De todas as palavras escolhi água
porque lágrima, chuva, porque mar
porque saliva, bátega, nascente
porque rio, porque sede, porque fonte.
De todas as palavras escolhi dar.

De todas as palavras escolhi flor
porque terra, papoila, cor, semente
porque rosa, recado, porque pele
porque pétala, pólen, porque vento.
De todas as palavras escolhi mel.

De todas as palavras escolhi voz
porque cantiga, riso, porque amor
porque partilha, boca, porque nós
porque segredo, água, mel e flor.

E porque poesia e porque adeus
de todas as palavras escohi dor.

Rosa Lobato de Faria

Até mais!

Rosa Lobato de Faria was a great portuguese writer and actress. She died today and I just had to do something honorable. For me, “As Pequenas Palavras” is her best poem, and that’s what I decided to post.

5 comments on “As Pequenas Palavras

  1. Flor: Mesmo, eu nem teria sabido se não recebesse SMS com a triste notícia!

    Muito obrigada pela correcção 🙂 Sabes, o meu Inglês é rasca da feira, e agradeço ajudas. De certa forma, traduzir os posts e essas coisas foi uma maneira que encontrei de não perder o inglês que já tinha.

    Beijinho

  2. É uma pena perdermos esta mulher, foi uma grande poeta e merecia bem mais reconhecimento do que aquele que lhe foi dado.

    P.S.: Guida, não leves a mal, em inglês não se diz 'got doubts', mas antes algo como 'Queries?' ou 'any queries?'. Se calhar pouco te importa são só manias de uma estudante de línguas.

    Beijinho

Deixar uma resposta