p05-02

Acreditem se quiserem, até há relativamente pouco tempo eu era uma daquelas pessoas que não ligava grande coisa às escovas de dentes e dentífricos. Não queria uma escova de dentes qualquer, mas também não apostava em opções de grande popularidad€. Tinha medo de escovas de dentes eléctricas, mas trazia comigo a escova tradicional com as cerdas mais rijas que encontrasse. Ainda assim, acreditem, ao fim de menos de um mês, as cerdas das escovas ficavam todas voltadas para o exterior, tal era a força que eu aplicava na escovagem. Quanto às pastas dentífricas, não queria chatices com os expositores dos mercados, recheados de tanta coisa a tantos preços diferentes. Optava pela pasta antiga, tradicional, que comprava na mercearia. Ainda hoje adoro o sabor dela. Em último caso, havia sempre no armário um qualquer dentífrico de marca branca. Pensava que há coisas mais importantes na vida. É verdade, há coisas muito importantes mas chegar à terceira idade com os meus dentes intactos é algo que ambiciono e com certeza a preocupação com produtos de qualidade, mesmo que custem um pouco mais que os que estamos habituados a comprar, vai poupar uma pipa no dentista mais tarde.

Custa-me a crer que em Portugal ainda preferimos remediar do que prevenir. Pensamos que a saúde é cara, mas gastamos rios de dinheiro noutras coisas supérfluas. Já que andamos todos a contar tostões e não se sabe como será o futuro, cá fica uma deixa para repensar os hábitos e poupar a longo prazo. A falta de saúde da boca pode, inclusivamente, ser responsável por problemas tão graves como os enfartes do miocárdio.

vitality-trizone-wireless-electric-toothbrush

Desde Novembro do ano passado, fiquei convencida com a qualidade da pasta dentífrica Pro-Expert da Oral-B. Já vos falei resumidamente dela aqui, mas quero deixar a derradeira prova para outro post. Acreditem que faz mesmo a diferença na higiene oral, deixa a boca limpinha como nenhuma outra e com a sensação de termos feito uma limpeza profissional. Até o sabor é o mesmo que quando saímos dessas limpezas! Os dentes ficam “lisos” por muito mais tempo e o hálito permanece fresco. Quando fui à consulta da higienista oral e aprendi a utilizar a escova eléctrica Tri-zone, também fiquei a perceber qual era o encanto com este tipo de equipamento. A cabeça da escova assemelha-se a uma escova tradicional, mas as cerdas deslocam-se lateralmente. O que vos posso dizer é que, sem esforço nenhum, a Tri-zone faz em cerca de dois minutos algo que nunca conseguiríamos fazer com uma escova tradicional: os movimentos são tantos e tão rápidos, que os dentes ficam imaculadamente limpos.

icontrizonehead

Estou encantada! Eu pertencia ao grupo de pessoas que achava que estas preocupações eram mariquices dignas de quem não tinha mais que fazer. Balelas, minha gente! Experimentem estes métodos de qualidade extrema e depois contem-me se tenho ou não razão. Aliás, quem é que gostava de experimentar esta dupla imbatível?

5 comments on “”

  1. É verdade que as pessoas não se preocupam com o futuro… ha muitas coisas que podem ser diferentes se mudarmos os hábitos!

    respondendo a tua pergunta eu gostava de experimentar=P

    bj*

  2. Tenho umas dúvidas e já que ando à alguns meses a juntar uns trocos para adquirir uma, então aqui vai =D

    Sabes a diferença da tri-zone, para a vitallity mais antiga e para as professional?

    E já agora, ouvi na minha pesquisa sobre as ditas cujas que os utilizadores notavam os dentes mais brancos. Confirma-se ou é mais boato?

    Beijinhos =D

Deixar uma resposta