Imagem recolhida do site Homify. Projecto "Quarto Natura", Muda Home Design.
Imagem recolhida do site Homify. Projecto “Quarto Natura”, Muda Home Design.

Já alguma vez sentiram que o vosso quarto se desarruma sozinho? Bem-vind@s à equipa! Aposto que este é um mal geral, especialmente se não vivem sozinhos e devem satisfações a outras pessoas. É essa a minha situação. Sou uma sortuda por ter um lar, mas não há nada mais frustrante que não ter total voto na matéria. É terrível! Resumidamente, o meu espaço está quase sempre caótico.

Confesso que me desleixei, na medida em que o que não tem remédio, remediado está. A minha prioridade não é ter um quarto digno de catálogo de decoração (hei-de chegar lá!), mas que esteja tudo arrumado de forma minimamente funcional. Neste sentido, as revistas e a Internet podem ser muito úteis para recolher ideias e ganhar alguma inspiração. Há fóruns, blogs, redes sociais como o Pinterest e até sites como o Homify, que compilam as mais variadas e preciosas dicas de decoração e arrumação, para todos os sítios que possam imaginar.

Deixo convosco cinco dicas que considero essenciais na arrumação de quartos, que tento implementar no meu, já que é pequeno e que tenho mesmo muita, muita tralha. Aposto que vou ajudar alguém com o que vou dizer a seguir!

1. Manter tudo no sítio devido – Bem sei que é difícil implementar esta medida diariamente mas, na pior das hipóteses, façam-no uma vez por semana. No mínimo! Acreditem que custa muito menos arrumar as coisas assim que as utilizamos (ou a roupa que não utilizamos, ou deixar a roupa suja no cesto) do que ter de o fazer quando já não vemos o chão do quarto. Arrumar também inclui limpar. Não se esqueçam de mudar a roupa de cama e lavar tapetes e cortinas com frequência, bem como aspirar e limpar o pó a tudo. Dica: se fizerem primeiro a cama, ficam com mais espaço para dobrar e empilhar roupas e outros objectos, facilitando a tarefa de os recolocar no sítio.

2. Ser prático e funcional – Não tem grande jeito guardar as coisas que utilizamos regularmente no fundo dos armários ou mantê-las em prateleiras práticas. Tentem arrumar tudo de forma a que o que necessitam mais frequentemente seja de fácil alcance.

Imagem retirada do Pinterest. Decoração Kate Spade.
Imagem retirada do Pinterest. Decoração Kate Spade.

3. Evitar os bibelotes – Se têm muitas coisas e pouco espaço e tempo para as arrumar, simplifiquem. Evitem o caos visual. Não abusem dos elementos decorativos, que para além de provocarem stress tal é a confusão para os nossos olhos, só complicam as nossas vidas na hora da limpeza. Se possível, apostem na decoração com tons neutros e mobílias claras, que dão a ilusão de ampliar o espaço. Façam bom uso de estantes, armários e gavetas. Dica: caso tenham muita tralha e pouca arrumação, utilizem caixas, muitas caixas. Grandes e bonitas. Nem sempre é fácil saber qual o seu conteúdo? Num local de fácil acesso, coloquem uma etiqueta que descreva sucintamente o que podem encontrar em cada caixa ou gaveta. O mesmo se aplica a fios de equipamentos electrónicos.  Tentem não encafuar só porque sim, as caixas não dispensam a vistoria regular e limpeza dos conteúdos.

4. Seleccionar – Será que aquelas revistas velhas fazem mesmo falta? Quando estiverem a arrumar os vossos quartos, pensem sempre nisto: lembram-se da última vez que utilizaram determinado item? Para que serve? Prevêem voltar a utilizar? Evitem matutar muito nos contras de se verem livres de monos. Se está estragado e guardam há muito tempo sem perspectivas de arranjo, está na hora de ir embora. Eu sei que é difícil, melhor que ninguém. Mas tentem ser selectivos nas coisas que guardam!

fliphangersfuncheaporfree

5. Organizar o roupeiro – Aposto que o guarda-roupa é uma das principais fontes de desarrumação dos vossos quartos. Procurem aplicar a regra da selecção em primeiro lugar. Truques úteis: experimentem colocar os cabides todos no mesmo sentido e pendurá-los ao contrário quando usam certa peça. Ao fim de um tempo, conseguem perceber que peças não utilizaram e, possivelmente, nem vos fazem falta; Têm gavetas ou caixas onde guardam determinada categoria de peças? Podem experimentar quardar as peças dobradas na vertical, em vez de as empilhar. Assim, é mais fácil verem o que existe e conseguem retirar uma peça sem desmanchar toda a pilha.

Têm mais dicas especiais que podem fazer milagres pelo aspecto de um quarto? Por favor, partilhem!

13 comments on “5 Dicas para Um Quarto Impecavelmente Arrumado”

  1. Olá Guida 😉
    Sou da opinião de que um quarto arrumado e de cores suaves transmite muita paz e tranquilidade.
    Pela minha área, sou mesmo apologista de um guarda-roupa clean e arrumado.
    Convido-te a ver o meu post sobre closet restyle e para muito breve farei um guest-post sobre arrumação.
    Beijinhos,
    Rita C.

Deixar uma resposta