Categoria: Beleza

Testei – Veet Spawax

Tenho a certeza que quem faz a depilação, pelo menos uma vez na vida, já foi a uma esteticista. Lá, com certeza, terá saltado à vista a típica “panelinha” de aquecer cera. Quando recorremos a profissionais, é porque sabemos que os resultados são melhores do que os obtidos no domicílio, por nossa conta.

veetspawax

E se passássemos a ter ao nosso alcance, nos hipermercados, os mesmos equipamentos com vista a resultados perfeitos e duradouros? Recentemente, a Veet lançou o produto Spawax. Este equipamento custa 39,90€ e as recargas saem por 9,90€, mas é possível encontrar diversas promoções nos hipermercados. É um aparelho como o que mencionei acima, mas optimizado (pequeno, bonito e fácil de manusear, limpar e arrumar) para que qualquer mulher o possa utilizar em casa, sem grandes complicações. Cada kit Veet Spawax é composto pelo aquecedor de cera eléctrico, uma espátula e seis discos de cera, que podem ser doseados conforme a quantidade de cera necessária (esta informação vem especificada na embalagem exterior, e podem encontrar outras informações úteis sobre depilação neste site).

A Veet desafiou-me a experimentar esta novidade. A utilização foi bastante simples e só não há registo fotográfico porque tive receio de provocar um acidente. Eu, equipamentos electrónicos e substâncias fluidas/líquidas no mesmo local não costuma dar bom resultado! É só colocar os discos no aparelho, fechá-lo e ligá-lo à corrente durante, pelo menos, 30 minutos – eu considero melhor manter o aquecimento, estejam descansadas que não se queimam! Depois, é só espalhar a cera na zona a depilar (não se esqueçam de ter a pele bem seca e de a proteger com pó de talco) com o cuidado de deixar a ponta que vão puxar ligeiramente mais espessa. Aguardam um pouco para a cera arrefecer, e depois é só puxar. Se sobrar cera, não faz mal: podem deixá-la secar na panela, porque não vai ser alterada e pode ser reaquecida noutra utilização.

Fiquei impressionada, porque até as penugens minúsculas dos dedos (digam-me que não é um mal exclusivo da minha pessoa!) foram arrancadas com eficácia, e é frequente não conseguir retirá-las com cera (por serem mesmo minúsculas). Diria que a cera dá para áreas mais extensas do que as sugeridas na embalagem, já que no fim de depilar as pernas ainda tinha cerca de 1/3 da cera na panelinha, mas eu sou pequenina, também convém ter este detalhe em conta.

Considero que esta é uma opção em conta para quem gosta dos resultados das esteticistas mas quer poupar dinheiro (façam as contas às idas à depilação e comparem com o custo do Spawax e das recargas!).

Passatempo de Aniversário #2 – Kit de Pincéis Argent Makeup

kitargentmakeup
Imagem retirada do Facebook da Argent Makeup

O prometido é devido, e cá está mais um passatempo para celebrar o 7º aniversário do blog, que é já no próximo dia 12.

Hoje trago-vos um mimo bom em parceria com a Argent Makeup: um kit de olhos em cor-de-rosa, composto pelos pincéis 201 e 202 (os dois da foto). Já falei deles (e da marca) aqui e aqui.

O prémio será entregue a uma vencedora, que será escolhida aleatoriamente no fim do passatempo. Para participar, como é habitual, têm de preencher a caixa abaixo. É obrigatório seguir o blog e a Argent Makeup no Facebook, mas há entradas opcionais (conferem participações extra, para aumentar a probabilidade de ganhar). Podem participar residentes em Portugal Continental e Ilhas, até ao dia 31 de Outubro. Boa sorte!

Passatempo de Aniversário #2 – Kit de Pincéis de Olhos Argent Makeup

In Beauty 2015 – O Rescaldo

Chegou ao fim mais uma edição da In Beauty, uma das feiras de beleza de grande relevo que temos no nosso país. Foram 3 dias (3 a 5 de Outubro) em que, na Meo Arena, houve muitas promoções e demonstrações de novidades no campo da estética e beleza. Na minha opinião, tem havido melhorias de ano para ano e é maior a oferta, a credibilidade deste tipo de eventos e também as boas oportunidades têm aumentado. Ainda assim, continua a ser algo muito voltado para os profissionais e com um grande foco nas unhas e no cabelo, ficando o domínio da maquilhagem na penumbra.

Já começo a ter uma ideia dos stands presentes nestas iniciativas e dos produtos que quero comprar, porque têm preços muito apelativos e compensam bastante. Quando falo (eu e outras bloggers!) em produtos que não se encontram com tanta facilidade nas grandes superfícies e perfumarias, aqui têm: na maior parte dos casos, são de lojas especializadas e estão muitas vezes presentes nas feiras (Expocosmética/InBeauty) que acontecem uma ou duas vezes por ano.

inbeauty

Posto isto, fiz a minha lista para não me perder, e a verdade é que, desta feita, acabei por nem sequer ver a feira toda. Visitei o que me interessava, cumprimentei parceiros do blog, comprei só o que queria (e o que não planeava comprar a curto prazo, mas valia a pena!) e por aí fiquei.

Queria repor o meu stock de vernizes especiais da Kinetics, mas a marca não esteve presente nesta edição. Comprei tintas de cabelo – uso as da Farmavitta, à venda na Pluricosmética, que estão sempre baratíssimas nestas feiras por aproximação do fim da validade; duas escovas de cabelo, também na Pluri; e o Tratamento Selante Pré-Escova Blindagem Capilar da Novex na banca de um dos seus clientes (ainda não usei, mas tenho ouvido maravilhas sobre ele!).

No stand da Hair & Body, havia promoções fantásticas no champô e máscara que utilizo habitualmente da Real Natura (tudo abaixo dos 5€). Contudo, não me pareceu muito sensato carregar com garrafões de 5l de champô e máscaras de 1kg, sendo que o regresso a casa ainda iria tardar e, de qualquer forma, a loja costuma ter promoções que, não sendo tão boas, também são muito jeitosas.

Vim de lá mimada com mais umas poucas coisas: à entrada, foi-me oferecido um pequeno kit com gomas (que já marcharam!), um hidratante corporal (que já ofereci) e três vernizes Inocos. A Andreia oferecia um kit com 2 vernizes da sua colecção Grey’s Attraction e três vernizes 14Ever (já os tinha, pelo que estes últimos são para vocês). A Nativa do Brasil encheu-me de mimos: um gel-duche de litro, um sabonete esfoliante, um creme para os pés e um hidratante corporal. Da Pluricosmética, ainda trouxe um montão de amostras.

No total, gastei cerca de 20€. No fim das contas, o saldo foi bastante positivo! Com calma, vou falar de tudo o que vos mostrei.

Passatempo de Aniversário #1 – Vernizes Andreia

passatempoandreia

Como devem saber, no próximo dia 12 o blog faz 7 anos. Parece que foi ontem, mas A Guida já está crescida e com idade de andar na escola. Há quanto tempo acompanham as minhas peripécias?

Para vos agradecer todo o apoio e toda a companhia que me têm feito ao longo dos anos, decidi preparar alguns miminhos para celebrar. Este é só o primeiro!

Tenho para oferecer, a uma vencedora que será escolhida aleatoriamente, três vernizes da linha 14Ever da Andreia: o Step 1 – Super Base; o Step 2 – Super Color (neste caso é a E4); e o Step 3 – Super Shine. Quando utilizados em conjunto, estes vernizes ficam com aspecto de verniz gel e duram até 14 dias nas unhas, impecavelmente!

Para participar, só têm de preencher a caixa abaixo. É obrigatório seguir o blog via Facebook (vou conferir!), mas as restantes entradas são opcionais (conferem participações extra, para aumentar a probabilidade de ganhar). Podem participar residentes em Portugal Continental e Ilhas, até ao dia 31 de Outubro. Espero que gostem.

Passatempo de Aniversário #1 – Kit Andreia 14Ever

Boa sorte!

Testei – Avon Advance Techniques Absolute Perfection BB

Há cerca de um mês, recém chegada das férias, recebi para experimentar a linha capilar Absolute Perfection BB da Avon. O conjunto, composto por champô, condicionador, máscara e bálsamo leave in, vinha mesmo a calhar e no melhor timing possível. Creio que toda a gente sabe que, por mais cuidado que tenhamos, o tempo de praia faz maldades grandes ao cabelo. O meu ficou mais seco que o habitual, e com as pontas a gritarem por ajuda (é de salientar que a última vez que dei uma tesourada foi por volta da Páscoa).

Vocês sabem, que eu costumo dizer, que não experimento estes produtos de cabelo só em mim. Habitualmente, tenho ao meu cuidado os cabelos de algumas mulheres que me são próximas. Para além do meu cabelo, que é espesso e seco, tenho ao meu dispor para estas experiências (eu sei que parece que estou a falar de cobaias de laboratório, ignorem esse detalhe) cabelo ainda mais espesso e mais seco que o meu, e cabelo liso normalíssimo.

avonbb

Segundo a Avon, esta linha de cuidados tem filtros UV e uma tecnologia nova chamada Advanced Shield, propondo-se a hidratar, proteger e nutrir o cabelo, deixando-o maleável, suave e sedoso, resistente à humidade e recuperando-o de agressões externas, como são o sol e o mar. Diria que em cabelos normais e/ou oleosos, esta linha tem potencial. Vi resultados no “cabelo normal” que se mostrou disponível para experimentar, que ficou visivelmente mais brilhante e domado. Se for este o vosso caso, invistam à vontade (já sabem que a aquisição de produtos da marca é feita junto de revendedoras, e caso não conheçam nenhuma, falem comigo!).

Tenho a destacar o efeito curioso da máscara, que forma uma película evidente nos fios de cabelo, mas está longe de ser tão boa (para os meus cabelos) quanto outras que a Avon comercializa. O champô, que é o produto da linha que mais me agrada, limpa bem o cabelo, sem o deixar ressequido. O condicionador é demasiado fluido, embora evidentemente mais espesso que o champô. Não fiquei fã do bálsamo, e considero que é o item mais fraco da linha. Aparentemente, não deixa resíduos. Contudo, também não é hidratante, pelo contrário.

Para cabelos secos, não considero que esta seja a melhor opção. Encontram alternativas bem melhores na Avon – já fui revendedora  e experimentei muitas coisas, como as linhas Moroccan Argan Oil e Lotus Shield (fui procurar referências no blog e não as encontrei, e nem sei bem como nunca falei nos produtos! Vou resolver a falha, prometo).

Naturais mas Vistosas #2

No início do ano, contei-vos que fiz uma permanente de pestanas, seguida da aplicação de uma máscara de longa duração. Ficou tudo explicadinho aqui neste post. Fiz estes tratamentos de beleza no gabinete de estética Célia Godoy, em Odivelas, pertinho do metro.

Eu e a Célia no gabinete de estética.
Eu e a Célia no gabinete de estética.

Faço vários procedimentos lá, e desta feita foi a vez de experimentar algo semelhante ao que acabei de referir: fiz uma permanente de pestanas, só que agora apostámos em fazer uma tintura. Novamente, o objectivo é ter pestanas super curvadas, negras e vistosas por muito tempo.

Não é obrigatório realizar os dois procedimentos e há quem faça só a permanente. Os resultados duram cerca de dois meses. Pela minha experiência do início do ano, dura quase três meses. A tintura não deverá durar mais de duas semanas, e nas minhas pestanas que já são naturalmente muito escuras, não acresce grande diferença. Contudo, para quem tem pêlos muito clarinhos, pode fazer toda a diferença e poupar-vos a utilização de máscara por algum tempo.

Antes e depois. Como resultado, as pestanas estão muito mais curvadas e com uma coloração mais intensa.
Antes e depois. Como resultado, as pestanas estão muito mais curvadas e com uma coloração mais intensa.

Os procedimentos são indolores e demoram cerca de 2h, no total, a serem realizados. Alguns dos produtos que compõem o processo são demasiado fluidos e podem causar algum desconforto, mas é temporário e remediado de imediato, para além de que, no final, os nossos olhos são bem lavados com soro fisiológico.

Mais uma vez, fiquei satisfeitíssima com a permanente de pestanas. Os cuidados a ter são muito básicos: não esfregar, evitar água quente e manter a região periocular hidratada.

Até ao final do mês de Setembro, todos os procedimentos estão com 30% de desconto. O valor da permanente é de 20€ e a tintura sai por 15€. Fazendo as contas, fica mesmo baratinho se lhe aplicarem o desconto em cima. Por isso, já sabem: aproveitem!

Alergia ao Sol #2

Eu sei que não tem nada a ver, mas apeteceu-me ser um bocadinho mete-nojo e colocar aqui esta montagem com fotos tiradas pela Ana Rita (http://www.lets-talk-about-beauty.com/).
Eu sei que não tem nada a ver, mas apeteceu-me ser um bocadinho mete-nojo e colocar aqui esta montagem com fotos tiradas pela Ana Rita (http://www.lets-talk-about-beauty.com/).

É uma grande falha não dedicar mais tempo a este assunto importante e que faz parte da minha existência. Afinal, há cada vez mais pessoas a sofrer de alergias solares e é dever de quem tem o dom da palavra alertar e ajudar nestas situações. Antes de escrever este post (esperem, que não vem daqui nenhum testamento… Por enquanto!), fui vasculhar o que já tinha escrito sobre o assunto aqui no blog e concluí que falei dele duas vezes, aqui e aqui.

Vou ter de preparar um post com tudo bem explicadinho. Hoje, quero só partilhar convosco um episódio chato e que poderia ter sido evitado. Nunca apanhei um escaldão. Bronzeio com muita facilidade. Contudo, nunca descurei a aplicação de protector solar. Aos 19 anos, passei a ter ainda mais cuidado, porque comecei a ter alergias com muita facilidade. Utilizo protector solar todos os dias, todo o ano, e quando estou exposta durante muito tempo (caso dos dias de praia e piscina – procurando sempre zonas de sombra nas horas críticas!), procuro reaplicar com alguma frequência. Consegui passar o Verão do ano passado sem transtornos, e este ano ia pelo mesmo caminho.

Ia! Ontem, coloquei a uso uma embalagem de protector solar do ano passado que estava guardada em boas condições. Toda a gente lê sobre a validade dos produtos e sobre a perda de propriedades e eficácia que têm, mas nem sempre temos o maior rigor na sua utilização. Cá para mim, pensei que o dito protector solar ainda estava em perfeitas condições, já que o cheiro, cor e textura se mantiveram como seria suposto. Tenho passado os dias desta semana na piscina.

Há coisas que os olhos não vêem, e hoje à tarde comecei a ficar com muita comichão e ardor generalizados. Quando me vi ao espelho, parecia um Ferrero Rocher com pernas! Bem conheço esta ladainha. Cá estou eu, com uma brutal alergia solar, com os anti-histamínicos (não se automediquem, procurem sempre ajuda dos profissionais de saúde!) do costume e a dar por terminada a minha época balnear de 2015. Moral da história: respeitem a validade do protector solar e façam pela vossa saúde.

Óculinho Novo

oculos3

Vocês que já me conhecem, sabem que tenho duas características bem vincadas: sou muito vaidosa e padeço de uma espécie de Síndrome de Diógenes. Isto significa que, se puder, tenho muitos exemplares de cada coisa. Just in case e porque gosto de variedade.

oculos2

Sou míope, também já partilhei convosco noutras ocasiões. Sou um pouco negligente. Tenho evitado utilizar lentes com muita frequência, mas nem sempre (quase nunca, aliás!) ando de óculos na cara. É sinal que não vejo assim tão mal, mas dou conta dos olhos sem necessidade porque me canso das armações ou não acho que fiquem bem, de todo, com o que visto e sinto e quero transmitir no dia-a-dia.

Felizmente, há cada vez mais opções low cost com qualidade tanto em lojas físicas como em lojas online e assim, de tempos a tempos, dá para ir ampliando a colecção. Sim, é bom ter algo neutro que sirva para tudo, mas quem não namora armações mais extravagantes? Eu até acabo por atirar uns óculos para dentro de cada mala, e assim garanto que estou sempre prevenida para tudo.

oculos1

Fui desafiada pela Firmoo a escolher uns óculos novos e encomendei o modelo #F044, o que podem ver nas fotos. Como sabem, não são os meus primeiros óculos desta loja e o que posso dizer é que notei que houve uma ligeira subida de preços, que se justifica com uma melhoria na qualidade das armações e lentes. Não que as armações “antigas” fossem más, mas pelo menos o plástico desta armação parece mais resistente. Este modelo específico nem precisou de ajuste nas hastes, o que é uma raridade nestes modelos gigantes, tendo em conta que sou pequenina.

Se precisarem de renovar os vossos óculos, aproveitem. É frequente haver descontos e tudo na Firmoo, e garanto-vos que fica tudo bem mais em conta do que nas lojas físicas!

Testado – Kérastase Résistance Thérapiste

resistancetherapiste

Através do Youzz, tive a oportunidade de experimentar a nova linha de cuidados capilares da Kérastase, a linha Résistance Thérapiste. Tenho muitas coisas para vos contar sobre cabelos e nem estava bem nos meus planos experimentar novos produtos para já, que estava muito satisfeita com a rotina que mantinha. Só que convites destes não se recusam e, assim sendo, estou há um mês a experimentar esta novidade, em conjunto com a minha mãe.

Esta linha destina-se a cabelos muito danificados e submetidos a processos químicos. Tanto eu como a minha mãe (ela mais que eu), temos cabelos super ruins. Espessos, muito secos, rebeldes, sujeitos a colorações frequentes, muito calor e, no meu caso, um alisamento (melhor tomada de decisão de sempre!). Recebi três produtos para testar: o Bain Thérapiste, que é o “champô”; a Masque Thérapiste; o Sérum Thérapiste. Recebi, também, um montão de amostras de cada produto para distribuir.

O champô tem uma textura inovadora para o que estava habituada: assemelha-se mais a um condicionador consistente e quase não produz espuma (ainda menos que os champôs sem sulfatos habituais, sim!). Não deixa o cabelo ressequido. A máscara é super consistente e hidratante, mas não tanto como a que utilizava anteriormente. O sérum é eficaz, ajuda a texturizar o cabelo deixando-o solto mas domado, sem pesar, mas não considero que traga algo de novo. Toda a linha tem uma fragrância intensa e característica, que fica no cabelo por dias. Agrada-me ter o cabelo super bem cheiroso, mas não sei até que ponto a fragrância não poderá ser responsável por eventuais irritações do couro cabeludo.

Posso dizer que esperava mais desta linha. Não é má, de todo, mas face à rotina que já tinha adoptado antes de conhecer a Résistance Thérapiste, ficou abaixo das minhas expectativas. Sinto que, a nível de hidratação, não cumpre todas as necessidades do meu cabelo, e ainda menos as do cabelo da minha mãe. Sou eu que penteio o cabelo dela e bem noto a diferença! O cabelo não está tão maleável como antes, parece mais áspero. Das pessoas a quem distribuí as amostras, obtive dois tipos de opiniões (ah, é de salientar que os pacotinhos tinham tamanhos generosos e cada amostra deu para duas utilizações, no geral): as semelhantes à nossa cá de casa; as das amigas com cabelos mais “normais” mas ainda assim secos, que adoraram os produtos e que os apresentavam visivelmente mais brilhantes, macios e domados. 

Neste momento, só sobra o champô para contar a história. Este é um dos dramas de quem tem cabelos complicados e que as marcas ainda não entenderam: gastamos máscaras e produtos complementares à velocidade da luz. Adorava que pensassem nisto e concebessem embalagens maiores.

Resumindo e concluindo, é uma linha boa mas não creio que justifique o valor que lhe está associado. Ainda assim, caso estejam interessadas em experimentar (recomendo o champô, o champô!), podem encontrar tudo em salões de cabeleireiro. Em breve, sim, contem com um post com a rotina que deixa o meu cabelo super feliz!

Medalha de Bronze nº6 – Piz Buin

medalhapizbuin

A primeira Medalha de Bronze deste ano não vai só para um produto, ou só para uma linha. A Piz Buin é um dos nomes mais fortes da protecção solar. Há alguns anos que não utilizava produtos da marca. Haja bom senso: se tenho produtos que experimento e dos quais gosto, para quê comprar mais? Quis o destino que, este ano, recebesse alguns desta marca para experimentar e a qualidade não decepciona.

Já levo uns poucos dias de sol em cima e não me arrisco a sair à rua desprotegida. Sou alérgica ao sol, recordam-se? Nunca na vida apanhei um escaldão. Bronzeio com muita facilidade. Desculpas para não usar protector solar? Nunca! Um dos maiores problemas e que desmotiva muita gente quando é hora de ir para a praia ou para a piscina é a textura dos protectores solares. São terríveis, pegajosos, são um sarilho de aplicar e espalhar e ficamos com as mãos numa bodega. Nos últimos anos, têm surgido várias fórmulas em spray, mas poucas são as que resistem aos banhos sem que o produto se dissipe todo.

Os solares em spray da Piz Buin juntam tudo o que há de bom e conveniente no mundo da protecção solar nas suas embalagens: produtos eficazes, de cheiro agradável, fáceis de aplicar, sem serem pegajosos e que duram. O Instant Glow ainda tem o bónus de deixar partículas brilhantes, muito discretas, na nossa pele. Sim, que também têm aparecido alguns protectores solares deste género mas há quem considere que tem muitos brilhantes, com partículas de grandes dimensões.

Este ano, o Verão está a ser muito generoso e esta rubrica promete. O meu Tan & Protect já vai a menos de metade. Não creio que nem ele nem o Instant Glow sobrevivam a Julho. Entre favoritos e novidades, estejam atentas porque muito teremos para conversar sobre protecção solar!

Quais são os protectores solares que têm a uso de momento?