aovelhachoneofilme

Não sei se já sabiam, mas sou fã assumidíssima d’A Ovelha Choné. Comecei a ver os bonecos há uns anos, quando descobri que passavam na televisão à hora de almoço, e achei-os muito engraçados. São do criador d’A Fuga das Galinhas, pelo que só pelo aspecto valem a pena. Há como não achar piada a bonecos de plasticina que se mexem, com tudo feito ao detalhe? Considero, também, que os episódios são bastante interessantes. São super ternurentos, recheados de bom humor e de lições e valores importantes para ensinar aos pequeninos. Tudo isto sem que seja necessário utilizar uma única palavra e com o recurso a muita criatividade. A expressão não-verbal é mesmo muito importante, e a Choné é um belo exemplo prático.

A bela da ovelhinha dos estúdios Aardman teve direito a um filme e, recentemente, chegou às nossas salas de cinema. Fiquei reticente quanto ao visionamento no grande ecrã. Afinal, sou crescida e não tenho crianças para me acompanharem nestas andanças! O que vale é que o L. tem paciência infinita e atura as minhas pancadas e, quando falei do assunto, foi muito fofinho e disse que me acompanhava. Lá fomos nós, a destoar da massa de mães e filhos presente na sala e, meus amigos e minhas amigas, tenho a dizer-vos: foi a comédia do ano.

É um filme animado para miúdos e graúdos, garanto-vos que os adultos tiram melhor proveito de todas as peripécias do que as crianças e que é, sem dúvida, muito melhor que as comédias para gente grande que teimam concretizar e tentar vender. A história foge um pouco aos curtos episódios da televisão, mas sem retirar às personagens a sua essência: o humor continua lá, mas fora da quinta, já que o rebanho, o cão e o seu dono vão para a grande cidade e passam por uma série de aventuras insólitas ao longo do filme.

Numa escala de 1 a 10, daria um 7,5 a este filme. Recomendo que peguem nos vossos pequeninos (ou não!) e vão vê-lo ao cinema, que é um momento muito bem passado. Se nunca viram os episódios televisivos, por favor, procurem-nos porque são muito giros!

2 comments on “A Ovelha Choné – O Filme”

Deixar uma resposta