O que é mais importante? O teu relacionamento ou os teus amigos?, diz que é mais uma das 28 Perguntas e Respostas Sobre Amor.

1201098083_f

Em primeiro lugar, já disse algures na TAG que não acredito em relacionamentos onde, acima de tudo, os elementos do casal não sejam amigos um do outro. Depois desta premissa, temos uma questão complicada para responder com algumas experiências à mistura.

Acho que não devemos prejudicar a nossa relação com os nossos amigos só porque estamos num compromisso. No entanto, na minha opinião, é normal que exista um certo afastamento na medida em que queremos algum tempo de qualidade a dois sem ter de conviver com o resto dos amigos. Não tem mal nenhum, desde que não deixemos de estar disponíveis para os nossos amigos. Os verdadeiros amigos estão sempre lá para o que der e vier.

Paralelamente, há a questão dos ciúmes. Malditos ciúmes! Penso que é normal ter alguns ciúmes: do(a) amigo(a) que agora está num compromisso e não nos dá tanta atenção quanto gostaríamos; dos(as) amigos(as) da nossa companhia que não percebem muito bem qual é o lugar deles e teimam em picar.

Sinceramente, por muito que esta última situação me aborreça, prefiro dar um safanão a um “amigo” (se desaparecer, é porque a nossa amizade não era assim tão coesa…) do que comprometer a minha relação com alguém que é mais do que um amigo.

Verdade seja dita, normalmente dramatizamos com esta história dos amigos inconvenientes, temos ciúmes a mais e normalmente não dá bom resultado porque há sempre alguém que fica constrangido indevidamente. Não há nada como deixar tudo em pratos limpos, expor as nossas angústias e confiar na outra pessoa, senão a relação não faz sentido. Às vezes, há que fazer uma certa ginástica de paciência. Normalmente, os amigos da onça que nos perturbam acabam por se cansar e desaparecer sozinhos.

Eu falo por mim, prefiro um namorado amigo do que mil amiguinhos(as) que se mostram inúteis quando realmente preciso deles.

1 comment on “Amigos vs Namorados

  1. Concordo contigo em tudo!
    Também não acho que seja possível ter uma relação se não se é amigo dessa pessoa primeiro.
    Quanto à importância, penso que se os amigos forem mesmo amigos, não se importam que o “comprometido” não apareça tanto. Eu pelo menos compreendo que se prefere estar com o/a namorado/a tudo bem. Quando se encher dele, vou estar aqui.
    Não sou cá de ciúmes 🙂

Deixar uma resposta