Categoria: Higiene

Chamem o 112!

Nurse por Murat Süyür

Ou não. As emergências calham a toda a gente, e algumas delas têm soluções fáceis, como as que que aqui vos mostro.

1. Acabou o amaciador? Faça o favor de esmagar um abacate e aplique no cabelo após enxaguar o cabelo. Em alternativa, pode utilizar maionese. Deixe no cabelo por 15 minutos e enxague.

2. O rímel deu o berro? Aplique um pouco de vaselina nas pestanas, com ajuda dos dedos.

3. Acabou a base? Nada que pó solto ou corrector de imperfeições e creme hidratante não resolvam. Misture um pouco de pó solto ou corrector com um pouco de creme hidratante e aplique na cara.

4. Não há creme de barbear para fazer a depilação? Use amaciador do cabelo. Aliás, é o que faço sempre.

5. Tem cabelos rebeldes e o desfrizante acabou? Creme hidratante ou bálsamo labial resolvem o seu problema. Espalhe um pouco nas mãos, para não correr o risco de ficar com o cabelo como se o tivesse mergulhado no tempero da salada, e aplique um pouco por todo o cabelo. Esta é, também, uma boa forma de definir caracóis, eu aprovo!

6. Não tem batom? Use blush. Sim! Aplique blush em pó ou em creme nos lábios, com o dedo. Para ajudar, pode usar bálsamo labial, que dá uma textura mais suave. Ao que parece, pode também fazer o processo inverso e usar batôn como blush. Só tem que ter em conta que os batôns têm muito mais pigmentos que o blush, e portanto tem que ser usado com cuidado. Use uma quantidade mínima e ajude a esbater com creme hidratante.

7. Não tem sombra? Use pó bronze. Os tons de pó bronze assentam bem em qualquer tonalidade de pele. Aplique com a ajuda de um cotonete.

8. Acabou a laca? Use gel. Espalhe um pouco de gel nas mãos, aplique no cabelo e, para manter o cabelo no lugar, use o secador.

9. Não tem óleo para as cutículas? Use óleo de bebé. Ou azeite.

10. Acabou o corrector? Use os resíduos de base que ficaram depositados nas bordas ou na tampa do frasco ou da bisnaga. Como foram perdendo o hidratante que o resto da base tem, ficam mais concentrados, assemelhando-se ao corrector.

11. Não tem eyeliner? Use sombra. Molhe um pincel fino e use a sombra, da mesma forma que faria com o eyeliner. Esta dica já foi referida aqui.

12. Acabou o creme dos pés? Use vaselina.

Espero que as dicas façam jeito!

A Carlinha é que Sabe, e a Guida Aprova!

Foto por Carlinha

A dica que vos trago hoje funciona mesmo e foi dada pela Carlinha do Retalho de Lua.
Ao invés de usarmos esponjas e géis de banho que, para além de muitas vezes serem um grande desperdício e acabarem por ir parar ao lixo as esponjas ou puffs velhos, muitas vezes feitos de derivados do petróleo, bem como as embalagens gastas de gel de banho, o que nos é proposto é que metamos um sabonete num saquinho de tule. Simples, não é? O efeito vai ser exactamente o mesmo que o dos puffs e, se o tule for grossinho, até dá um bom esfoliante. Perfeito, não é? Para mim, ainda há outra grande vantagem. É que sou alérgica à maior parte dos géis de banho e, por esse motivo, sou forçada a usar sabonete grande parte das vezes. Com esta ideia do saquinho do tule, ainda ganho outras vantagens!

As pessoas cá de casa andam cépticas, mas eu creio que vão mudar de ideias rapidamente!

Obrigada, Carlinha!

Três Simples Passos II

limpeza rostoFalemos de uma rotina que deve ser criada desde cedo.

Este artigo é destinado, no mínimo, às pessoas que, como eu, têm pele sensível e com tendência para o aparecimento de acne, se bem que @s restantes leitor@s também podem experimentar este ritual.

Esta é uma das situações onde menos é mais, em todos os sentidos: com menos de 5€, obtemos produtos super simples e de óptima qualidade, como confirmam as pessoas de há umas gerações atrás. Não gosto nem posso gastar muito dinheiro com produtos cosméticos, e portanto tento sempre ter em conta a relação qualidade/preço. Falemos da minha escolha:

  1. Está mais que provado que o sabão azul e branco é um dos melhores desinfectantes que podemos encontrar no mundo dos produtos de higiene, prevenindo a proliferação de bactérias que provocam o aparecimento do acne. Por outro lado, acaba por sair ao preço da uva mijona, visto que uma barra de 400g não chega nem a 1€ e dura eternidades (e não, não é por isso que o sabão azul e branco é frequentemente encontrado em lavabos públicos! Insistindo, este sabão não só não é rasca como é melhor que muitos sabonetes desinfectantes, incluindo aqueles que estão à venda nas farmácias!). Podem existir pessoas que não gostam do aspecto nem do cheiro deste espécime, eu não me queixo! O sabão azul e branco tem um aspecto agradável e o cheiro recorda-me os tempos que passava em casa da minha avó;
  2. Não há melhor tónico que a água de rosas! Desde pequena que incutiram em mim o hábito de limpar os olhinhos com água de rosas, e a verdade é que continuo a fazê-lo (para quem tem cães, principalmente raças como os caniches, a água de rosas não é agressiva para a limpeza dos olhos!) todos os dias e estendi o seu uso a toda a cara. Cá está, este é outro produto baratíssimo e que dura muito tempo. Ah, e para as pessoas que não acharam piada ao item anterior (sim, o sabão azul e branco!) por causa do cheiro, deixem-me referir que depois da água de rosas não fica vestígio algum do cheiro do sabão;
  3. Não é por acaso que a Nally continua a fabricar o creme Benamôr: se este creme não fosse bom e se benamor nallytantas pessoas ao longo de várias gerações não tivessem boas críticas a fazer, ele já não existiria. É bastante importante hidratar a pele, até porque nos dias que correm a poluição é mais que muita e quanto mais pudermos proteger a nossa pele do contacto com as substâncias nocivas que pairam no ar, melhor! Este creme é um dos poucos que não deixa a minha pele empastada, e ainda tem a vantagem de cobrir ligeiramente imperfeições como pequenos vermelhões e pontos negros e dá uma ajudinha na fixação da maquilhagem, para que aguente impecável por mais tempo. Juntem-lhe o cheirinho único e a embalagem perfeita com o requinte dos tempos antigos, e garanto-vos que nunca mais pensam em usar outro creme!

Vamos pensar em fazer uma (grande) poupança? Têm outros hábitos como este, à base de produtos do tempo dos avós? Partilhem-nos!