálogo não invistam em melhorar.

Digo-vos isto sem qualquer intenção de parecer ingrata, já que sabem perfeitamente que sou cliente (e hei-de continuar a ser) da Avon há séculos.

mark avon makeup maquilhagem swatch opinião review resenha beleza beauty

Resta-me tecer comentários relativamente ao que me passou pelas mãos, a ver se ajudo alguém nas compras:

  • Invistam nos batons (falei deles aqui – esta cor até existe na nova linha, aqui e aqui); máscara; verniz; lápis de olhos em gel (são dos meus preferidos e já os mostrei neste post).
  • Desistam dos lápis de olhos clássicos, aqueles que têm uma esponjinha no terminal, são muito rijos e pouco pigmentados; das sombras em creme, que também são rijas, pouco pigmentadas e não ficam homogéneas na pele.

10 do Momento

Comecei por ter um blog de beleza,

Embora considere que grande parte da essência do blog ainda passe por aí mesmo.

Só decidi que me daria à liberdade de escrever sobre o que quisesse e, às tantas, acabo por me esquecer que vocês gostam tanto quanto eu de saber das lides dos betumes e tintas. Verdade ou mentira?

Vai daí, desde Junho de 2015 que não faço um apanhado dos 10 cosméticos que mais tenho gostado ultimamente.

Está na hora de partilhar convosco os meus aliados e desenganem-se se pensam que, com os tempos, se mudam todas as vontades. Só mudam algumas!

favoritos beleza review swatch resenha opinião beauty blog
Os meus 10 favoritos actuais. Da esquerda para a direita, de cima para baixo.

Eis o meu top, sem ordem específica.

  • Bio Oil – Comecei a utilizar quando estava grávida e nunca mais o larguei. Até no rosto o utilizo, à laia de sérum.
    • Nunca fui muito rigorosa (sei que há grávidas que têm todo um ritual de aplicação de cremes e mistelas 2 ou 3 vezes por dia, mas eu que sou preguiçosa tinha dias em que nem sequer utilizava nada), mas o facto é que a pele se mantém elástica, hidratada e sem estrias.
  • Quenching Serum SOS, Caudalíe – Não me canso de falar dele, se não se lembram podem espreitar o que já disse aquiaqui, aqui e aqui. Preciso de dizer mais alguma coisa?
  • BB Cream Beyond the Solution, Lioele – Não é novo e já falei dele neste post. Agora, mais que nunca, dou-lhe o devido valor.
    • Muito boa cobertura, hidratante, não fica empoado tipo estuque mas também não me deixa com cara de fritadeira.
    • Agora tenho menos tempo que antes para me arranjar, pelo que gosto de atalhar caminho no que diz respeito à preparação da pele para a maquilhagem.
  • Protector Solar SPF 50 gel-creme para peles oleosas, Youth Lab – Foi a Ana que mo deu a conhecer e nunca mais o larguei. Todos, mas todos os dias, faça chuva ou faça sol, utilizo protector solar. Se já tinha todo um historial de alergias ao sol, a gravidez deu-me a conhecer a realidade das manchas e rugas.
    • Mais vale prevenir do que remediar, e este protector solar é o melhor do mundo para o rosto porque não pesa, não tem aquele cheiro a “sintético” a praia nem fica todo oleoso na cara.
    • Como bónus, tem uma ligeira corzinha. Há dias em que acabo por nem aplicar mais nada no rosto.
  • Poudre de Riz de Java, Bourjois – É uma reedição do famoso produto da Bourjois, em comemoração dos seus 150 anos.
    • É um pó solto translúcido com subtis cintilâncias que nos deixam o rosto com um ar polido e iluminado.
    • Não acumula nem tende a ficar oleoso.
    • A embalagem é prática, contendo uma patilha “doseadora” que não deixa que saia demasiado pó do compartimento.
    • Esta parte é completamente secundária mas também tem de ser referida: tem um cheirinho tão bom!
  • Batom Color Sensational Vivid Matte, Maybelline – Eu sei que não tem uma durabilidade imaculada, que nem sequer fica mate e que só chegaram 4 cores a Portugal.
    • Se procuram um daqueles batons líquidos mate à prova de tudo, esqueçam.
    • Ainda assim, são dos que mais tenho usado, especialmente a cor 50 (Nude Thrill).
    • A aplicação é super confortável, não resseca os lábios, efectivamente confere o conforto de um gloss sem ser pegajoso nem brilhante. E tem um sabor/aroma bastante agradável.
  • Blindagem Capilar, Novex – Já falei dela aqui e nem me vou alongar mais que isto: poupa-se muito tempo na secagem e preservação do penteado. Xô, humidade!
  • Emulsão de Banho, Anjinho – Só para contextualizar, a Anjinho/Angelito/Babyheart (há-de ter outros nomes noutros países) é a marca de produtos de higiene para bebé do Aldi e está muito subvalorizada. É mesmo muito boa e muito barata e volta e meia trago alguns produtos para a Teresa.
    • A emulsão de banho é um deles e também a utilizo. Adoro!
    • Não resseca a pele no banho, é um mimo.
    • Se tiverem um Aldi por perto, não olhem para este produto (nem para o resto da marca) de lado!
  • Gel de Limpeza 2 em 1 Pure Active, Garnier – É para peles oleosas e surpreendeu-me muito porque é delicado.
    • Não arde nem resseca a pele – palminhas por terem compreendido que as peles oleosas podem ser sensíveis e desidratadas e criarem um produto que respeita estas características!
    • É eficaz, é prático e é económico (a embalagem é gigantesca para o que é habitual num gel de limpeza de rosto – tem 200ml).
  • Purelan, Medela – Este é aquele produto do qual possivelmente nunca ouviriam falar se não estivessem grávidas/fossem mães.
    • O Purelan é um creme muito espesso e hidratante de lanolina pura. Tipicamente, utiliza-se nos mamilos quando estão gretados/sensibilizados pela amamentação.
    • Mas também serve para muitas outras coisas! Para peles muito secas e sensíveis (como os lábios), garanto-vos que não há melhor que isto.
    • Há quem gaste muito pouco, ao longo da amamentação. Eu já vou na segunda bisnaga à conta da função multi-usos.

E é o que tenho para dizer por agora. Pode parecer aborrecido, mas é mesmo o que mais tenho utilizado e que mais me tem surpreendido. E nem é necessário dizer que utilizo tudo exaustivamente, pois não?

Maquilhagem nova, quem disse?

portugal quem disse berenice swatch opinião review resenha crítica maquilhagem makeup maquiagem

Há muito que, no Brasil, O Boticário já não é só O Boticário.

Para quem não sabe do que falo, eu explico: entre outros projectos e marcas, o boti boti detém uma marca de maquilhagem muito gira chamada Quem disse, Berenice?

Para quem vai tendo atenção ao que surge do outro lado do Atlântico, nomeadamente através de blogs, creio que é acertado dizer que há sempre algum entusiasmo com os coloritos, efeitos, acabamentos e críticas positivas que vão sendo tecidas em grande escala.

Desta feita, estava a ser tremendamente injusto assistir a tudo do lado de cá e não poder pôr as mãos em cima de um montão de produtos muito catita.

Pois bem: no final de Novembro, a marca chegou a Portugal.

Finalmente! Para muitas de vós, não deve ser novidade. De qualquer forma, são três as lojas (no Norteshopping, no Dolce Vita Tejo e no Vasco da Gama) repletos de opções para todos os gostos e habilidades.

O melhor? Os preços são acessíveis.

A minha relação com a QDB começou uns dias antes da abertura das lojas. Chegou um pacotinho cá a casa com dois produtos para experimentar: um lápis preto (Pretuxo) e um batom vermelho (Vermeli).

Bom, pensei eu, nada de novo, apesar de serem dos itens de maquilhagem que mais uso. Até que decidi experimentar o batom e percebi que não era só mais um.

É certo que os batons líquidos mate já andam neste mundo há algum tempo, mas se falarmos de um que é mesmo mate, que é à prova de beijinhos e refeições e que (atenção, atenção) não resseca nem repuxa as peles dos lábios, subimos a fasquia.

Depois, o lápis de olhos. Bom, não é o mais preto que tenho, mas ainda assim é muito pigmentado, facílimo de aplicar e ganha pontos porque também é muito resistente, à prova de lágrimas e esfregadelas.

portugal quem disse berenice swatch opinião review resenha crítica maquilhagem makeup maquiagem
Lápis de olhos mate Pretuxo e metalizado Cobrelex; Batons líquidos mate – Vermeli e Marronli

Escusado será dizer que fiz logo uma pesquisa a correr, para ver o que as brasileiras mais recomendam da marca e quais as cores que mais me interessavam, e fui com a minha lista (enorme, por sinal) à loja do Vasco da Gama.

Aqui fica um alerta: não se entusiasmem muito, porque há muitos produtos que ainda não chegaram a Portugal. E um recado para a marca, que aqui também se faz disso: por favor, tragam tudo depressa. Para ontem!

Mesmo com a loja apinhada e com a desilusão de não encontrar algumas das coisas que queria trazer, comprei aqueles que são os dois produtos que mais tenho utilizado nas minhas maquilhagens, mais um lápis em gel e um batom líquido mate – o Cobrelex e o Marronli, respectivamente. São perfeitos!

E vocês, já experimentaram algum produto da Quem disse, Berenice? Quais recomendam?

Fapex: o que comprar? – Notino

Encomenda Fapex notino maquilhagem low cost beleza review swatch resenha batiste orly dermacol makeup opinião

Depois de ter publicado um artigo explicativo sobre o processo de compra na Fapex, várias foram as pessoas que me abordaram no sentido de saber o que é que compensa comprar na loja.

Associada a esta grande dúvida, frequentemente surgiu outra questão: os produtos da loja são fidedignos?

São, sim! Pelo menos, até à data, todos os que me chegaram às mãos estão em perfeitas condições e dentro dos prazos de validade.

No dia em que me surgissem dúvidas, podem ter a certeza que nem sequer fazia qualquer menção à Fapex aqui no blog.

Ultrapassada esta dúvida inicial legítima, eis o que é possível encontrar que torna o site tão especial:

  • Marcas que não são comercializadas no nosso país – têm o exemplo da Ziaja, da Batiste ou da Dermacol, que até são muito acessíveis e têm produtos de óptima qualidade. Quem diz estas, diz outras.
  • Marcas que temos por perto mas com preços mais elevados – Ou em formatos que não estão disponíveis no nosso país, e aqui podem incluir marcas de farmácia e perfumaria, bem como o mercado de luxo. É simples: se pretendem comprar determinado produto e sabem qual é o preço habitual dele, podem sempre comparar com o praticado na Fapex. Não garanto que seja sempre vantajoso, mas há muitas situações em que compensa (da minha experiência, posso falar da Uriage, da Guerlain e muitos perfumes).

Acima, têm uma foto da última encomenda que fiz.

Mantive-me num registo low cost, entre coisas que queria experimentar e outras que já conhecia e necessitava de repor, como o champô seco (já falei dos champôs Batiste aqui e aqui).

Em breve, contem com posts mais detalhados sobre a base Dermacol Cover e sobre os produtos Orly desta foto.

Trouxe dos 90s – Trolls

trolls troll dolls vintage anos 90 brinquedos filme cinema review mac edição limitada
Troll Dolls. Imagem de origem desconhecida.

Voltando à bonecada dos anos 90, aposto que ficaram nostálgic@s só de ouvir falar dos Trolls, ou Troll Dolls!

Na verdade, os bonequinhos de cabelo espetado e farfalhudo surgiram em 1959, mas tiveram especial popularidade décadas mais tarde quando surgiram em videojogos e desenhos animados.

trolls troll dolls vintage anos 90 brinquedos filme cinema review mac edição limitada

Lembro-me que em 1999/2000 havia Trolls de colocar nos lápis, que saíam nos cereais Wheetos (e possivelmente noutras variedades). Alguém tem espécimes destes por aí guardados?

Entretanto, a DreamWorks encarregou-se de fazer um filme de animação que, ao que parece, chegará a Portugal ainda este ano.

trolls troll dolls vintage anos 90 brinquedos filme cinema review mac edição limitada
Poster alusivo à colecção Good Luck Trolls da MAC.

Também a MAC acaba de anunciar uma linha de maquilhagem chamada Good Luck Trolls alusiva a estes brinquedos, a propósito do filme referido anteriormente.

As embalagens e os produtos em si são super coloridos e dá vontade de ter tudo.

Estas memórias não poderiam vir mais a calhar num ano tão importante para os Trolls!

trolls troll dolls vintage anos 90 brinquedos filme cinema review mac edição limitada zelfs
Zelf. Imagem de origem desconhecida.

Sendo eu uma criança crescida, não pude deixar de reparar que, recentemente, surgiram outros bonecos que me parecem claramente inspirados nos Trolls e que inundaram as prateleiras dos supermercados, os Zelfs.

Aposto que, com tanto alarido, não tardará muito até que consigamos reencontrar Trolls à venda para matar saudades, mas enquanto não acontece (e se quiserem algo mais colorido para as vossas crianças), fica a dica!

Ainda têm por aí algum Troll perdido?

Expocosmética 2016 – O Rescaldo

Muito me têm perguntado vocês sobre as minhas compras na última edição da Expocosmética, que já passaram algumas semanas e eu tenho permanecido silenciosa.

Assim muito resumidamente e para começar, consegui trazer tudo o que queria da minha wishlist.

Não foi complicado, até porque este ano a feira abriu mais cedo para um grupo mais restrito que o público geral e inicialmente não houve tanta confusão.

Aplaudo de pé esta ideia e espero que permaneça nas próximas edições! Não é tanto por mim (embora agradeça), que não sou mais que ninguém, mas reconheço que para os profissionais simplifica a tarefa das compras.

Senti que houve uma menor adesão por parte de bloggers e público amador e que, por outro lado, houve uma maior oferta que noutras edições da feira.

Continuou muito voltada para a estética profissional, em especial para as unhas e cabelo, mas havia uma maior diversidade e notei que houve empenho em atender ao interesse masculino pela beleza.

expocosmética beauty inbeauty beleza review swatch opinião makeup maquilhagem blog

Passando ao que vos interessa, compras e ofertas – o que podem ver na foto.

Já não consta do registo a remessa inicial, porque entreguei logo à minha mamã aquilo que me tinha pedido, e seleccionei logo as ofertas de forma a encaminhá-las para quem as poderia utilizar (entenda-se, tudo o que era gel e semelhante, ficou nas mãos do L.).

Trouxe as minhas tintas e oxidantes da Farmavita e duas Wet Brush da Pluricosmética, onde fui recebida com o carinho de sempre.

Ainda vim de lá carregada de amostras boas (muitas delas em tamanhos muito generosos, como podem verificar!) e com uma maleta da Wella com dois produtos de cabelo para experimentar.

No stand da Embelleze, comprei a Blindagem Capilar (normal e com óleo de argão), a Queratina Líquida e a Recarga de Queratina de que já tinha falado, e ainda me ofereceram mais uma unidade desta última e o Boost Gold, que desconhecia.

Da Kinetics, trouxe o Nano Shark e o Kwik Kote, como não podia deixar de ser, e ainda me ofereceram um verniz Solar Gel.

Ainda trouxe ofertas da Andreia (merecem um post especial) e fiquei a catrapiscar uma das novidades da marca, e da Inoeh.

Tinha-vos falado de outras potenciais compras, mas o preço não compensava e acabei por não investir. No total, saíram-me do bolso cerca de 50€ que, noutras ocasiões, rapidamente se transformariam em mais que o dobro.

Já sabem, irei mostrar-vos as novidades detalhadamente, mas caso queiram saber algo específico ou que dê prioridade a alguma das minhas compras, sintam-se à vontade para perguntar!