Se havia produto que andava mortinha por experimentar devido às críticas super positivas por esse mundo fora e pela história longa e versatilidade que o produto tem, era o bálsamo labial Carmex. Sem ligar a formas nem sabores, queria conhecer o bálsamo baratinho que tanta gente gaba. Por não o encontrar à venda nas lojas e por ter outros hidratantes para os meus lábios, acabei por ir adiando a experiência, até que tive a notícia de que o Carmex seria vendido nas parafarmácias Well’s e nalgumas farmácias. Na verdade, existe na Farmácia Findor (Centro Comercial Colombo) e o preço ronda os 4,5€. Não sei de outros sítios que vendam, mas caso não exista nas farmácias onde procurarem, peçam ao farmacêutico que rapidamente ele pode encomendar.

O quê? Carmex em Portugal? Isso mesmo! Claro que tive de ir a correr experimentar.

Tive ao meu dispor o boião, o bastão e a bisnaga (versão que prefiro pela praticidade!), todos no “sabor” original. Isto significa que a diferença reside maioritariamente na textura do bálsamo. Devo dizer que fiquei satisfeitíssima com todos! Como sabem, sou super esquisita com hidratantes labiais e o Carmex cumpriu com o que promete: hidratação e regeneração. Tudo isto aliado a uma sensação de frescura que acalma qualquer desconforto associado a lábios secos. Nesta versão original, só não sou grande fã do sabor mas, ei, não se pode ter tudo! Seria perfeito de mais para ser real.

Este bálsamo inventado em 1937 nos Estados Unidos tem feito milagres ao longo de várias gerações e no site da marca é até possível ver os ingredientes que o constituem: mentol, cânfora, fenol, lanolina, manteiga de cacau, ácido salicílico, entre outros fazem a combinação perfeita de anti-sépticos, hidratantes, regenerantes e agentes calmantes de dor para que tenhamos lábios perfeitos – até as topmodels o usam para ter lábios perfeitos e prolongar a duração do batom colorido!

O melhor é que o Carmex tem outras utilidades: pode ser usado como anti-séptico para cortes pequeninos (sabem aqueles cortes com folhas de papel horriveizinhos?), queimaduras e picadas de insecto, alivia o prurido do pé de atleta, ajuda a secar e regenerar a pele quando temos borbulhas, ajuda a amaciar cutículas e é óptimo para as partes do nosso corpo com pele mais seca (joelhos e cotovelos, por exemplo).

Não é testado em animais, não contém glúten e dura para a eternidade mesmo depois de aberto – é da qualidade dos agentes anti-sépticos! Ainda por cima, a versão em bisnaga tem FPS, que se pode querer mais?

Calmex! Nunca vou largar o Carmex.

17 comments on “A Guida Recomenda: Carmex

  1. Eu tenho a versão em boião de sabor a cereja. Acho bastante bom… mas nos meus lábios super secos, não chega a ser suficiente!

    Kiss*

  2. Olá Guida, já à mais de um ano que venho visitar o teu blog assiduamente, e adoro, contudo nunca comentei :$
    Bem, hoje vou faze-lo para te dizer que adoro o teu trabalho e o teu blog é um dos meus favoritos e também para te dar a novidade de que existe carmex com sabor a cereja (http://www.topshop.com/webapp/wcs/stores/servlet/ProductDisplay?beginIndex=0&viewAllFlag=&catalogId=33057&storeId=12556&productId=2124137&langId=-1&sort_field=Relevance&categoryId=233075&parent_categoryId=223056&pageSize=20)

    Bem querida, beijinhos e continua o teu bom trabalho 🙂

    • Olá Daniela, eu sei que ele existe, a AGA é que ainda não o trouxe para Portugal 🙂 De qualquer forma, obrigada pela informação! Espero que continues a visitar o blogue e a gostar 🙂

      Beijinho

  3. Ola,gostava de saber se ralamente os carmex existem nas parafarmarcias well´s?
    Eu adorava exprimentar, e se tivesse a certeza que la havia,ia logo comprar.
    Obrigado,gostei muito do artigo 🙂

    • Em princípio, todas teriam. Mas tal como outras marcas, tenho reparado que algumas têm e outras não. É questão de passares na Well’s da tua área e perguntar se têm 🙂 Se não tiverem, pergunta se podem encomendar.

      Beijinho

Deixar uma resposta