Hoje vamos falar de decoração. Como sabem, a Guida ainda não tem casa. E como sabem, também, a Guida gosta de aproveitar o que existe e que está à mão em vez de comprar a papinha toda feita. Penso que as coisas são muito mais bonitas e têm muito mais valor quando somos nós a fazê-las. Como podem imaginar, quando tiver a minha casa, quero ser eu a decorá-la toda à minha maneira, com tempo. Quero pintar as paredes, aproveitar mobília antiga e fazer um monte de coisas giras que vão tornar a casa que eu escolher na MINHA casa.

Há bocado, estava eu a ler o mini-saia e descobri este post, onde havia leitoras com dilemas em renovar espaços, dando destaque às paredes. E a Mónica Lice sugeriu o uso de autocolantes decorativos. Até podem ser uma boa ideia, mas não são coisa que me agrade: comprar algo que sei que não é único. E até os podemos fazer (de milhentas formas diferentes) em casa, e é impossível inventar desculpas do tipo “eu não tenho tempo” ou “eu não tenho jeitinho nenhum”, porque são coisas relativamente fáceis de fazer, apenas requerem alguma paciência.

Uma das coisas onde dispenso mais tempo na Internet, são os sites de Artes e Design e já gastei muitas horas a navegar pelo Stumble Upon fora a ver sites de reciclagem e decoração. Assim, e como sei que há muitas pessoas que gostam de transformar as suas casas mas que ainda não tiveram um empurrãozinho para o fazerem por si próprias, venho mostrar-vos algumas ideias e as respectivas técnicas explicadinhas para vos inspirar (todas elas em inglês. Se precisarem de alguma tradução, avisem!).

Paredes com Cara Lavada

Por que não experimentar fazer uma parede de mosaicos? É fácil e barato, nem sequer precisam de pintar nada e quando se fartarem podem sempre removê-los facilmente. É questão de escolherem cartolinas, papel de lustro, papel com padrões, o papel que a vossa imaginação ditar. Até podem usar fotografias ou postais! Meçam a parede, definam as medidas dos quadrados e mãos à obra!

Em alternativa, podem sempre fazer uma decoupage (colagem, quero eu dizer!) no tecto, como sugere a imagem, ou nas paredes. É seguir o tutorial, é muito fácil também e fica bastante engraçado. Esta técnica também é boa para decorar portas, por exemplo, e nesse caso eu já escolheria motivos coloridos, sem os restringir a um único tom. Sabem o que é que é bom fazer? Recortar revistas, como eu faço há muito tempo. As imagens dão para aplicar em muitos sítios, é uma boa forma de reciclar em pouco tempo e de forma eficaz.

Quem tiver mais paciência pode sempre optar por transferir imagens ou desenhar directamente na parede e pintar, como nos ensinam aqui. Quem quiser ir mais longe, pode ainda combinar estas três técnicas e misturar tecidos, como se vê aqui e ali. E já que vão andar com as mãos na massa, perdão, na tinta, por que é que não criam formas geométricas? Que tal uma parede com losangos ou outras formas quaisquer, com relevos imitados, como se fosse papel de parede?

Mobílias Novas

Bem, quando o assunto é mobiliário, podem querer duas coisas: o arzinho que a mobília tinha quando era nova ou renová-la por completo. No primeiro caso, basta ir ao AKI ou lojas semelhantes que têm todos os produtos necessários para restauro e folhetos que explicam todo o processo. Depois disso, é precisa muita paciência, roupa velha e luvas. Caso estejam fartos da vossa mobília velha, podem sempre transformá-la:

Podem fazer decoupage em cadeiras, com posters ou outro papel ou tecido do vosso agrado, por exemplo.

Podem usar papel autocolante ou fazer colagens, novamente, mas apenas em algumas partes da peça em causa, como se vê aqui. Até o podem fazer em mobílias novas, mas que são muito simples. Encontram-nas facilmente na IKEA, muito barata (aproveito por dizer que estou extremamente feliz por ir ter uma loja destas praticamente aqui à porta de casa!!).

Se acharem que as vossas secretárias, cómodas e por aí fora não tiverem recuperação possível mas as gavetas estiverem boas, podem aproveitá-las e fazer uma espécie de estante como esta moça experimentou. É uma ideia muito boa e podem sempre organizar as diferentes gavetas da forma que melhor entenderem! Se acharem que fica instável, é só aparafuzarem as gavetas umas às outras.

Aqui ensinam-nos a transformar por completo uma secretária e uma cadeira velhas e feias, pintando e forrando os puxadores com tecido e a cadeira com uma peça de tricô (e por que não aproveitar uma camisola velha?), e neste ponto posso acrescentar que é uma óptima maneira de renovarem as vossas cadeiras e bancos, por que não forrá-las com tecidos bonitos?

E voltando à decoupage, esta é uma maneira fácil para dar um ar novo a mobílias sem grandes esforços, basta pintá-las com apenas uma cor, ou nem sequer pintar, e aplicar os vossos motivos em mesas, portas, mesas de cabeceira, roupeiros, o que vos apetecer.

Uma ideia gira para camas (também pode ser aplicada a bancos e coisas do género, porque não?) é a da imagem, em que se optou por pintar o topo da cama na parede em vez de colocar um topo verdadeiro.

Ocupar os Espaços com Coisas Bonitas

Depois das paredes e das mobílias, temos que pensar no resto da decoração, que também é importante.

As flores e plantas deviam ser elementos essenciais em todas as casas, não só porque são bonitas mas também porque trazem vida ao lar e porque acabam por ser uma terapia: acreditem que após uns minutos de estarmos a cuidar delas, estamos super distraídos e entretidos com as meninas. Como muitos de nós moramos em casas pequenas, rentabilizar o espaço é importante e, felizmente, alguém teve esta ideia brilhante de empilhar os vasos. Mesmo que tenham espaço em casa, esta maneira de ter os vasos fica muito bonita! Também podem aproveitar lâmpadas estragadas como jarrinhos para flores.

Para que os casacos, chapéus, malas e chaves não andem à solta pela casa, existem cabides e chaveiros. Com técnicas de forragem e decoupage, existem opções excepcionais, na página que vos sugeri até aproveitam cabides desirmanados! Se houver meninas pequeninas aí em casa que tenham bonecas estragadas, por que é que não fazem como na imagem? Sim, é um pouco mórbido, mas é uma questão de usarem outras cores no painel de madeira!

Quanto a candeeiros, podem aproveitar candeeiros velhos e pintá-los com cores que gostem, fazer stencils em abat-jours velhos, fazer como na imagem e aproveitar caixas de ovos e luzinhas da árvore de natal, que tem esta variante que origina um candeeiro de tecto, podem inspirar-se na Cantina Baldracca e fazer candeeiros a partir de panelas, passadores, canecas e outras coisas da vossa cozinha, usar recipientes de iogurte, e outras coisas que tenham por aí.

Acham que o vosso espelho está tão simples que até vos dá um desgosto quando têm que olhar? Aqui há uma solução.

E nas cortinas, já alguém pensou? Colagens, carimbos de batata como na imagem (esta técnica também liga bem em toalhas, toalhas de mesa, lençóis, panos de cozinha e por aí fora. Se quiserem, até podem pintar os vossos motivos à mão com tintas de tecido), há uma série de opções que podem ter em conta se não quiserem costurar as vossas próprias cortinas. Se for esse o caso, a IKEA e a Feira dos Tecidos são bons sítios para encontrarem tecidos catitas!

Para as cozinhas e casas-de-banho, e talvez em alguns tipos de quarto, podem fazer tapetes em patchwork como o da imagem: são bonitos, fáceis de fazer, fáceis de lavar e ficam bem com qualquer tipo de decoração: basta escolher tecidos que se adequem!

Não têm espaço para os livros e revistas que andam aí pelo chão ou a arrastarem-se pelo sofá? Vejam esta solução muito prática e fácil de fazer.

Como é muito importante termos as fotografias daqueles de quem gostamos à mostra para vermos sempre que nos apetecer, e se não fizeram grandes acrobacias com as vossas paredes, pode ser engraçado pintarem ou colarem molduras, como no exemplo.

Para terminar a nossa conversa sobre decoração, é sempre bom darem uma vista de olhos a sites como o Makezine ou o Craftzine, que todos os dias têm montes de ideias giras para se entreterem a trabalhar (não falam só de decoração!) e se estiverem mesmo a planear uma redecoração da vossa casa existe o planificador da IKEA que podem instalar no computador e que dá um jeitão!